Publicidade

Na Itália, Lula cita desigualdade mundial e critica gastos com guerras

Presidente comentou sobre invasão russa na Ucrânia e voltou a defender negociações de paz

Na Itália, Lula cita desigualdade mundial e critica gastos com guerras
No discurso, o chefe de Estado ainda comentou sobre o Acordo de Paris e a taxa de juros brasileira | Ricardo Stuckert
Publicidade

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou, nesta 5ª feira (22.jun), os gastos internacionais com a indústria armamentista para promover conflitos. Em discurso na Itália, o mandatário citou a guerra fria que está se instaurando entre os Estados Unidos e a China e voltou a defender as negociações para acabar com a invasão russa na Ucrânia.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

"O mundo tem 800 milhões de seres humanos que vão dormir todas as noites sem ter o que comer. Não é justo gastar bilhões com guerras desnecessárias enquanto poderíamos viver em paz. Mandei meu assessor [Celso Amorim] para conversar com o [presidente russo Vladimir] Putin e com o [presidente ucraniano Volodymyr] Zelensky para tentar mostrar que o melhor negócio para esta guerra é acabar com ela", disse Lula.

O chefe de Estado defendeu o papel dos governos neutros para auxiliar o diálogo entre os países - congelado há meses. Nas palavras do petista, é preciso parar e negociar com interlocutores, uma vez que o dado concreto é de que vidas estão sendo perdidas. "O que não dá pra imaginar é que essa luta vai ser infinita, precisa acabar logo", frisou.

Ainda comentando sobre o assunto, Lula voltou a fazer críticas ao Conselho de Segurança das Nações Unidas, afirmando que a maioria dos países-membros é líder na produção de armas e que outras invasões, como a dos Estados Unidos ao Iraque e a da Inglaterra à Líbia, não foram discutidas. Com isso, o presidente enfatizou que as políticas do Conselho estão enfraquecendo e que novos países devem integrar o grupo.

"Estamos defendendo no Brasil uma nova governança mundial, com mais participação de países africanos, da América Latina, da Índia. O mundo mudou, as pessoas mudaram, e por isso a nova geopolítica deve ser levada em conta para construir uma nova configuração das Nações Unidas", disse Lula.

Meio ambiente e taxa de juros

No discurso, o chefe de Estado ainda comentou sobre o Acordo de Paris, dizendo que o Brasil está empenhado em ajudar a conter a crise climática. Para isso, ele citou a transição energética e a agricultura de baixo carbono, que deverá resultar em parcerias internacionais importantes para o país nos próximos anos.

+ Tebet espera que ata do Comitê de Política Monetária cite cenários positivos

Já sobre a taxa de juros (Selic), atualmente em 13,75% ao ano, Lula disse que o país está vivendo um momento irracional. "72% da população brasileira está endividada. Não há crédito. Eu tenho cobrado dos Senadores que colocaram esse cidadão no Banco Central", disse o petista, referindo-se ao presidente da instituição financeira, Roberto Campos Neto.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
governo
italia
lula
cita
desigualdade
critica
gastos
guerra
china
estados unidos
guerra na ucrania
russia
taxa de juros
acordo de paris
meio ambiente
camila-stucaluc

Últimas notícias

Silvio Santos tem alta de hospital em SP

Silvio Santos tem alta de hospital em SP

Apresentador passa bem e já está em casa
Comoção e falta de respostas marcam enterro de filha de deputado morta no Mato Grosso

Comoção e falta de respostas marcam enterro de filha de deputado morta no Mato Grosso

Polícia mantém investigações para explicar morte da empresária Raquel Cattani, que estava com 26 anos
São Paulo recebe evento sobre cultura pop asiática

São Paulo recebe evento sobre cultura pop asiática

Anime Friends é o maior evento temático de cultura pop asiática na América Latina e ficará até amanhã (21) em São Paulo
Paisagens, cultura e vinho; conheça o passeio turístico Trem Pampa

Paisagens, cultura e vinho; conheça o passeio turístico Trem Pampa

Itinerário começa no Rio Grande do Sul e passa no Uruguai. O passeio custa R$ 135
Imóveis levados a leilão quase dobram em 2024 e viram opção de investimento

Imóveis levados a leilão quase dobram em 2024 e viram opção de investimento

Só de imóveis financiados pela Caixa Econômica Federal, houve um salto de 75% na oferta de leilões
Melody sofre acidente a caminho de show no Rio de Janeiro

Melody sofre acidente a caminho de show no Rio de Janeiro

Van em que cantora estava ficou destruída: veja imagens
Brasileiro da marcha atlética disputará sua quarta Olimpíada em Paris

Brasileiro da marcha atlética disputará sua quarta Olimpíada em Paris

Caio Bonfim luta pela medalha que escapou nos Jogos do Rio, em 2016, quando conquistou o 4º lugar
Exclusivo: número de denúncias de maus-tratos a animais bate recorde em 2024

Exclusivo: número de denúncias de maus-tratos a animais bate recorde em 2024

Foram 909 situações nos primeiros seis meses de 2024, quase o mesmo número de todo o ano passado, quando houveram 939 denúncias
Los Angeles abraça a automação: robôs entregam comida e carros sem motorista já são realidade

Los Angeles abraça a automação: robôs entregam comida e carros sem motorista já são realidade

Em alguns restaurantes da cidade, o pedido é na tela e a comida vem em um carrossel. Já as bebidas são trazidas por um robô, que interage com os clientes
Menina de 10 anos sobrevive a parada cardíaca que durou mais de uma hora

Menina de 10 anos sobrevive a parada cardíaca que durou mais de uma hora

Lara Sousa foi reanimada e agora recebeu um aparelho que ajuda o coração a bater no ritmo certo
Publicidade
Publicidade