Publicidade

Lula: "Não pode fazer desoneração sem dar a contrapartida aos trabalhadores"

Presidente comentou sobre seu veto ao Projeto de Lei que prorrogaria desoneração da folha de pagamento

Lula: "Não pode fazer desoneração sem dar a contrapartida aos trabalhadores"
Publicidade

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse acreditar que o Brasil não pode fazer desoneração da folha de pagamento das empresas sem que os trabalhadores recebam uma contrapartida. A declaração foi feita quando o chefe do Executivo federal falava a jornalistas, nesta 4ª feira (29.nov), sobre seu veto ao Projeto de Lei que prorrogaria a desoneração para companhias de 17 setores da economia -- os que mais empregam no país -- por mais quatro anos, até 31 de dezembro de 2027.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Segundo o petista, não há nada no projeto que diz que será gerado mais emprego se houver desoneração. "O que é importante é que essas coisas aconteçam. E o Haddad vai apresentar alternativas na medida em que a gente também tem uma relação entre empresários e trabalhadores que, ao reduzir desoneração da empresa para você melhorar a renda dela e, portanto, você garantir emprego para os trabalhadores".

Ele prosseguiu: "E a lei não diz absolutamente nada. Obviamente que vetei uma lei, o veto pode ser derrubado, mas eu acho que a gente não pode apenas fazer desoneração sem dar a contrapartida aos trabalhadores. Os trabalhadores precisam ganhar alguma coisa nessa história".

Ainda conforme o presidente, o projeto vetado também não diz que o trabalhador ganharia um salário maior com a desoneração. "Então, essas coisas é bom que aconteçam, e eu estou com os dirigentes sindicais, com dirigentes dos empresários e com o governo desde o começo do ano negociando uma nova relação entre capital e trabalho no Brasil, uma nova legislação sindical".

O veto de Lula dividiu reações entre as principais centrais sindicais do país. A Força Sindical, a União Geral dos Trabalhadores (UGT) e a Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) disseram "lamentar" a decisão do Governo Federal. "A decisão se deu sem debate com o movimento sindical, sobretudo dos setores mais afetados", pontuaram as centrais.

Veja também:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
governo
lula
veto
desoneração
folha de pagamento
trabalhadores
contrapartida
haddad
centrais sindicais
emprego
salário
noticias
guilherme-resck
economia

Últimas notícias

Uma em cada oito crianças no mundo sofre com obesidade

Uma em cada oito crianças no mundo sofre com obesidade

Além dos obesos, a pesquisa constatou que 43% dos adultos do mundo estão com sobrepeso
Mosquito da dengue oferece risco também a cachorros e gatos

Mosquito da dengue oferece risco também a cachorros e gatos

Aedes aegypti pode transmitir aos pets doença conhecida como 'verme do coração'; conheça sintomas e tratamento
José Dirceu deve ter alta hospitalar neste sábado

José Dirceu deve ter alta hospitalar neste sábado

Político está internado desde o dia 25 de fevereiro por causa de uma pneumonia
Brasil volta a ser top 10 das maiores economias do mundo com PIB de 2023

Brasil volta a ser top 10 das maiores economias do mundo com PIB de 2023

País ocupa atualmente a 9ª colocação, à frente de Canadá, Rússia e Austrália. Confira lista
Militares que metralharam família no RJ podem ter penas reduzidas de 30 para 3 anos

Militares que metralharam família no RJ podem ter penas reduzidas de 30 para 3 anos

Dois ministros do STM consideraram homicídio culposo a ação do Exército que teve 257 tiros de fuzil e resultou em duas mortes
Mistura de biodiesel no diesel sobe para 14% a partir desta sexta

Mistura de biodiesel no diesel sobe para 14% a partir desta sexta

Combinação evita a emissão de 5 milhões de toneladas de gás carbônico na atmosfera
Aumento de casos de doenças como a dengue deve causar impacto de até R$ 20 bilhões no PIB

Aumento de casos de doenças como a dengue deve causar impacto de até R$ 20 bilhões no PIB

País pode fechar o ano com mais de quatro milhões de infectados por arboviroses
Belo Horizonte inaugura hospital de campanha para atendimento de pacientes com dengue

Belo Horizonte inaugura hospital de campanha para atendimento de pacientes com dengue

Minas Gerais é o estado com o maior número de casos prováveis da doença
Polícia prende 23 pessoas que aplicavam golpes em comerciantes de sete estados

Polícia prende 23 pessoas que aplicavam golpes em comerciantes de sete estados

"Central de telemarketing do crime" funcionava em São Paulo; idosos eram vítimas preferidas
Associações médicas do Brasil vão enviar manifesto sobre péssima qualidade do ar para Marina Silva e Conama

Associações médicas do Brasil vão enviar manifesto sobre péssima qualidade do ar para Marina Silva e Conama

No Brasil, a poluição atmosférica mata mais de 50 mil pessoas por ano, eleva o número de internações hospitalares e gera custos ao sistema público de saúde, diz pesquisa
Publicidade
Publicidade