Publicidade

Lei Vini Jr. de combate ao racismo é sancionada no Rio de Janeiro

Projeto garante campanhas educativas e prevê a interrupção do jogo em casos de discriminação

Lei Vini Jr. de combate ao racismo é sancionada no Rio de Janeiro
Jogdor Vinícius Junior é homenageado e dá nome à lei de combate ao racismo nos estádios | Divulgação
Publicidade

O enfrentamento ao racismo nos estádios e arenas esportivas do Rio de Janeiro ganhou reforço. Na 4ª feira (5.jul), o governador Cláudio Castro sancionou a lei Vini Jr, que prevê a interrupção da partida se houver manifestação racista, bem como o encerramento do jogo em caso de atos praticados por grupos ou de forma reincidente.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A norma ainda estabelece o Protocolo de Combate ao Racismo, com a orientação de que qualquer cidadão poderá informar condutas racistas a qualquer autoridade presente no estádio, como organizadores do evento ou policiais. Durante o jogo, a lei também garante campanhas educativas antes e nos intervalos das competições. 

"É nosso papel fortalecer políticas de enfrentamento ao racismo, e garantir também que os estádios e arenas esportivas sejam ambientes acolhedores. Racismo é crime e deve ser combatido todos os dias, em todos os lugares. Essa é uma luta que travamos dentro e fora de campo", disse Castro, ressaltando que não haverá tolerância para condutas discriminatórias nos estádios e arenas esportivas do estado.

A promulgação da lei acontece após o jogador Vinícius Júnior, atacante do Real Madrid, sofrer mais um caso de racismo. Em maio, o atleta foi chamado de macaco por torcedores na Espanha durante um jogo contra o Valencia. O episódio chegou ao governo brasileiro, que pediu respostas e providências à Espanha sobre o caso.

+ Professora grita e humilha crianças em escola de Guará no Distrito Federal

Em solidariedade ao jogador, artistas e atletas publicaram mensagens de apoio, enquanto, no Rio, o Cristo Redentor foi apagado como protesto. O caso também chegou à mesa da Organização das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH), que condenou o ataque e pediu ações das federações de futebol para impedir ocorrências similares. . 

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
brasil
lei vini jr
combate ao racismo
rio de janeiro
interrupçao do jogo
campanhas educativas
jogos
futebol
claudio castro
camila-stucaluc

Últimas notícias

PF abre inquérito para investigar leilão do arroz, para suprir demanda com tragédia no RS

PF abre inquérito para investigar leilão do arroz, para suprir demanda com tragédia no RS

Conab, responsável pela compra dos grãos importados, suspendeu o negócio após suspeitas de irregularidades
Polícia argentina usa gás de pimenta para reprimir protestos contra a Lei de Bases

Polícia argentina usa gás de pimenta para reprimir protestos contra a Lei de Bases

Pacote de reformas enviado pelo governo Milei está em debate no Senado
Tarcísio autoriza abertura de licitação para privatizar gestão de 33 novas escolas

Tarcísio autoriza abertura de licitação para privatizar gestão de 33 novas escolas

O prazo de concessão será de 25 anos, de acordo com a Secretaria de Educação do estado
Alexandre de Moraes prorroga mais uma vez inquéritos das fake news e milícias digitais

Alexandre de Moraes prorroga mais uma vez inquéritos das fake news e milícias digitais

O ministro deu mais 180 dias para conclusão das investigações, atendendo a pedido feito pela Polícia Federal (PF)
Lula: “O Brasil não vai desperdiçar oportunidade de se tornar uma grande economia”

Lula: “O Brasil não vai desperdiçar oportunidade de se tornar uma grande economia”

Presidente brasileiro participou de abertura de evento no Rio de Janeiro que reúne investidores árabes e brasileiros
Senado aprova projeto que obriga restaurantes a terem cartaz ensinando manobra de desengasgo

Senado aprova projeto que obriga restaurantes a terem cartaz ensinando manobra de desengasgo

Texto foi aprovado na forma de um substitutivo da relatora, senadora Damares Alves (Republicanos-DF), e volta agora à Câmara dos Deputados
Erika Hilton processa Nikolas Ferreira por crime de transfobia e cobra indenização de R$ 5 milhões

Erika Hilton processa Nikolas Ferreira por crime de transfobia e cobra indenização de R$ 5 milhões

A acusação da deputada foi após uma fala de Nikolas na reunião da Comissão da Defesa dos Direitos das Mulheres, na última quarta-feira
"Queremos liderar a transição energética", diz Mercadante, presidente do BNDES

"Queremos liderar a transição energética", diz Mercadante, presidente do BNDES

Executivo destacou investimentos do banco de desenvolvimento em energia limpa e disse que Brasil está aberto para parcerias comerciais
Câmara aprova urgência de projeto que iguala aborto ao crime de homicídio

Câmara aprova urgência de projeto que iguala aborto ao crime de homicídio

Defendida por conservadores, proposta agrava punição para pausa na gravidez com mais de 22 semanas
Câmara aprova urgência de projeto que restringe delações premiadas de presos

Câmara aprova urgência de projeto que restringe delações premiadas de presos

Texto limita ações da Justiça e coloca acordo como alternativa apenas em casos voluntários, além de oferecer recurso a afetados por delações
Publicidade
Publicidade