Publicidade

"Ame Jonatas": pais são presos por desviar dinheiro de campanha para tratamento de menino

De acordo com a justiça catarinense, o casal se apropriou indevidamente dos recursos doados para fins pessoais

"Ame Jonatas": pais são presos por desviar dinheiro de campanha para tratamento de menino
Campanha Ame Jonatas teve alcance nacional e internacional | Reprodução
Publicidade

Os pais de Jonatas Openkoski, um menino com Atrofia Muscular Espinhal (AME) que morreu em 2022 após sofrer uma parada cardíaca, foram presos por irregularidades na campanha "Ame Jonatas", nesta quarta-feira (22), em Joinville, Santa Catarina. O casal estava foragido desde a morte do menino, que viveu por cinco anos.

De acordo com a justiça catarinense, o casal se apropriou indevidamente dos recursos destinados ao tratamento da criança para fins pessoais. O advogado do casal informou que os dois foram conduzidos para audiência de custódia nesta quarta-feira (22).

O casal foi condenado a 70 anos de prisão por estelionato e apropriação. O pai da vítima foi condenado a 44 anos e 29 dias de reclusão, em regime fechado, além de multa. Já a mãe de Jonatas foi condenada a 26 anos, 11 meses e 13 dias de reclusão, em regime fechado, além de multa. Eles terão direito de recorrer em liberdade.

O casal também foi condenado ao pagamento das custas processuais e a indenização no valor de R$ 178.176,25, que seria destinado a Jonatas e a uma entidade social que atua nos cuidados e tratamentos de crianças com AME.

“Os bens de alto valor financeiro ou social como, por exemplo, as camisetas e instrumentos musicais fornecidos à campanha por atletas e artistas famosos, deverão obrigatoriamente ser repassados para outras campanhas públicas assistenciais”, apontou o magistrado.

O que foi a Campanha “Ame Jonatas”?

A campanha “Ame Jonatas” foi criada pelos réus com o objetivo de arrecadar fundos para o tratamento do filho, diagnosticado como portador da doença do tipo 01. A indicação para o tratamento era o medicamento Spinraza, que custava cerca de R$ 3 milhões, mas já é fornecido pelo SUS desde 2021.

A campanha teve alcance nacional e internacional. O casal também possuía uma rede de venda de camisetas vinculada à campanha, que seria revertida para tratamento de Jonatas. Porém, a quantia levantada pela empresa não justificava os gastos dos réus.

As investigações da campanha começaram em 2018, a pedido do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Brasil

Últimas notícias

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 53 milhões nesta terça-feira (18)

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 53 milhões nesta terça-feira (18)

Apostas podem ser feitas em casas lotéricas ou pela internet até as 19h
Brasil Agora: Idealizadores de plano de sequestro de Moro são mortos na prisão

Brasil Agora: Idealizadores de plano de sequestro de Moro são mortos na prisão

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta terça-feira (18)
Mauro Cid e pai prestam novo depoimento à PF sobre caso das joias sauditas

Mauro Cid e pai prestam novo depoimento à PF sobre caso das joias sauditas

Agentes identificaram mais um item que teria sido colocada à venda ilegalmente pelos auxiliares de Bolsonaro
Putin elogia Coreia do Norte por apoio em guerra contra Ucrânia

Putin elogia Coreia do Norte por apoio em guerra contra Ucrânia

Presidente russo também alfinetou países ocidentais, dizendo que o plano de isolar Moscou não funcionou
Corpo de Jacqueline Laurence será velado no Teatro Tablado, no RJ, nesta terça-feira (18)

Corpo de Jacqueline Laurence será velado no Teatro Tablado, no RJ, nesta terça-feira (18)

Cerimônia ocorrerá das 10h e 14h e será aberta ao público; crematório será reservado aos familiares
Nota Fiscal Paulista libera R$ 34,7 milhões em créditos; veja como resgatar

Nota Fiscal Paulista libera R$ 34,7 milhões em créditos; veja como resgatar

Valor é referente às compras realizadas em fevereiro de 2024 e ficará disponível para transferência por um ano
Coreia do Sul volta a fazer disparos de advertência após norte-coreanos cruzarem fronteira

Coreia do Sul volta a fazer disparos de advertência após norte-coreanos cruzarem fronteira

Militares recuaram após os tiros; Seul acredita que violação não foi intencional
SBT News na TV: chuvas voltam ao RS e provocam novos alagamentos

SBT News na TV: chuvas voltam ao RS e provocam novos alagamentos

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta terça-feira (18); assista!
Brasil se aproxima de 6 milhões de casos e 4 mil mortes por dengue em 2024

Brasil se aproxima de 6 milhões de casos e 4 mil mortes por dengue em 2024

Números são maiores que os registrados em todo o ano de 2023
STF recebe queixa-crime de Bolsonaro contra Janones por crime de injúria

STF recebe queixa-crime de Bolsonaro contra Janones por crime de injúria

Deputado chamou ex-presidente de “assassino”, “miliciano” e “ladrãozinho de joias”; imunidade parlamentar foi rejeitada
Publicidade
Publicidade