Publicidade

PSB apresenta lista de propostas para PT incorporar a plano de governo

Sigla indicou Alckmin para vice na chapa de Lula; no evento, prefeito do Recife comentou declaração sobre aborto

PSB apresenta lista de propostas para PT incorporar a plano de governo
João Campos ao lado de Alckmin e Lula em evento em que foi oficializada a indicação do ex-governador para ser vice do petista (Ricardo Stuckert)
Publicidade

Presente na reunião do PSB com o PT em que foi oficializada a indicação de Geraldo Alckmin para ser vice de Lula, o prefeito de Recife, João Campos (PSB), disse a jornalistas após o encontro que, na elaboração do futuro plano de governo da chapa do ex-governador com o petista, o Partido Socialista Brasileiro deseja incluir iniciativas da área da educação já implementadas em Pernambuco, além de outras voltadas para o combate à desigualdade social e mais.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Assim que a chapa for formalizada, o PSB será convidado a ajudar a construir o plano de governo. De acordo com João Campos, a sigla é "uma grande referência na educação pública do Brasil, dizer que a maior rede de ensino integral do nosso país é a rede de Pernambuco". "Nós temos experiências muito bem-sucedidas aplicadas no nosso estado, que a gente faz questão de poder trazer essa discussão para o âmbito nacional. Falar de desigualdade regional. A gente vive num Brasil que é extremamente desigual. Quando a gente olha para a região Nordeste, que é a nossa região, a gente tem desafios de infraestrutura, de conectividade, de moradia, de problemas e desafios ambientais nos grandes centros urbanos, então tem um conjunto de agendas que a gente precisa construir conjuntamente", completou.

Segundo o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, a legenda, em "sua autorreforma, já tem as diretrizes para um programa de desenvolvimento nacional prontas". "Claro que nós não temos a expectativa que o PT absorva todas as nossas propostas, porque trata-se de um programa de partido, e aí é um programa de eleição, um programa de governo, que é um programa de mais curto prazo, e que, portanto, também a questão programática, quando nós defendemos a ideia de que não é direita e esquerda e, sim, democracia versus autoritarismo, tem que ter um programa de governo que tenha correspondência com essa proposta político-eleitoral". Siqueira afirmou que um dos pontos prioritários que o PSB irá sugerir ao PT na construção desse conjunto de iniciativas é um estudo da biodiversidade da Amazônia para transformá-la em empreendimentos econômicos, e, na questão econômica, a recuperação do investimento será o tema central das conversas.

Comentando sobre as eleições deste ano, posteriormente, João Campos afirmou que será "muito acirrada, e que há um nível de intolerância e de agressividade muito grande". Além disso, comentou o fato de Lula ter dado declaração a respeito do direito ao aborto e, ao mesmo tempo, atacou o presidente Jair Bolsonaro (PL): "Eu acho que o centro do debate eleitoral não deve passar por aí, porque mais uma vez corre, sim, um risco de você entrar num campo onde o bolsonarismo tem o domínio, porque não tem compromisso com a verdade. Para você ganhar o debate de fake news, ganhar o debate de redes sociais, tendo compromisso com a verdade como a gente tem que ter e não pode abrir mão é muito difícil".

Segundo o prefeito do Recife, tendo em vista o que interessa às pessoas, é necessário "dar um choque de realidade no debate eleitoral brasileiro". Isso significa, pontuou, fazer com que as pautas em discussão sejam, por exemplo, o custo de vida e como está o transporte público nos grandes centros urbanos.

PSB nos estados 

Outro assunto abordado por João Campos na entrevista a jornalistas foi as articulações do PSB para a formação de chapas a governos estaduais. De acordo com o chefe do Executivo recifense, o palanque único de Lula em Pernambuco é o da chamada Frente Popular: Danilo Cabral. "O PT inclusive vai fazer parte da chapa majoritária de Danilo. Então isso está pacificado com o PT. Isso está pacificado com o presidente Lula e com a direção Nacional", acrescentou Campos.

Sobre a corrida ao Palácio dos Bandeirantes ter tanto um pré-candidato do PSB (Márcio França) como do PT (Fernando Haddad), o prefeito disse ter "respeito pleno pela autonomia de cada estado". "Então eu sou do PSB-PE e eu vou respeitar de maneira integral a decisão que o PSB-SP tomar. Então a gente respeita essas decisões porque a autonomia está com os estados. E aqui, no caso, nossa autonomia e decisão está com o meu amigo governador Márcio França".

