Publicidade

Às vésperas de início, CPMI do 8/01 tem 514 requerimentos

Pedidos para ouvir Bolsonaro, Torres, Flávio Dino e G.Dias expõem disputa

Às vésperas de início, CPMI do 8/01 tem 514 requerimentos
CPMI do 8 de janeiro
Publicidade

Com 514 requerimentos apresentados até o início desta 4ª feira (31.mai), a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Atos Golpistas do 8 de janeiro se prepara para a primeira reunião de trabalhos efetivos do grupo.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

São convocações de autoridades para depor, de policiais, agentes e dos acusados pelos crimes, pedidos de quebras de sigilo, transferências de dados de procedimentos e documentos em poder da Justiça, da Polícia Federal, entre outros.

A senadora Eliziane Gama (PSD-MA), relatora da CPMI, deve fechar nesta 4ª feira um levantamento dos requerimentos apresentados e costurar uma proposta de pessoas prioritárias a serem ouvidas pela comissão.

A CPMI aberta para a investigar as invasões e depredações do 8/01, nos prédios sedes dos Três Poderes, em Brasília, tem sua primeira reunião efetiva de trabalhos marcada para esta 5ª feira (1.jun).

A definição das convocações e dos pedidos de quebras de sigilo, como o que pede acessos aos dados do telefone celular do ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, deve ser tomada pela disputa entre os membros da situação e da oposição ao governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

A relatora da CPMI pretende apresentar uma proposta de plano de trabalho para ser discutida pelo colegiado na quinta-feira, dia 1º de junho.

Requerimentos

Os integrantes da comissão já apresentaram 514 requerimentos até a 0h desta 4ª feira. Novos requerimentos devem ser protocolados durante o dia, antes da reunião oficial de amanhã, marcada para as 9h.

São pedidos de depoimento do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), do tenente-coronel Mauro Cid - ex-braço direito de Bolsonaro, preso desde o dia 3 de maio -, do atual ministro da Justiça, Flávio Dino, do ex-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do governo Lula general Gonçalves Dias, do diretor-geral da Polícia Federal, Andrei Rodrigues Passos, e do diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), Luiz Fernando Corrêa.

Os primeiros requerimentos apresentados foram 26 pedidos do senador Izalci Lucas (PSDB-DF). Entre outros, eles pedem as convocações do ex-ministro de Justiça do governo Bolsonaro e ex-secretário de Segurança do DF, Anderson Torres, do ex-ministro-chefe do GSI no governo Bolsonaro, general Augusto Heleno, e do general Júlio César Arruda, ex-comandante do Exército, e dos ex-comandantes da Polícia Militar do DF.

Na lista ainda estão pedidos para ouvir os presos e acusados pelas invasões do dia 8 de janeiro, dados sobre as empresas multados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por supostamente financiarem os atos golpistas, empresas de redes sociais, bem como dados da PF e do STF sobre as investigações sobre os crimes, e pedidos de quebras de sigilos, telefônicos e bancários, entre outros.

Leia também:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
congresso
comissão parlamentar mista de inquérito
cpmi
cpmi do 8/01
atos golpistas
8 de janeiro
invasão em brasília
senadora eliziane gama
relatora da cpmi
ministro da justiça
flávio dino
jair bolsonaro
general gonçalves dias

Últimas notícias

Morre Anouk Aimée, atriz dos filmes "A Doce Vida" e "Oito e Meio", aos 92 anos

Morre Anouk Aimée, atriz dos filmes "A Doce Vida" e "Oito e Meio", aos 92 anos

Ícone do cinema francês atuou em clássicos de grandes diretores, como Fellini, Demy e Altman
Meninas até 14 anos são maiores vítimas de violência sexual, revela Atlas da Violência

Meninas até 14 anos são maiores vítimas de violência sexual, revela Atlas da Violência

Agressão sexual representa quase 1/3 dos casos de violência contra bebês e crianças de até 9 anos e quase metade na faixa etária de 10 a 14 anos
Brasil registrou, em média, seis crianças desaparecidas por dia em 2022, diz Ministério da Justiça

Brasil registrou, em média, seis crianças desaparecidas por dia em 2022, diz Ministério da Justiça

Relatório tem objetivo de "compreender a fundo os padrões, causas e áreas de maior incidência dos desaparecimentos"
Galeria de fotos de ex-presidentes deve ser reinaugurada em breve no Palácio do Planalto

Galeria de fotos de ex-presidentes deve ser reinaugurada em breve no Palácio do Planalto

O espaço foi destruído em 8 de janeiro de 2023, quando golpistas invadiram sedes dos Três Poderes, em Brasília
Marido é sequestrado um dia depois do casamento

Marido é sequestrado um dia depois do casamento

Padrinho e testemunha do casamento também foram raptados; crime foi cometido enquanto mulher entregava buquê para pintura
Implosão do submersível Titan completa 1 ano: relembre a tragédia

Implosão do submersível Titan completa 1 ano: relembre a tragédia

Cinco pessoas morreram no acidente; investigações sobre a expedição continuam nos Estados Unidos
Justin Timberlake é preso em Nova York

Justin Timberlake é preso em Nova York

Cantor foi detido por estar dirigindo embriagado e está sob custódia da polícia local
Brasil registrou 127 homicídios por dia em 2022, diz Atlas da Violência

Brasil registrou 127 homicídios por dia em 2022, diz Atlas da Violência

Estudo também destaca mais de cinco mil mortes classificadas como "ocultas", quando a causa não foi esclarecida
Comerciante é vítima de fake news após assalto em joalheria

Comerciante é vítima de fake news após assalto em joalheria

Homem teve fotos e vídeos divulgados nas redes sociais como se fosse assaltante
Lula critica "taxa das blusinhas", mas sinaliza que não deve vetar medida: "Assumi compromisso"

Lula critica "taxa das blusinhas", mas sinaliza que não deve vetar medida: "Assumi compromisso"

Presidente admitiu acordo para cobrar 20% de PIS/Cofins em projeto do Mover; petista também falou sobre derrota no PL das "saidinhas"
Publicidade
Publicidade