Publicidade

Homem que se passava por policial para cometer crimes em São Paulo é preso

Ao menos 10 criminosos fazem parte da quadrilha que agia na região metropolitana de São Paulo

Homem que se passava por policial para cometer crimes em São Paulo é preso
Publicidade

Foi preso nesta quarta-feira (17) o integrante de uma quadrilha de criminosos que se passavam por policiais para cometer crimes na região metropolitana de São Paulo.

Os bandidos usavam uma falsa viatura com sirene, giroflex e outros equipamentos da Polícia Militar como coletes à prova de bala, fuzil e munição. O material foi encontrado num imóvel na zona leste da capital paulista.

O SBT Brasil teve acesso a imagens de uma câmera de segurança que mostram um dos bandidos, de boné e camisa clara, chegando ao ponto de ônibus. Ele estava ali fazendo campana.

Quando o carro sai da garagem, o homem avisa os comparsas e vai embora. O alvo era um casal, que estava no veículo. Marido e mulher, que não querem ser identificados, foram abordados pela quadrilha poucos metros à frente.

"nós saímos de casa, fomos para a casa do meu cunhado. A 400 ou 500 metros da casa dele, veio uma suposta viatura descaracterizada, ligou a sirene e eu parei. Nessa que eu parei, eles me abordaram como policiais civis. Me colocaram dentro do Cobalt, pegaram meu carro e levaram a gente para a casa do meu cunhado. Chegando lá, meu cunhado abriu o portão e renderam eles também", conta o homem.

O cunhado é colecionador de armas e teve uma pistola roubada. Quatro pessoas foram feitas reféns.

"Eles estavam muito agressivos. Minha irmã estava grávida, ia fazer 2 meses, uma gravidez de alto risco. Ela acabou perdendo o bebê", conta a vítima mulher.

O crime aconteceu em novembro do ano passado, em Mogi das Cruzes, na região metropolitana de São Paulo.

Nesta quarta-feira, policiais prenderam Orlando Manoel, de 44 anos. O criminoso passou a metade da vida na cadeia, preso por sequestro.

"O que nós temos de notar e reconhecer é que o roubo à residência já é um caso de muita gravidade. Mas quando ele foi cometido da forma que ele foi realizado, com organização, com audácia, se passando por agentes públicos, violência e principalmente armamento de grosso calibre, nós percebemos que estamos diante de uma organização criminosa formada para cometer crimes específicos", afirma o delegado Alexandre Batalha.

A polícia já identificou outro criminoso, que está foragido. Segundo a investigação, pelo menos, 10 bandidos fazem parte da quadrilha que, além de invadir residências, também praticava roubos a banco e já havia explodido um carro forte.

Os investigadores acreditam que a organização criminosa agia havia pelo menos seis meses na capital paulista e em municípios da região metropolitana.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Polícia
Assalto
São Paulo

Últimas notícias

Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 9

Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 9

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente
Compras internacionais: Câmara aprova taxação de 20% em valores até US$ 50

Compras internacionais: Câmara aprova taxação de 20% em valores até US$ 50

Proposta estabelece imposto para compra em sites internacionais, como Shein, AliExpress e Shopee
JBS deverá indenizar família de funcionário morto após sair do trabalho, decide TST

JBS deverá indenizar família de funcionário morto após sair do trabalho, decide TST

Para a corte, a empresa negligenciou condições adequadas de transporte a trabalhador assassinado enquanto pedalava para casa de madrugada
VÍDEO: clientes têm celulares roubados durante arrastão em restaurante de Pinheiros (SP)

VÍDEO: clientes têm celulares roubados durante arrastão em restaurante de Pinheiros (SP)

Imagens da câmera de segurança registraram o momento em que um criminoso, armado, abordou um funcionário na rua e entrou com ele no estabelecimento
VÍDEO: Tornados deixam 25 mortos em dois dias nos EUA

VÍDEO: Tornados deixam 25 mortos em dois dias nos EUA

Americanos registraram chegada dos ventos e estragos deixados nas cidades. Novas tempestades devem ocorrer na noite desta terça (28)
Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Secretário da Frente Nacional dos Prefeitos fala ao programa Perspectivas do SBT News
Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Ataque aconteceu enquanto manifestantes, em várias partes do mundo, ainda protestavam contra as 45 mortes provocadas por bombardeio no domingo
Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Principais vítimas da covid-19, segundo o Ministério da Saúde, são pessoas que não se vacinaram ou que não completaram o ciclo de imunização
Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"

Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"

Quase 50 mil gaúchos permanecem em abrigos no estado; em Porto Alegre, a maior parte dos abrigos são mantidos com doações e o trabalho de voluntários
Congresso derruba veto de Lula a trecho do projeto das "saidinhas" de presos

Congresso derruba veto de Lula a trecho do projeto das "saidinhas" de presos

Condenados que cumprem pena em regime semiaberto não podem mais obter autorização para saída temporária do estabelecimento nos casos de visita à família
Publicidade
Publicidade