Publicidade

Maioria das empresas não faz gestão de risco, contam consultores em negócios

Empresários teriam receio de expor possíveis problemas. Mas, na realidade ESG, transparência conta mais

Maioria das empresas não faz gestão de risco, contam consultores em negócios
Publicidade

"Toda atuação empresarial vai gerar um risco", afirma Marcela Greggo, coordenadora de Integridade do Instituto Ethos. Em seguida, ela se corrige: 
"Geralmente, centenas de riscos". Em concordância está Marcelo Ikaro, gerente associado da Peers, uma consultoria de negócios. Os dois alertam para o fato de que, mesmo com tantos possíveis problemas, a maioria das empresas não executa a gestão de riscos.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A não ser quando se analisam empresas com faturamente maior que R$ 1 bilhão. Entre essas, 80% o fazem, conforme o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC). Já entre as empresas que faturam até R$ 20 milhões, 41,2% delas. No atual mundo dos negócios, com influência do ESG (impactos no meio ambiente, na sociedade e na governança), a falta de gestão de risco é ainda mais grave. A carência de informação caracteriza falta de transparência, que gera deconfiança e descrédito com o setor no qual faz parte e com os clientes.

Mas, que falta de transparência é essa? Com qual tipo de conteúdo? Como o próprio nome diz -- mas ainda assim poucos entendem, significa administrar o que possivelmente dará errado e gerará prejuízo. Pode ser a situação mais comum, um acidente com um colaborador, ou a mais burocrática, como adequação a uma nova lei que, se não cumprida, geraria uma multa. "Um exemplo prático: na pandemia. Empresas que dependiam de chips e condutores, ficaram sem. A não ser aquelas que se prepararam, tinham um plano e agiram rápido para conseguir outros fornecedores", lembra Marcelo. "Ou seja, mitigação de risco, que só é possível quando você conhece ele".

Marcela explica que a gestão de risco tem, ao menos, três fases. A 1ª é a "identificação", a 2ª é a "adaptação" e a 3ª é a "mensuração". Tudo deve estar em um relatório -- jamais concluído, sempre em atualização. Quanto mais claro e objetivo o problema e a possível solução, melhor para o próprio gestor e para aqueles que investem no negócio dele. Tendo em vista que, atualmente, reputação importa mais do que em qualquer outra época -- o que gera um paradoxo para os empresários: se preciso ser bem visto, como vou apresentar o que pode dar errado em meu negócio?

"O relatório vai, sim, mostrar os problemas. Mas vai também apresentar um plano para melhorar ou solucionar. Esse compromisso já vale. A empresa não precisa ser perfeita. Aliás, provavelmente, nunca será", reflete Marcela. "Assim como as concorrentes também não, então, pode fazer a gestão de risco sem medo. Tem que ter medo se não fizer", finaliza.

Se você quer saber mais sobre o tema, assista ao episódio 27 do videocast Foco ESG:

Veja também:

+ ESG na educação: especialistas defendem sustentabilidade na grade curricular

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
videocast
podcast
foco-esg
meio ambiente
sociedade
governança
gestão risco

Últimas notícias

 Família de criança baleada em tiroteio no RJ pede doações de sangue

Família de criança baleada em tiroteio no RJ pede doações de sangue

Menina de três anos foi atingida durante troca de tiros entre milicianos; ela já passou por duas cirurgias para retirada das balas
Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 56 milhões

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 56 milhões

Apostas podem ser feita até às 19h de sábado (13); 69 pessoas acertaram a quina e levaram quase R$ 50 mil
Lira x Padilha: Lula não cogita trocar ministro, muito menos por alguém do Centrão; veja análise

Lira x Padilha: Lula não cogita trocar ministro, muito menos por alguém do Centrão; veja análise

Presidente da Câmara chamou articulador do governo de "incompetente" e "desafeto pessoal"; petista reagiu postando vídeo em que Lula o elogia
EUA apontam para possível ataque do Irã em Israel nas próximas 48h, diz jornal

EUA apontam para possível ataque do Irã em Israel nas próximas 48h, diz jornal

Inteligência norte-americana prevê bombardeio com mísseis e drones em prédios militares e governamentais
Lei das Saidinhas: entenda como veto de Lula pode criar novo desgaste com o Congresso

Lei das Saidinhas: entenda como veto de Lula pode criar novo desgaste com o Congresso

Presidente seguiu conselho de Lewandowski e barrou trecho que impedia visitas de detentos às famílias em feriados e datas comemorativas
SP: Suspeitos de envolvimento na morte de fisiculturista são presos

SP: Suspeitos de envolvimento na morte de fisiculturista são presos

Investigação aponta que crime foi motivado por dívida; mentor devia dinheiro à vítima e convenceu comparsa a participar do delito
Biden anuncia perdão de US$ 7,4 bilhões em dívidas estudantis

Biden anuncia perdão de US$ 7,4 bilhões em dívidas estudantis

Nova rodada eleva alívio total dos débitos para US$ 153 bilhões; iniciativa faz parte de promessa eleitoral
MC Ryan SP fala sobre Ferrari apreendida após abordagem da polícia

MC Ryan SP fala sobre Ferrari apreendida após abordagem da polícia

Carro de luxo originalmente preto está “envelopado” na cor vermelha; ação não é permitida sem regularização junto ao Detran
Aproximação de frente fria traz temporais e ondas de até 3 metros no Sul do Brasil

Aproximação de frente fria traz temporais e ondas de até 3 metros no Sul do Brasil

Condição será de tempo mais instável e úmido, o que vai manter a sensação de frio em algumas áreas
FALSO: Post usa dados falsos sobre PIB e inflação e inventa fala de Haddad sobre impossibilidade de pagar funcionalismo

FALSO: Post usa dados falsos sobre PIB e inflação e inventa fala de Haddad sobre impossibilidade de pagar funcionalismo

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Publicidade
Publicidade