Publicidade

Alimentação em casa foi o que mais contribuiu para aumento da inflação

Índice fechou em 5,79% em 2022, acima do teto estipulado pelo Conselho Monetário Nacional

Alimentação em casa foi o que mais contribuiu para aumento da inflação
Publicidade

A inflação fechou 2022 com um aumento de 5,79%, ficando acima da meta definida pelo Conselho Monetário Nacional, que era de 3,5% com teto de 5%. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), levantamento usado pelo governo federal como índice oficial de inflação do Brasil, foi divulgado pelo IBGE nesta 3ª feira (10.jan).

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

O crescimento foi menor do que em 2021, quando a inflação teve alta de 10,06%.

Segundo o IBGE, o resultado acumulado de 2022 foi afetado, principalmente, pelo grupo de alimentação e bebidas, que teve aumento de 11,64% e um impacto de 2,41 pontos percentuais no acumulado do ano. Entre os alimentos em destaque, estão a cebola, que teve alta de 130,14%, a batata-inglesa, com aumento de 51,92%, o leite longa vida, com 26,18%, frutas, com 24,00% e o pão francês, que teve alta de 18,03%. No acumulado do ano, a inflação da alimentação dentro de casa ficou em 13,23%.

"No caso da cebola, a alta está relacionada à redução da área plantada, ao aumento do custo de produção e a questões climáticas. Já os preços do leite subiram de forma mais intensa entre março e julho de 2022, quando a alta acumulada no ano chegou a 77,84%", explicou o analista de preços do IBGE, André Almeida.

A maior variação veio do grupo Vestuário, com 18,02%, e altas acima de 1% em 10 dos 12 meses do ano. Os preços das roupas femininas e das roupas masculinas subiram acima de 20% no acumulado do ano, 21,35% e 20,77%, respectivamente. 

Uma das principais matérias-primas da indústria de vestuário, o algodão, teve alta acentuada entre abril de 2020 e maio de 2022, período mais crítico da pandemia de covid-19. "Os custos de produção subiram e houve uma retomada da demanda após a flexibilização das medidas de isolamento social decorrentes da pandemia de Covid-19", afirmou André.

As passagens aéreas também estão entre as altas do ano, com um aumento de 23,53% e que contribuiu com 0,14 p.p. no acumulado de 2022.

Veja tabela de variação mensal do IPCA em 2022:

Mês Variação (%)
Mês Ano
Janeiro 0,54

0,54

Fevereiro 1,01

1,56

Março 1,62

3,20

Abril 1,06

4,29

Maio 0,47

4,78

Junho 0,67

5,49

Julho -0,68

4,77

Agosto -0,36

4,39

Setembro -0,29

4,09

Outubro 0,59

4,70

Novembro 0,41

5,13

Dezembro 0,62

5,79

IPCA em dezembro

O IPCA de dezembro teve alta de 0,62%, um aumento de 0,21 ponto percentual em relação a novembro, quando o índice foi de 0,41%.

Todos os grupos de produtos e serviços pesquisados, incluindo alimentação e bebidas, habitação, vestuário, transportes, saúde e cuidados pessoais, tiveram alta no último mês de 2022.

A maior variação foi na área de Saúde e cuidados pessoais, que em dezembro foi de 1,60%. Em novembro o aumento foi de apenas 0,02. De acordo com o IBGE, a alta está relacionada ao aumento nos preços dos itens de higiene pessoal (3,65%), em particular os perfumes (9,02%).

Para o cálculo do índice de dezembro, foram comparados os preços coletados entre 30 de novembro e 27 de dezembro de 2022 com os preços vigentes de 28 de outubro a 29 de novembro de 2022.

Alimentação fora do lar

No mês passado, a inflação da alimentação fora do lar ficou em 0,52%, fazendo com que, no acumulado do ano, o índice do setor alcançasse 7,47%. De acordo com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), os dados mostram "que os bares e restaurantes continuam segurando os repasses dos principais insumos para os cardápios".

De acordo com o presidente-executivo da entidade, Paulo Solmucci, apesar de ter havido o retorno do movimento dos bares e restaurantes, o setor permanece "represando parte dos aumentos dos insumos". "Esse é um movimento histórico, se você pegar um espaço mais amplo, como os últimos dez anos. Parte é explicada pelo ganho de produtividade no setor, movimento acelerado pela pandemia, mas outra parte se deu pela falta de condições de aumentar o cardápio num ano de retomada. O fato é que, em termos relativos, diminui a distância entre o custo de se comer em casa do custo de se comer em bares e restaurantes", complementou.

**Reportagem atualizada às 15h20 de 11/01/2023

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
inflação
alimentos
preços
delivery
comida em casa
ipca
índice
saúde
cuidados
pessoais
ibge
acumulado
aumento

Últimas notícias

Após críticas, Mauro Vieira defende nota do Itamaraty sobre ataques do Irã contra Israel

Após críticas, Mauro Vieira defende nota do Itamaraty sobre ataques do Irã contra Israel

Ministro das Relações Exteriores afirmou que comunicado foi escrito em momento em que informações sobre o conflito não estavam claras
Ministro das Comunicações debate "TV do futuro" em evento nos EUA

Ministro das Comunicações debate "TV do futuro" em evento nos EUA

Juscelino Filho está no NAB Show, em Las Vegas, acompanhado de Carlos Baigorri, presidente da Anatel
Autora atacada por pitbulls escreve poesia pela primeira vez após acidente

Autora atacada por pitbulls escreve poesia pela primeira vez após acidente

A autora, reconhecida na literatura infantil brasileira, foi atacada por três cães da raça pitbull no dia 5 de abril
Do protagonismo na Lava-Jato à suspensão pelo CNJ: quem é Gabriela Hardt?

Do protagonismo na Lava-Jato à suspensão pelo CNJ: quem é Gabriela Hardt?

Juíza foi substituta de Sergio Moro na 13ª Vara Federal, em Curitiba, durante o auge da operação
Chuva forte pode atingir 161 cidades de Minas Gerais

Chuva forte pode atingir 161 cidades de Minas Gerais

Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta para risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos
Teto de supermercado desaba e deixa feridos em Diadema

Teto de supermercado desaba e deixa feridos em Diadema

Duas pessoas ficaram gravemente feridas e foram socorridas ao Hospital Municipal da cidade; outras nove tiveram ferimentos leves
Tutor de pitbull morre após ser atacado pelo próprio cachorro

Tutor de pitbull morre após ser atacado pelo próprio cachorro

Vítima sofria ataque de epilepsia enquanto foi mordida pelo animal
Governo propõe aumento de R$ 90 no salário mínimo e déficit zero em 2025

Governo propõe aumento de R$ 90 no salário mínimo e déficit zero em 2025

Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2025 foi apresentado nesta segunda-feira (15)
Adolescente de 17 anos é estuprada pelo cunhado no interior de SP

Adolescente de 17 anos é estuprada pelo cunhado no interior de SP

Vítima estava na casa da irmã e cuidava dos sobrinho quando sofreu a violência, neste final de semana
Poder Expresso: Irã ataca Israel, conflito pode ter reflexos econômicos no Brasil

Poder Expresso: Irã ataca Israel, conflito pode ter reflexos econômicos no Brasil

A edição desta segunda-feira (15) analisa como a escalada do confronto no Oriente Médio pode atingir brasileiros
Publicidade
Publicidade