Publicidade

89% dos brasileiros desaprovam invasões do 8 de janeiro, diz pesquisa

Levantamento também aponta que parcela significativa atrela atos a algum tipo de influência do ex-presidente Jair Bolsonaro

89% dos brasileiros desaprovam invasões do 8 de janeiro, diz pesquisa
vidro quebrado durante ataque de 8 de janeiro
Publicidade

Os atos de vandalismo do último 8 de janeiro, que completam um ano nesta segunda-feira (8/1), são desaprovados por 89% da população. Uma parcela reduzida, 6%, diz aprovar os ataques contra os Três Poderes, em Brasília, enquanto 4% afirma não saber ou prefere não responder.

+ Leia as últimas notícias do portal SBT News

Os valores são apontados em pesquisa feita pelo instituto Genial/Quaest, divulgada pelo jornal Folha de S.Paulo neste domingo (7.jan). O levantamento consultou 2.012 pessoas, de todo o Brasil, entre os dias 14 e 18 de dezembro.

De acordo com o estudo, o grau de reprovação é maior entre os eleitores do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) - no grupo, 94% dizem condenar os ataques e 4% aprovam. Entre os que afirmam ter votado no ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) nas últimas eleições, 85% dizem ser contra e 11% a favor.

Além da consulta a respeito da opinião, a pesquisa questionou se os entrevistados consideravam que o ex-presidente teve alguma influência nos atos de 8 de janeiro: 47% disseram que sim. Enquanto 43% não e 10% não souberam ou preferiram não responder.

Mais da metade dos entrevistados (51%), no entanto, considera que os participantes dos atos antidemocráticos são radicais e não representam eleitores de Bolsonaro. Enquanto 37% disseram que sim, representam, e 13% não souberam ou optaram por não opinar.

Desaprovação ao 8/1 caiu

Os resultados da rodada mostram que a desaprovação aos atos de vandalismo já foi maior. Em último levantamento, de fevereiro do ano passado, 94% afirmaram discordar das invasões, enquanto 4% aprovaram e 2% não souberam responder.

Dados da pesquisa

O levantamento ocorreu entre os dias 14 e 18 de dezembro, e consultou 2012 pessoas no país, com 16 anos ou mais. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

8 de janeiro

Últimas notícias

Lula diz que reconhecimento da Palestina por países europeus é histórico

Lula diz que reconhecimento da Palestina por países europeus é histórico

Espanha, Noruega e Irlanda anunciaram, na quarta-feira (22), o reconhecimento do Estado Palestino
Carlo Acutis: quem é jovem que deve virar santo da Igreja Católica

Carlo Acutis: quem é jovem que deve virar santo da Igreja Católica

Beato morreu aos 15 anos, em 2006, por complicações de uma leucemia
Comissão do Senado para acompanhar enfrentamento da calamidade no RS faz diligência no estado

Comissão do Senado para acompanhar enfrentamento da calamidade no RS faz diligência no estado

Senadores devem visitar alojados em abrigo e se encontrar com o governador Eduardo Leite (PSDB)
Caso Anic Herdy: cães farejadores são usados em buscas por advogada desaparecida

Caso Anic Herdy: cães farejadores são usados em buscas por advogada desaparecida

Polícia Civil foi até um sítio localizado na Baixada Fluminense na manhã desta quinta-feira (23), mas a vítima não foi localizada
Receita Federal cria ferramenta de proteção do CPF; saiba como usar

Receita Federal cria ferramenta de proteção do CPF; saiba como usar

Recurso impede que o CPF da pessoa seja incluído de forma indevida em quadro societário de empresas
Reoneração gradual da folha de pagamento pode ser votada na primeira semana de junho, diz Efraim

Reoneração gradual da folha de pagamento pode ser votada na primeira semana de junho, diz Efraim

Senador Jaques Wagner deve incluir acordo referente aos municípios no mesmo Projeto de Lei
Volta a chover forte no Rio Grande do Sul nesta quinta-feira

Volta a chover forte no Rio Grande do Sul nesta quinta-feira

Serra Gaúcha pode ter temperatura abaixo de zero durante o final de semana
Contra a desinformação, Threads ganha verificação de fatos

Contra a desinformação, Threads ganha verificação de fatos

Microblog da Meta tem parceria com mais de 100 agências de checagens de fatos no mundo
Mísseis russos matam 7 pessoas na segunda maior cidade da Ucrânia

Mísseis russos matam 7 pessoas na segunda maior cidade da Ucrânia

Estados Unidos devem anunciar cerca de R$ 1,42 bilhão em novas artilharias e munição para os ucranianos
Ministério Público se manifesta contra soltura de motorista de Porsche que matou um em acidente

Ministério Público se manifesta contra soltura de motorista de Porsche que matou um em acidente

Parecer foi protocolado um dia após a defesa do empresário pedir na Justiça pela revogação da prisão
Publicidade
Publicidade