Publicidade

Retomada de políticas sobre drogas: conheça o Conad

Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas foi reativado pelo presidente Lula; entenda

Retomada de políticas sobre drogas: conheça o Conad
Retomada de políticas sobre drogas: conheça o Conanda
Publicidade

Continuando a série sobre os conselhos de perfil social instituídos, reestruturados e atualizados pelo governo federal, conheça neste sábado (13.mai) o Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas (Conad).

Veja abaixo os outros conselhos da série:

O Conad, criado em 2006, é o órgão responsável por coordenar o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas (Sisnad), atuando na formulação, avaliação e proposição de políticas nacionais sobre drogas.

O conselho deve discutir e aprovar o Plano Nacional de Políticas sobre Drogas, executar ações de cooperação internacional e acompanhar propostas legislativas sobre o tema. Segundo o decreto de reativação, o conselho também prevê o alinhamento das políticas sobre drogas à promoção dos direitos humanos e debelar a violência relacionada ao tráfico de drogas em comunidades mais carentes.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Em 2019, o então presidente Jair Bolsonaro diminuiu de 31 para 14 o número de membros do Conad, extinguindo a participação da sociedade civil no órgão. Agora, o novo decreto estabelece que a sociedade civil terá 15 assentos no conselho, com direito a voto, do total de 31.

Segundo a coordenadora do Centro de Referência sobre Drogas e Vulnerabilidades Associadas da UnB, Andrea Gallassi, a participação da sociedade civil é basilar para a formulação da política sobre drogas, porque sem o espaço participativo o governo acaba "imaginando" quais são as demandas da sociedade sobre o tema, ou seja, as ações não são baseadas na realidade

"As pessoas que trabalham no governo não têm relação ali, direto com as drogas. Elas não estão no dia-a-dia com as pessoas que têm dependência de álcool e outras drogas. Então você precisa sentar com as pessoas que estão com as entidades que estão diretamente atuando com essa população", diz.

Trabalho do conselho

A professora explica que há temas "urgentes" para serem discutidos com a retomada do Conade, como qual abordagem de tratamento, qual tipo e como realizar as discusões sobre drogas no Brasil. 

"A gente tem que retomar a discussão do fortalecimento do Centro de Atenção psicossocial ao Álcool e Outras Drogas, o Caps AD, a gente tem que voltar a discutir o tratamento nos territórios, nas comunidades como programas de geração de renda de acesso ao trabalho para as pessoas que que estão em tratamento para dependência de Álcool e Outras Drogas', afirma.

Ainda, Gallassi afirma que a discussão de como o Estado deve atuar em territórios de comunidades mais vulneráveis por conta da violência associada ao tráfico de drogas é papel do Conad.

Consequências da paralisação

Segundo Andrea, a desativação do conselho teve consequências "desastrosas", visto que houve "um abandono e desamparo completo" tanto das pessoas com dependência quanto das instituições e profissionais que trabalham com o tema.

A especialista diz que durante o governo Bolsonaro houve o esvaziamento financeiro dos Caps para o fotalemcimento de instituições tanto religiosas quanto privadas na politica sobre drogas, o que foi uma "catástrofe". De acordo com Gallasse, a falta de diálogo com a sociedade foi o que minou a atividade saudável da política sobre drogas no Brasil.

Legalização

A especialista diz que também é papel do Conselho discutir ações relacionadas à política de acesso a medicamentos proibidos que tem eficácia comprovada. Ela cita as propriedades terapêuticas contidas na psilocibina, princípio ativo dos chamados cogmelos mágicos, e a própria cannabis.

A competêmcia para legalizar a cannabis para fins terapêuticos ou para fins de uso recreativo é o Congresso Nacional, mas Gallassi afirma que é necessário pressão da sociedade pelo acesso a tais medicamentos. 

Por fim, a professora conta que Conade é um espaço "ultra importante" para debater todas as questões relacionadas a drogas. "O Conselho é absolutamente necessário para a gente conseguir encaminhar conseguir deliberar e discutir os temas urgentes e prioritários sobre drogas no nosso país", afirma.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbt
sbtnews
drogas
politicas
conselho
conanda
reativação
caps
israel-de-carvalho

Últimas notícias

Mulher é morta a facadas por não compartilhar senha do wi-fi

Mulher é morta a facadas por não compartilhar senha do wi-fi

Casal usava senha do dispositivo até vítima alterar a combinação de números; crime brutal por motivo banal foi registrado no Pará
Suas publicações do Instagram, WhatsApp e Facebook vão treinar a inteligência artificial da Meta; saiba como evitar

Suas publicações do Instagram, WhatsApp e Facebook vão treinar a inteligência artificial da Meta; saiba como evitar

IA generativa Meta AI terá acesso as fotos e legendas compartilhados publicamente nas redes sociais da big tech
Senador do MS cobra rapidez contra incêndios no Pantanal: "Do contrário, o tempo vai nos vencer"

Senador do MS cobra rapidez contra incêndios no Pantanal: "Do contrário, o tempo vai nos vencer"

Nelsinho Trad (PSD-MS) disse que trabalha para acelerar tramitação de projeto de lei que institui Política Nacional de Manejo Integrado do Fogo
Fogo destrói ônibus e caminhão-baú na zona oeste de SP

Fogo destrói ônibus e caminhão-baú na zona oeste de SP

Veículos estavam no estacionamento de empresa na Barra Funda; ninguém se feriu
SP: Motorista de Porsche é investigado por agredir ex-madrasta

SP: Motorista de Porsche é investigado por agredir ex-madrasta

Fernando Sastre Filho está preso pela morte de condutor de aplicativo após colisão na zona leste da capital paulista, em março
WikiLeaks posta foto de Julian Assange antes de assinar acordo com EUA

WikiLeaks posta foto de Julian Assange antes de assinar acordo com EUA

Jornalista australiano fundou plataforma que publicou milhares de documentos confidenciais dos Estados Unidos e estava preso na Inglaterra desde 2019
Enfermeira que desapareceu após dívidas do “jogo do tigrinho” volta para casa

Enfermeira que desapareceu após dívidas do “jogo do tigrinho” volta para casa

Mulher estava desaparecida há oito dias; ela saiu de Piracicaba, no interior de SP, e foi para o Mato Grosso do Sul
Suspeito de matar PM durante discussão em adega é preso

Suspeito de matar PM durante discussão em adega é preso

Policial foi morto com tiros da própria arma durante briga na zona leste de SP; dono do local também foi detido
Novo Ensino Médio: relator na Câmara critica carga horária em cursos técnicos e espanhol obrigatório

Novo Ensino Médio: relator na Câmara critica carga horária em cursos técnicos e espanhol obrigatório

Mendonça Filho (União Brasil-PE) quer reverter mudanças feitas pelo Senado no texto e que votação ocorra antes do recesso parlamentar
André Mendonça toma posse como titular do TSE nesta terça (25)

André Mendonça toma posse como titular do TSE nesta terça (25)

O ministro, que já compõe a corte eleitoral como substituto, ocupará a cadeira deixada por Alexandre de Moraes
Publicidade
Publicidade