Publicidade

Foto de papa usando casaco inusitado é falsa

Imagem foi criada por inteligência artificial e logo viralizou na internet como se fosse verdadeira

Foto de papa usando casaco inusitado é falsa
Foto de papa usando casaco inusitado é fake
Publicidade

A foto do oapa Francisco usando um casaco que foge ao padrão de roupas utilizadas pelo líder da igreja católica chamou a atenção neste fim de semana, na internet. No entanto, a foto não é real. É, na verdade, uma imagem criada por inteligência artificial.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A imagem foi postada em uma comunidade de fóruns, em uma página chamada Midjourney. A página reúne criações feitas em uma ferramenta de inteligência artificial que permite criar imagens hiper-realistas a partir de uma descrição em texto. Foi o suficiente para que a imagem viralizasse.

Imagem criada por inteligência artificial | Reprodução/Twitter

Começaram a aparecer posts insinuando que a peça de roupa seria uma criação do estilista italiano Filippo Sorcinelli. Fillipo já desenhou, aliás, peças para o Vaticano. Mas o estilista nunca desenhou o casaco, que é fruto de uma ferramenta de tecnologia.

+ Juca Chaves, renomado humorista e compositor, morre aos 84 anos

+ Mega-Sena acumula e premiação vai a R$ 75 milhões

+ EUA: tornado no Mississipi mata pelo menos 23 pessoas

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbt news
sbt
papa francisco
casaco
fake
inteligencia artificial

Últimas notícias

Ex-policial e advogada são condenados por obstruir investigações do assassinato de Marielle Franco

Ex-policial e advogada são condenados por obstruir investigações do assassinato de Marielle Franco

Rodrigo Ferreira e Camila Nogueira mentiram à polícia sobre planejamento do crime. Vereadora e motorista Anderson Gomes foram mortos em março de 2018
Para Mendonça, lei das saidinhas não pode retroagir em prejuízo ao preso

Para Mendonça, lei das saidinhas não pode retroagir em prejuízo ao preso

O ministro confirmou o direito à saída temporária de um preso de Minas Gerais que havia perdido o benefício após as mudanças feitas pelo Congresso
Polícia prende nove pessoas envolvidas em furtos e roubos durante enchentes no RS

Polícia prende nove pessoas envolvidas em furtos e roubos durante enchentes no RS

Diversos objetos, que haviam sido levados de comércios no município Eldorado do Sul, foram recuperados
Especialistas chamam atenção para doenças respiratórias e leptospirose em meio a caos no RS

Especialistas chamam atenção para doenças respiratórias e leptospirose em meio a caos no RS

Segundo ministra da Saúde e médico da Marinha, proximidade das pessoas em abrigo favorece casos de “doenças oportunistas”
Sistema de distribuição de gás da Argentina entra em estado de emergência

Sistema de distribuição de gás da Argentina entra em estado de emergência

Mais de 300 indústrias tiveram o fornecimento cortado; prioridade é atender casas, hospitais e o comércio
Israel afirma que guerra na Faixa de Gaza deve durar, ao menos, até o fim do ano

Israel afirma que guerra na Faixa de Gaza deve durar, ao menos, até o fim do ano

Governo israelense alega que esse é o prazo mínimo para aprofundar as "conquistas" e destruir a capacidade militar do Hamas
Argentina compra carga da Petrobras para lidar com escassez de gás

Argentina compra carga da Petrobras para lidar com escassez de gás

Temperaturas mais baixas do que o habitual já haviam aumentado a demanda, sobrecarregando o sistema no país
TSE mantém condenação do ex-governador do RJ Anthony Garotinho por crime eleitoral

TSE mantém condenação do ex-governador do RJ Anthony Garotinho por crime eleitoral

Além de inelegibilidade, ele foi condenado a 13 anos e 9 meses de prisão
Morre o humorista Joaquim Lopes Salgado, de "A Praça é Nossa"

Morre o humorista Joaquim Lopes Salgado, de "A Praça é Nossa"

Carismático, divertido, com a arte de fazer graça nas veias, Joaquim marcou o público através de sua trajetória em programas humorísticos do SBT
Barroso vota contra abertura de processos disciplinares de magistrados da Lava Jato

Barroso vota contra abertura de processos disciplinares de magistrados da Lava Jato

O presidente do CNJ discorda do corregedor nacional de justiça, Luis Felipe Salomão, que chegou a determinar o afastamento cautelar dos envolvidos
Publicidade
Publicidade