Publicidade

Ministério da Justiça abre processo administrativo contra Itapemirim

Empresa terá 20 dias para apresentar defesa e poderá ser multada em até R$ 11 milhões

Ministério da Justiça abre processo administrativo contra Itapemirim
Segundo a companhia aérea, 56% dos passageiros afetados já foram atendidos | Divulgação
Publicidade

O Ministério da Justiça e Segurança Pública abriu, na 6ª feira (24.dez), um processo administrativo contra a empresa Itapemirim Transportes Aéreos por descumprimento do Código de Defesa do Consumidor. A companhia suspendeu as operações temporariamente no último dia 17, deixando mais de 45 mil consumidores sem as passagens aéreas já compradas para o fim deste ano.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Conforme a ação, a empresa terá 20 dias para apresentar defesa no processo e poderá ser multada em até R$ 11 milhões pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon). No despacho de abertura da ação, o ministério alega falta de informação clara e ostensiva ao consumidor e de assistência depois do cancelamento dos serviços. A empresa deve oferecer a reacomodação em voos de outras companhias aéreas para os passageiros afetados e reembolsar aqueles que não conseguirem ser realocados.

No último dia 21, o Procon do Rio de Janeiro (Procon-RJ) instaurou um processo de investigação contra a Itapemirim por possíveis violações ao direito do consumidor. O órgão enviou quatro questionamentos à empresa, que tem 10 dias para responder. São eles: A causa da suspensão temporária das atividades; as medidas adotadas pela empresa para minorar os efeitos da suspensão das atividades em relação aos consumidores que adquiriram regularmente as passagens aéreas; como está sendo realizada a comunicação de cancelamento do voo ao passageiro que adquiriu a passagem aérea; e como são oferecidas ao consumidor a reacomodação, o reembolso integral da passagem, a execução do serviço por outra modalidade de transporte, e a assistência material.

Segundo o Procon-RJ, o cancelamento próximo à época de festas de Natal e Ano Novo poderá prejudicar a programação dos consumidores para passarem essas datas com familiares, caso não sejam reacomodados em outros voos com urgência. "Suspender os serviços no período de festas de final de ano e férias escolares, datas que a demanda de passageiros é alta, trouxe muito transtorno aos viajantes que já tinham voos programados. A Itapemirim deve oferecer um atendimento facilitado, rápido, e individualizado aos consumidores afetados."

+ Procon-SP multará ITA e analisa ação criminal contra a companhia aérea

Em comunicado divulgado também no dia 21, a companhia aérea disse que "nos dois primeiros dias úteis após a suspensão temporária de suas operações, já foram processados R$ 7,8 milhões em pedidos de reembolso junto às operadoras de cartão de crédito". A empresa fala ter atendido 56% dos passageiros afetados até 31 de dezembro, por enquanto.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
justica
ministerio da justica
processo administrativo
itapemirim
defesa do consumidor
voos cancelados
reembolso

Últimas notícias

Comidas típicas de Festa Junina estão mais caras com inflação

Comidas típicas de Festa Junina estão mais caras com inflação

Levantamento do Instituto de Economia da Fundação Getúlio Vargas, divulgado com exclusividade para o SBT, analisou 27 itens tradicionais juninos
Procedimentos estéticos respondem por mais de 50% das queixas de serviços de saúde

Procedimentos estéticos respondem por mais de 50% das queixas de serviços de saúde

Nos últimos 12 anos, foram registrados cerca de dez mil boletins de ocorrência e processos judiciais motivados pelo crime de exercício ilegal da profissão
Policial morre após ser baleado com a própria arma depois de briga em SP

Policial morre após ser baleado com a própria arma depois de briga em SP

Segundo a investigação, o assassino disparou pelo menos 12 vezes
Lula conversa com diretor-geral da Enel, que promete investimento bilionário no Brasil

Lula conversa com diretor-geral da Enel, que promete investimento bilionário no Brasil

Reunião aconteceu após encontro do G7, na Itália, com participação e negociações bilaterais do presidente brasileiro
Chileno é preso por filmar partes íntimas de crianças na praia da Urca, no Rio

Chileno é preso por filmar partes íntimas de crianças na praia da Urca, no Rio

Javier Eduardo López Órdenes foi levado para a delegacia de Copacabana; caso foi encaminhado à Justiça
RJ: menina baleada com tiro de fuzil quando voltava de balé segue em estado grave

RJ: menina baleada com tiro de fuzil quando voltava de balé segue em estado grave

Parentes e amigos de Ana Beatriz Barcelos, de 14 anos, marcaram uma missa neste sábado (15) para pedir pela recuperação da adolescente
Oito militares israelenses morrem após explosão de veículo em Rafah

Oito militares israelenses morrem após explosão de veículo em Rafah

Em Tel Aviv, milhares de manifestantes protestaram contra o governo, pedindo o fim da guerra
Trio paulista especializado em roubar casas no Rio é preso após cerco policial

Trio paulista especializado em roubar casas no Rio é preso após cerco policial

Com os bandidos, foram apreendidos uma chave de fenda, luvas, joias e aproximadamente R$ 2 mil em espécie
Lula defende Haddad após Cúpula do G7: “Nunca estará enfraquecido enquanto eu for presidente”

Lula defende Haddad após Cúpula do G7: “Nunca estará enfraquecido enquanto eu for presidente”

Presidente blinda ministro da Fazenda após questionamentos sobre responsabilidade fiscal em 2025
Polícia investiga denúncia de estupro de menina de 12 anos em escola do Rio

Polícia investiga denúncia de estupro de menina de 12 anos em escola do Rio

Agentes da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) já identificaram e intimaram os suspeitos de cometer o crime
Publicidade
Publicidade