Publicidade

Valdemar Costa Neto diz à PF que pepita de ouro foi presente e que achava que não tinha valor comercial

Presidente do PL foi liberado na noite de sábado depois que o ministro Alexandre de Moraes revogou a prisão preventiva

Valdemar Costa Neto diz à PF que pepita de ouro foi presente e que achava que não tinha valor comercial
Publicidade

O presidente do Partido Liberal, Valdemar Costa Neto, disse em depoimento à Polícia Federal que ele ganhou de presente a pedra de ouro em formato bruto encontrada no cofre do apartamento dele, em Brasília, durante operação na semana passada. Em seu interrogatório, o dirigente do partido de Jair Bolsonaro afirmou que não lembra o nome da pessoa que teria lhe dado a pepita de ouro como presente e que isso ocorreu há mais de quatro anos. 

Valdemar Costa Neto também relatou aos policiais que cogitou dar o objeto para uma sobrinha que trabalha com joias, no entanto, acabou esquecendo a caixa com a pedra de ouro no seu cofre pessoal. O político também disse não ter ideia do valor comercial da pedra e que acha que a pepita não era valiosa.

A perícia feita pela Polícia Federal já apontou que a pepita teve origem em um garimpo e agora está sendo feita uma análise mais minuciosa para saber se a pedra de ouro foi extraída de forma ilegal. Conforme a PF, a pedra pesa 39 gramas e tem um teor aproximado de 91,79% de ouro puro. Seu valor é estimado em R$11.687,71.

+ Polícia Federal prende em flagrante Valdemar Costa Neto, presidente do partido de Bolsonaro

Sobre a arma e as munições que também foram encontradas no cofre, Valdemar Costa Neto sustenta que ambas são do filho dele, mas que estavam com o presidente do PL há mais de oito anos. Segundo o dirigente, faz mais de quatro anos que ele não tem contato com o filho, Paulo Marcelo Costa. Segundo o dirigente partidário, ele ficou com a arma depois que fizeram uma viagem para Manaus (AM).

Valdemar declarou, ainda, renda de R$ 65 mil mensais, sendo parte dos rendimentos relativa a aposentadoria como deputado e parte do salário de dirigente do PL.

O presidente do PL foi alvo de operação da PF, porque, de acordo com os investigadores, em novembro de 2022 quando Valdemar Costa Neto protocolou uma representação questionando o resultado das eleições e a vitória do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ele participou de um plano golpista. Conforme as investigações, esse plano teria sido liderado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro. Outras quatro pessoas acabaram presas na operação.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Bolsonaro
Polícia Federal
Golpe
Golpe Militar
Democracia

Últimas notícias

Celular tem bateria gigante que dura uma semana e pesa meio quilo; entenda

Celular tem bateria gigante que dura uma semana e pesa meio quilo; entenda

Empresa garante que Energizer P28K dura 122 horas de conversação e até 94 dias em modo de espera
Disparo de atirador de elite impede criminoso armado que fazia filha como refém

Disparo de atirador de elite impede criminoso armado que fazia filha como refém

Ainda não há informações sobre a motivação do crime; homem disparou contra a cabeça da esposa antes do sequestro
Creche pública fica destelhada após chuva em São Paulo

Creche pública fica destelhada após chuva em São Paulo

Nenhum aluno foi ferido, mas as crianças serão transferidas para outras unidades enquanto a escola estiver em reforma
Na ONU, Silvio Almeida diz que ação de Israel em Gaza é "punição coletiva" a palestinos

Na ONU, Silvio Almeida diz que ação de Israel em Gaza é "punição coletiva" a palestinos

Ministro dos Direitos Humanos e da Cidadania também afirmou que ocupação israelense é "ilegal e viola normas internacionais"
Pai de jovem morto com fuzil diz que não foi dada ordem de parada

Pai de jovem morto com fuzil diz que não foi dada ordem de parada

Ainda segundo o parente, amigo que estava em moto não fugiu e foi procurar ajuda; testemunha relata que PMs foram agressivos
Morre integrante da Força Aérea americana que ateou fogo ao próprio corpo

Morre integrante da Força Aérea americana que ateou fogo ao próprio corpo

Ato foi realizado em crítica à ofensiva israelense na Faixa de Gaza, iniciada em outubro de 2023, dizem autoridades
Galaxy Ring deve ser lançado no fim do ano, diz Samsung

Galaxy Ring deve ser lançado no fim do ano, diz Samsung

Dispositivo vestível consegue analisar dados de saúde, como sono, frequência cardíaca e precisa funcionar integrado ao smartphone Galaxy S24
RJ: Acidente com ônibus deixa 25 feridos na Baixada Fluminense

RJ: Acidente com ônibus deixa 25 feridos na Baixada Fluminense

Bombeiros afirmam que cinco pessoas estão em estado grave; Vítimas foram levadas para unidades municipais em Itaguaí
Crise Americanas: Empresa tem prejuízo de R$ 4,6 bi em nove meses de 2023

Crise Americanas: Empresa tem prejuízo de R$ 4,6 bi em nove meses de 2023

Apesar dos resultados negativos, companhia disse que superou o momento mais difícil desde que entrou em recuperação judicial. Relembre o caso
Policiais são investigados por tráfico de armas em Salvador

Policiais são investigados por tráfico de armas em Salvador

Eles apreenderam quatro fuzis que estavam de posse de criminosos, mas não apresentaram os armamentos em unidade da Polícia Civil
Publicidade
Publicidade