Publicidade

Japão vai despejar água contaminada de Fukushima no oceano

Regulador nuclear do país aprovou o plano, que causou descontentamento na China e Coreia do Sul

Japão vai despejar água contaminada de Fukushima no oceano
Agentes visitam planta nuclear de Fukushima
Publicidade

O regulador nuclear do Japão aprovou nesta 6ª feira (22.jul) um plano para liberar mil toneladas de água contaminada de Fukushima no Oceano Pacífico. A aprovação pela Autoridade de Regulação Nuclear permitirá que a Tokyo Electric Power Co. (Tepco) comece a construir as instalações necessárias para que o despejo comece já no próximo ano.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A companhia alega que o procedimento é necessário para que a antiga usina nuclear seja desativada. Um grande terremoto, seguido de um tsunami, em 2011, destruíram os sistemas de refrigeração da usina de Fukushima Daiichi, causando colapsos triplos e a liberação de grandes quantidades de radiação. A água que foi usada para resfriar os três núcleos danificados do reator, que permanecem altamente radioativos, vazou para os porões dos prédios, mas foi coletada e armazenada em cerca de 1 mil tanques no local, que devem atingir a sua capacidade máxima de 1,37 milhão de toneladas no próximo ano.

A Tepco disse que planeja transportar água tratada e descartável através de uma tubulação dos tanques para uma instalação costeira, onde será diluída com água do mar e depois enviada por um túnel submarino com uma saída a cerca de 1 quilômetro de distância para minimizar o impacto sobre a pesca local e o meio ambiente. Ainda sim, as comunidades pesqueiras locais, a China e Coreia do Sul levantaram preocupações sobre os potenciais riscos à saúde das águas residuais radioativas.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Wang Wenbin, exigiu que o Japão " cumpra seriamente suas obrigações internacionais, descarte a água contaminada com energia nuclear de maneira científica, aberta, transparente e segura, e pare de pressionar o programa de despejo no mar".

O Japão e a Tepco alegam que os impactos serão insignificantes e que o projeto tem apoio da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA). Em um comunicado nesta 6ª, a Tepco também se comprometeu a responder sinceramente às revisões da AIEA, garantir a segurança, fornecer dados ao público e fortalecer seu monitoramento de radiação.

* Com informações da Associated Press

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
mundo
japão
fukushima
despejo
água contaminada
aiea
tepco
radiação

Últimas notícias

Dólar fecha a R$ 5,60, com alta influenciada por apagão cibernético e temor fiscal

Dólar fecha a R$ 5,60, com alta influenciada por apagão cibernético e temor fiscal

Ganho diário foi de 0,3% nesta sexta; acúmulo semanal chegou a 3,2%
Após fala de Maduro sobre banho de sangue, Lula diz que “os venezuelanos devem eleger quem eles quiserem”

Após fala de Maduro sobre banho de sangue, Lula diz que “os venezuelanos devem eleger quem eles quiserem”

Presidente brasileiro falou no evento no interior de São Paulo. Nicolás Maduro disse que haverá "banho de sangue" na Venezuela se ele não ganhar as eleições
Apagão interrompeu programação de veículos de comunicação pelo mundo

Apagão interrompeu programação de veículos de comunicação pelo mundo

O canal de notícias Sky News, que opera em países de língua inglesa, chegou a ficar fora do ar no mundo inteiro
Tempo deve seguir firme em quase todo o Brasil no fim de semana

Tempo deve seguir firme em quase todo o Brasil no fim de semana

Cenário deve durar até o início da semana que vem
Ataque com drone reivindicado pelos houthis do Iêmen deixa um morto em Tel Aviv

Ataque com drone reivindicado pelos houthis do Iêmen deixa um morto em Tel Aviv

O dispositivo foi detectado pelo Exército israelense, mas “uma falha humana” impediu o acionamento dos sistemas de interceptação e defesa
MG pede ao STF nova prorrogação para renegociar dívida com governo federal

MG pede ao STF nova prorrogação para renegociar dívida com governo federal

Prazo se encerra em 1º de agosto, mas estado pede mais 27 dias
Exclusivo: SBT mostra testes das novas câmeras corporais da PM que permitem apagar ocorrências

Exclusivo: SBT mostra testes das novas câmeras corporais da PM que permitem apagar ocorrências

Seis concorrentes alegam que a empresa vencedora do pregão foi beneficiada; ouvidor diz que vai pedir revisão do processo
Idosa é baleada no Rio de Janeiro após assalto a casa lotérica

Idosa é baleada no Rio de Janeiro após assalto a casa lotérica

Dois homens fugiam da polícia quando começou o confronto
 Número de eleitores jovens no Brasil aumenta 78,16%

Número de eleitores jovens no Brasil aumenta 78,16%

Voto é facultativo para população com 16 e 17 anos
Brasil suspende parte de exportações de frango após caso da doença de Newcastle no RS

Brasil suspende parte de exportações de frango após caso da doença de Newcastle no RS

Ministério declarou emergência zoossanitária no Rio Grande do Sul, por 90 dias, devido à detecção da doença
Publicidade
Publicidade