Publicidade

2 milhões de árvores nativas foram replantadas na Amazônia

Venda de crédito de carbono ajuda a manter floresta em pé

2 milhões de árvores nativas foram replantadas na Amazônia
Publicidade

A iniciativa de uma empresa especializada de venda de crédito de carbono contribui para manter a floresta na Amazônia em pé.

+ Confira as últimas notícias de Brasil

Cada trabalhador consegue usar uma técnica que permite plantar quase 2 mil plantas por dia.

"A gente sempre está desmatando pra fazer roças, pra fazer pasto, então, isso é uma inovação que vem, veio acrescentar nossa vida porque é da onde a gente tá tirando o sustento da nossa família e cuidando do meio ambiente.", relata o técnico florestal Valderi Monteiro.

Quando as árvores estiverem crescidas, elas vão absorver o carbono da atmosfera e esse processo natural vira crédito que será comprado por grandes indústrias para compensar a emissão de carbono resultante dos processos de produção.

Na cidade Mãe do Rio, com mais de 30 mil habitantes no nordeste do Pará, uma fazenda visa retirar um milhão de toneladas de carbono do meio ambiente.

"A árvore faz uma reação química que é basicamente sequestrar co2 da atmosfera e liberar o oxigênio que é importante pra gente respirar. o carbono fica retido na árvore, basicamente cinquenta por cento da árvore é carbono e o que a gente precisa fazer é medir quanto carbono tem numa árvore + "você faz a ligação desse dado de campo com o dado de drone pra ter um censo de quanto carbono eu tenho na minha fazenda e no último nível eu junto isso a imagens de satélite.", analisa Renato Crouzeilles, diretor de ciência.

Mais de 100 espécies típicas da região amazônica foram escolhidas. Além disso, 14 delas estão ameaçadas de extinção.

"As espécies de recobrimento que são aquelas espécies que crescem rápido e faz sombra e as espécies de diversidade que têm uma taxa de crescimento mais lento, porém são as mais carbono efetivas por característica de madeira + "espécies como andiroba, cumaru, ucuuba, castanheira, samaúma", explica Severino Ribeiro, gerente de extensão tecnológica.

O plantio também é feito em parceria e os lucros são divididos entre fazendeiros e a empresa que negocia o crédito de carbono.

"O pecuarista não investe nada para replantar uma floresta em uma parte da pastagem dele." + o pecuarista que quer garantir renda para cinquenta a cem anos e um contrato de remoção de carbono dura cinquenta a cem anos", explica Peter Fernandez, CEO da Mombak.

Na cidade de Tomé-Açú, no Pará, uma fazenda com duzentos e sessenta e seis hectares de pasto está se tornando uma floresta novamente. Lá é utilizado uma máquina que prepara o solo e abre caminhos para receber as árvores que serão plantadas no solo.

A família da veteriária Karine Schmid está satisfeita com o resultado, além de conseguir cumprir a área de reserva natural exigida legalmente, a especialista e fazendeira também avalia aperfeiçoar a criação de gado.

"Uma pecuária mais intensiva, sabendo dividir melhor os espaços, fazendo um manejo rotacionado, procurando fazer com que a gente realmente tenha mais arrobas de boi por hectares. + A gente é rentabilizado por um processo de reflorestamento e tudo mais e com isso contribuir pro futuro que é exatamente repor a floresta que um dia foi retirada", explica Karine Schmid, fazendeira e médica veterinária.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Meio Ambiente
Amazonas
Amazônia

Últimas notícias

Brasil Agora: Lula minimiza queda de popularidade; Câmara aprova reestruturação do Perse

Brasil Agora: Lula minimiza queda de popularidade; Câmara aprova reestruturação do Perse

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta quarta-feira (24)
INSS começa a pagar 13º salário nesta quarta-feira (24); veja quem recebe

INSS começa a pagar 13º salário nesta quarta-feira (24); veja quem recebe

Primeira parcela do benefício deve contemplar mais de 33 milhões de segurados
Moraes autoriza nova investigação da PF sobre cartão de vacina de Bolsonaro

Moraes autoriza nova investigação da PF sobre cartão de vacina de Bolsonaro

Decisão atende pedido da PGR, que apura ligação com tentativa de golpe de Estado
Polícia vai investigar morte de cachorro embarcado em voo errado da Gol

Polícia vai investigar morte de cachorro embarcado em voo errado da Gol

Cão da raça golden retriever deveria ser levado para Mato Grosso, mas foi enviado por engano para o Ceará; viagem levou 8 horas
Nova Délhi é tomada por fumaça tóxica após incêndio em lixão

Nova Délhi é tomada por fumaça tóxica após incêndio em lixão

Chamas queimam desde o último domingo (21) em um dos maiores aterros da Índia; moradores relataram dificuldade para respirar
+Milionária sorteia prêmio de R$ 176 milhões nesta quarta-feira (24)

+Milionária sorteia prêmio de R$ 176 milhões nesta quarta-feira (24)

Apostas podem ser feitas até as 19h em casas lotéricas ou pela internet
Após meses de impasse, Congresso dos EUA aprova ajuda de R$ 60 bilhões à Ucrânia

Após meses de impasse, Congresso dos EUA aprova ajuda de R$ 60 bilhões à Ucrânia

Decisão foi comemorada por Biden e Zelensky; pacote também inclui envios para Israel e parceiros no Indo-Pacífico
SBT News na TV: Gol suspende transporte de animais por 30 dias após morte de cachorro

SBT News na TV: Gol suspende transporte de animais por 30 dias após morte de cachorro

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta quarta-feira (24); assista!
STF condena mais 11 pessoas por atos golpistas do 8/1 e total sobe para 207

STF condena mais 11 pessoas por atos golpistas do 8/1 e total sobe para 207

Penas foram fixadas entre 11 e 17 anos de prisão, além de R$ 30 milhões em danos morais coletivos
Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 6

Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 6

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimento virtualmente; depósito inclui Auxílio Gás
Publicidade
Publicidade