Publicidade

Projeto visa aumentar turismo de negócios em São Paulo

Secretário Roberto de Lucena concedeu entrevista exclusiva ao SBT; setor deve representar 10% do PIB do estado

Projeto visa aumentar turismo de negócios em São Paulo
Secretário de Turismo e Viagens do estado de São Paulo, Roberto de Lucena
Publicidade

O secretário de Turismo e Viagens do estado de São Paulo, Roberto de Lucena, esteve no SBT e concedeu uma entrevista exclusiva ao repórter Luciano Teixeira.

Um dos assuntos abordados pelo secretário foi um projeto de revitalização para atrair mais visitantes e turistas na área de negócios na capital paulista.

A previsão é de que o setor represente quase 10% do PIB do estado nos próximos anos. Também haverá investimento em projetos rurais e novas rotas de conectividade aérea, principalmente no interior.

"Em relação ao turismo de negócios, não apenas São Paulo capital, mas você tem, em todo o estado de São Paulo, eixos que vão se desenvolvendo, que vão se organizando como a Baixada Santista, a região metropolitana de Campinas, a região de Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, São José dos Campos. Então hoje, além da capital de São Paulo, nós temos o estado de São Paulo reconhecido como este ambiente para o turismo de negócios", afirmou o secretário.

Veja mais trechos da entrevista abaixo:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

São Paulo
Turismo

Últimas notícias

Comissão da Câmara aprova inclusão de imunoterapia para tratamento de câncer

Comissão da Câmara aprova inclusão de imunoterapia para tratamento de câncer

Segundo a proposta, caberá ao governo regular a inclusão da técnica no SUS
Manifestantes invadem parlamento e ateiam fogo em prédios durante protesto no Quênia

Manifestantes invadem parlamento e ateiam fogo em prédios durante protesto no Quênia

Ao menos cinco pessoas morreram e dezenas ficaram feridas
Militar da reserva é o principal suspeito pelo desaparecimento de menino de 5 anos na Argentina

Militar da reserva é o principal suspeito pelo desaparecimento de menino de 5 anos na Argentina

Seis pessoas já foram presas pelo sumiço de Loan Peña, que pode ter sido vítima do tráfico de pessoas
Pantanal: 90% dos incêndios florestais são causados por ação humana

Pantanal: 90% dos incêndios florestais são causados por ação humana

Secretário de Meio Ambiente do MS diz que maioria dos focos surgem em propriedades privadas e que trabalha para identificar responsáveis
Poder Expresso: entenda o julgamento no STF que descriminalizou o porte de maconha para uso pessoal

Poder Expresso: entenda o julgamento no STF que descriminalizou o porte de maconha para uso pessoal

A Corte deve definir também a quantidade máxima para diferenciar o usuário do traficante de maconha, o Poder Expresso analisa a sessão
Homem é preso por atirar cinco vezes contra casal no trânsito em São Paulo

Homem é preso por atirar cinco vezes contra casal no trânsito em São Paulo

Ricardo Barroso Lilá Filho, que dirigia um Mercedes, foi detido nesta quinta-feira (25) após cometer agressão em 13 de junho
Ex-diretora é suspeita de desviar mais de 20 aparelhos de ar-condicionado de escola estadual no RJ

Ex-diretora é suspeita de desviar mais de 20 aparelhos de ar-condicionado de escola estadual no RJ

Mulher é alvo de operação realizada pelo MP nesta terça (25); crime aconteceu entre dezembro de 2022 e setembro de 2023
Conselho Federal de Medicina pede que Anvisa reveja proibição do uso de fenol para médicos

Conselho Federal de Medicina pede que Anvisa reveja proibição do uso de fenol para médicos

Agência Nacional de Vigilância Sanitária decidiu pela proibição da venda e uso da substância em procedimentos estéticos e de saúde
União e governo do RS firmam acordo no STF para aliviar prejuízos relacionados a dívidas do estado

União e governo do RS firmam acordo no STF para aliviar prejuízos relacionados a dívidas do estado

Compromisso foi estabelecido em audiência de conciliação no gabinete de Luiz Fux, relator do caso na Corte
STF decide descriminalizar porte de maconha para consumo próprio

STF decide descriminalizar porte de maconha para consumo próprio

Placar ficou em 7 a 4. Ministros ainda decidirão qual a quantidade máxima para não se caracterizar tráfico
Publicidade
Publicidade