Ao chegar ao local do evento do PT e PSB nesta 6ª, França, por sua vez, disse que Haddad "tem todo o direito de ser candidato" e que "a chance maior é cada um ter a sua candidatura", ou seja, ele e o ex-prefeito paulista concorrerem no pleito deste ano. "Nós vamos fazer o esforço até o final porque, quem sabe, uma luz ilumina, porque essa luz às vezes não está nem entre nós, pode estar fora", completou. Com "luz", se refere às pesquisas de intenção de voto. De acordo com ele, não é o "Instrumento ideal", mas é o existente, e é necessário "estabelecer uma data e fórmula de pesquisa". "Por exemplo, eu sempre falo sobre votar e poderia votar. Quando você soma esses dois números, nas últimas três pesquisas, eu ganhei em duas e perdi em uma em relação a ele. E na Datafolha não foi feita essa pergunta, porque isso embute um pouco a rejeição, esse tipo de pergunta". Ainda em suas palavras, "dá para conviver [com a candidatura de Haddad]". "A gente é maduro".

De acordo com a presidente do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), na próxima semana, a sigla e o PSB deverão fazer uma reunião bilateral, em Brasília, para falar sobre a corrida eleitoral nos estados, incluindo São Paulo. Gleisi acrescentou que, pelas direções partidárias, serão montadas a coordenação de campanha. "Vai ser a área de programa de governo que acompanhará o trabalho das fundações [dos partidos]".

Ela também defende a unidade do campo ao qual pertencem Haddad e Márcio França. "Vou trabalhar o que eu puder para a gente sair unido aqui em São Paulo. Acho muito, muito importante, porque isso fortalece. Vocês viram que se unir a gente tem condições de disputar para valer. Eu acho que a gente disputa aqui muto bem o governo, mas a gente tem condições de ganhar as eleições aqui, eu não tenho dúvida", pontuou. Carlos Siqueira disse nesta 6ª que o PSB espera apoio do PT em São Paulo.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
eleicoes
política
joão campos
psb
pt
plano de governo
lula
alckmin
márcio frança
fernand haddad
são paulo
pernambuco
apoio
chapa
gleisi hoffmann
guilherme-resck

Últimas notícias

30 anos do tetra: filho de Bebeto fala sobre comemoração que marcou a conquista

30 anos do tetra: filho de Bebeto fala sobre comemoração que marcou a conquista

Bebeto simulou embalar seu futuro filho no colo e entrou para história do futebol. Seleção venceu a Holanda por 3x2 naquele jogo e e consagrou campeã da Copa
Saiba quanto ganha um motorista de aplicativo em 10 capitais brasileiras

Saiba quanto ganha um motorista de aplicativo em 10 capitais brasileiras

Belo Horizonte, Porto Alegre e São Paulo têm os melhores resultados, segundo plataforma StopClub
SBT exibe a terceira parte da entrevista de Romário sobre o tetra da Copa do Mundo

SBT exibe a terceira parte da entrevista de Romário sobre o tetra da Copa do Mundo

Conversa completa do atacante com o apresentador Cesar Filho também está disponível
Lucro do FGTS bate recorde e supera R$ 23 bilhões em 2023

Lucro do FGTS bate recorde e supera R$ 23 bilhões em 2023

Segundo dados da Caixa Econômica, a alta anual foi de 55%
Lula diz que governo precisa de ‘mais mulheres’ para que gestão ‘fique melhor’

Lula diz que governo precisa de ‘mais mulheres’ para que gestão ‘fique melhor’

Atualmente, dos 38 ministérios do Executivo, 9 têm comando feminino
Geladeira e fogão mais baratos no RS: Senado aprova projeto de apoio ao estado

Geladeira e fogão mais baratos no RS: Senado aprova projeto de apoio ao estado

Famílias afetadas por tragédia ambiental poderão ter desconto de imposto federal sobre eletrodomésticos da linha branca; texto segue para sanção de Lula
Joe Biden é diagnosticado com covid-19 e cancela evento em Las Vegas

Joe Biden é diagnosticado com covid-19 e cancela evento em Las Vegas

A informação foi confirmada pela Casa Branca nesta quarta-feira (17)
Lula diz que nunca teve uma relação tão boa com o Congresso; derrotas mostram contradição

Lula diz que nunca teve uma relação tão boa com o Congresso; derrotas mostram contradição

Presidente diz que conseguiu aprovar todos os projetos prioritários para o país, mas no Congresso governo encontra dificuldades em 5 temas, ao menos
Famoso em Paris, museu Pompidou vai abrir primeira filial no Brasil

Famoso em Paris, museu Pompidou vai abrir primeira filial no Brasil

Nova unidade, a primeira da instituição na América Latina, será instalada em Foz do Iguaçu, no Paraná
Preço médio do aluguel sobe 8% no primeiro semestre no Brasil; Brasília teve maior alta

Preço médio do aluguel sobe 8% no primeiro semestre no Brasil; Brasília teve maior alta

Índice de monitoramento da Fipe identificou aumento em 24 das 25 cidades avaliadas; reajustes superaram a inflação oficial
Publicidade
Publicidade