Publicidade

PF investiga ações ilegais de espiões da Abin

Dois servidores da agência foram presos na Operação Última Milha, que apura uso indevido de sistema de GPS para rastrear celulares sem autorização judicial

PF investiga ações ilegais de espiões da Abin
PF investiga ações ilegais de espiões da Abin (Polícia Federal/Divulgação)
Publicidade

A Polícia Federal (PF) realizou, na manhã desta 6ª feira (20.out), a Operação Última Milha, para investigar uso indevido de um sistema de geolocalização (GPS) de dispositivos móveis por servidores da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) para rastrear celulares sem autorização judicial.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

+ Abin abriu sindicância para apurar uso de sistema de monitoramento por agentes espiões

Essa utilização ilegal da ferramenta teria ocorrido durante parte da gestão do ex-diretor-geral Alexandre Ramagen, hoje deputado federal pelo PL do Rio de Janeiro. Ele foi nomeado ao cargo pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), em 2019, e ficou no posto até 2022.

Operação Última Milha

A ação cumpriu 25 mandados de busca e apreensão e dois de prisão preventiva nos estados de Goiás, Paraná, Santa Catarina, São Paulo e no Distrito Federal.

As prisões e cinco mandados de afastamento de servidores foram cumpridos no DF. Agentes apreenderam US$ 171.800 em espécie na residência de um dos alvos na capital federal. O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), expediu as medidas judiciais no âmbito do inquérito das fake news.

Segundo os investigadores, o grupo espionava e monitorava servidores do STF, advogados, jornalistas, policiais e até mesmo ministros da Suprema Corte, por meio de um sistema de rastreamento usado pela agência, o First Mile.

Esse programa de GPS, de origem israelense, "é um software intrusivo na infraestrutura crítica de telefonia brasileira". "A rede de telefonia teria sido invadida reiteradas vezes, com a utilização do serviço adquirido com recursos públicos", diz a corporação, em nota.

A PF ainda apura a atuação de dois servidores da Abin que teriam se aproveitado do conhecimento sobre a utilização irregular do sistema "como meio de coerção indireta para evitar a demissão". 

Os investigados podem responder pelos crimes de invasão de dispositivo informático alheio, organização criminosa e interceptação de comunicações telefônicas, de informática ou telemática sem autorização judicial ou com objetivos não autorizados em lei.

*Texto atualizado às 12h02

Leia também:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
noticias
abin
agência brasileira de inteligência
espiões
espionagem
gps
geolocalização
investigação
operação última milha
pf
polícia federal
stf
supremo tribunal federal
felipe moraes

Últimas notícias

Embraer abre vagas de emprego em várias cidades do Brasil; saiba como se candidatar

Embraer abre vagas de emprego em várias cidades do Brasil; saiba como se candidatar

Terceira maior fabricante de aviões do planeta, abre vagas em vários estados nas modalidades remota e presencial
Ator de 'Lassie' ameaça vizinho com faca e haltere e é preso nos EUA

Ator de 'Lassie' ameaça vizinho com faca e haltere e é preso nos EUA

Imagens que mostram as ameaças e agressões foram divulgadas pelo site americano TMZ; veja vídeo
Mulher é presa após filmar tortura contra filha de 11 anos no Rio

Mulher é presa após filmar tortura contra filha de 11 anos no Rio

Criança possui Transtorno do Espectro Autista (TEA) e foi sufocada com saco plástico; mãe confessou o crime
Rio Sena recebe primeiro teste para a abertura das Olimpíadas

Rio Sena recebe primeiro teste para a abertura das Olimpíadas

Pela primeira vez na história, momento que marca o início dos Jogos Olímpicos não será realizado em um estádio
PL do aborto: buscas pelo autor disparam desde votação na Câmara

PL do aborto: buscas pelo autor disparam desde votação na Câmara

Google Trends registrou picos de interesse dos brasileiros pelo deputado Sóstenes Cavalcante (PL-RJ). Proposta tramita em regime de urgência
Maré: morre segundo policial do Bope baleado durante confronto com criminosos

Maré: morre segundo policial do Bope baleado durante confronto com criminosos

Rafael Dias foi atingido na última terça (11) quando realizava patrulhamento em busca de especialista em roubo de veículos
Cúpula de paz sobre guerra Rússia x Ucrânia: "Lula volta a igualar invasor e invadido", diz analista

Cúpula de paz sobre guerra Rússia x Ucrânia: "Lula volta a igualar invasor e invadido", diz analista

Mestre em relações internacionais opinou que discurso do chefe do Executivo em defesa da democracia é um no Brasil e outro no exterior
Piloto de buggy morre durante corrida em Camocim, no Ceará

Piloto de buggy morre durante corrida em Camocim, no Ceará

Vítima sofreu mal súbito e o carro atingiu outra pessoa, que foi levada ao hospital
Chuva forte volta a provocar alagamentos e deslizamentos no RS

Chuva forte volta a provocar alagamentos e deslizamentos no RS

Ao menos 19 municípios reportaram danos causados pelos temporais do fim de semana; estado deve enfrentar novos temporais nos próximos dias
PF faz operação contra grupo criminoso do MT que traficava cocaína para Sudeste e Sul

PF faz operação contra grupo criminoso do MT que traficava cocaína para Sudeste e Sul

Investigação começou com prisão em flagrante em setembro de 2023; dois mandados de prisão estão sendo cumpridos nesta segunda (17)
Publicidade
Publicidade