Publicidade

Primeiro ano da pandemia fechou 106 mil empresas no comércio, diz IBGE

Em 2020 o setor perdeu 404 mil postos de trabalho se comparado ao ano anterior

Primeiro ano da pandemia fechou 106 mil empresas no comércio, diz IBGE
pesquisa comércio
Publicidade

O universo das empresas comerciais no Brasil acumulou, em 2020, R$ 4,3 trilhões de receita operacional líquida e gerou R$ 732,5 bilhões de valor adicionado bruto. A cifra é resultado da ação de 1,5 milhão de unidades comerciais em todo o país, que representam 1,3 milhão de empresas atuantes no setor. Estes dados fazem parte da Pesquisa Anual do Comércio 2020 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados foram coletados em 2021 e divulgados agora, em 2022. 

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Comparativo a 2019

Em relação ao ano de 2019, o comércio nacional perdeu 106,6 mil empresas durante 2020, que se caracteriza por ter sido o ano em que a pandemia de Covid-19 teve início.  

Geração de receita operacional líquida

A maior parcela da receita operacional líquida foi gerada no comércio por atacado (47,4%); seguido do comércio varejista (43,9%); e do comércio de veículos, peças e motocicletas (8,7%).

Pessoal empregado e salários

As empresas do setor ocuparam um total de 9.788.081 pessoas em 2020. É um aumento de 195,5 mil pessoas empregadas no setor no período de 10 anos (base de comparação adotada na metodologia do (IBGE). A maioria dos trabalhadores vem do comércio varejista (73,7%), seguidos do comércio por atacado (17,8%) e do comércio de veículos, peças e motocicletas (8,5%). Na relação ano a ano, o comércio em 2020 - primeiro ano da pandemia de Covid-19 - apresentou perda de 404,1 mil pessoas ocupadas. O varejo liderou essas perdas, como menos 365,4 vagas (90,4%).

Das nove atividades que compreendem o segmento de comércio varejista, apenas o de hipermercados e supermercados (1,8 mil pessoas) e o de comércio varejista de produtos farmacêuticos, perfumaria, cosméticos e artigos médicos, ópticos e ortopédicos (318 pessoas) apresentaram incremento, ainda que discreto, no volume de mão-de-obra. O setor ocupou um total de 9,8 milhões de pessoas, que receberam R$ 241,6 bilhões em salários, retiradas e outras remunerações.

Comparando-se os resultados de dois anos atrás com os de 2011, a média de pessoas ocupadas subiu para sete, na fatia de comércio de veículos automotores. Eram seis em 2011. O salário médio mensal no mesmo grupo, no entanto, baixou para dois s.m. Em 2011 eram 2,4 s.m. O comércio por atacado viu a média de ocupados baixar para oito pessoas, contra nove de 2011. E o salário médio também se reduziu de 3,0 s.m. para 2,7s.m. No varejo, mais gente contratada há dois anos: 7 em média, contra 5 de 2011. O salário médio ficou igual: 1,6 s.m em 2020. Mesmo indicador de 2011. 

Regionalmente

Em relação à participação regional, entre 2011 e 2020, o Sudeste perdeu participação como gerador de receita bruta. De 52,9% cedeu para 49,4%. Em contrapartida o centro-oeste cresceu, de 9,2% para 11,0%. E os estados do sul do país também saltaram, no caso, de 19,4% para 20,9%. 

Caiu na rede

Segundo o IBGE, em 2020 havia mais do que o dobro de empresas vendendo pela internet, em relação a 2011: 56.788 há dois anos, contra 23.181 de 2011. Televendas também cresceu de 11.686 unidades para 27.205.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
economia
comércio
pesquisa
ibge
guto abranches

Últimas notícias

Boi fica preso em telhado após pular cerca de pasto em Santa Catarina

Boi fica preso em telhado após pular cerca de pasto em Santa Catarina

Animal ficou suspenso em cima de uma garagem e precisou ser resgatado; queda aconteceu porque local ficava abaixo do pasto
Prazo para aprovar regulamentação da reforma tributária na Câmara é "totalmente factível", diz Haddad

Prazo para aprovar regulamentação da reforma tributária na Câmara é "totalmente factível", diz Haddad

Ministro da Fazenda confirmou que segundo projeto de regulamentação da reforma chegará à Casa Legislativa na próxima semana
Lula sanciona incentivo de R$ 15 bilhões ao setor de eventos até 2026

Lula sanciona incentivo de R$ 15 bilhões ao setor de eventos até 2026

Apesar da prorrogação, nova lei limita benefícios do Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse)
Vídeo flagra acidente que matou bebê de 9 meses e feriu família no Paraná

Vídeo flagra acidente que matou bebê de 9 meses e feriu família no Paraná

No veículo estavam um casal e três filhos; motorista foi socorrido em estado gravíssimo
Moro chama de "boatos exagerados" possibilidade de cassação e elogia Judiciário

Moro chama de "boatos exagerados" possibilidade de cassação e elogia Judiciário

Para ex-juiz da Lava Jato, decisão unânime do TSE foi "técnica e independente"; senador pediu fim do que chamou de "espírito de revanchismo"
Homem é preso após filmar partes íntimas de jogadoras de vôlei

Homem é preso após filmar partes íntimas de jogadoras de vôlei

Crime foi registrado durante a Liga das Nações, no Rio de Janeiro, no estádio Maracanãzinho
Mercedes de dentista é um dos carros envolvidos em suposto racha que causou acidente em SP

Mercedes de dentista é um dos carros envolvidos em suposto racha que causou acidente em SP

Outro veículo bateu em moto e deixou motorista e passageira que estava na garupa internados na UTI; ela teve a perna amputada
Quaest: avaliação negativa de Lula entre deputados sobe 9 pontos e vai a 42%

Quaest: avaliação negativa de Lula entre deputados sobe 9 pontos e vai a 42%

Levantamento ouviu 183 parlamentares, cerca de 35,6% da Câmara; margem de erro é de 4,8 pontos percentuais
Pivotando: Conheça a trajetória de Marcelo Cherto, o pioneiro das franquias no Brasil

Pivotando: Conheça a trajetória de Marcelo Cherto, o pioneiro das franquias no Brasil

O fundador e presidente do Grupo Cherto conversou com João Kepler no 39º episódio do videocast do SBT News; assista!
Rio Grande do Sul está em alerta de perigo para tempestades; estado tem 161 mortes pelas chuvas

Rio Grande do Sul está em alerta de perigo para tempestades; estado tem 161 mortes pelas chuvas

Estão previstas chuvas de até 100 milímetros por dia e ventos intensos, que podem chegar a 100 km por hora
Publicidade
Publicidade