Publicidade

Homem é preso por crimes relacionados ao abuso sexual infantil na zona oeste do Rio

Ação faz parte da Operação Share realizada pelo Polícia Federal

Homem é preso por crimes relacionados ao abuso sexual infantil na zona oeste do Rio
Publicidade

A Polícia Federal prendeu, na manhã de terça-feira (16), um homem pelo crime de armazenamento e compartilhamento de arquivos contendo cenas de abuso sexual infantil.

+ Polícia investiga suspeita de ameaça de bomba no Aeroporto Internacional de Brasília

O criminoso foi detido no momento em que deixava o seu posto de serviço, em um Centro de Eventos de um shopping da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro.

+ Cantora sertaneja morre em grave acidente de trânsito no interior de SP

A ação faz parte da Operação Share, de combate a crimes relacionados ao abuso sexual infantil, que aconteceu no último dia 27 de março.

Na época, policiais federais cumpriram dois mandados de busca e apreensão, nos bairros de Madureira e Campo Grande. Durante as diligências, no endereço de Campo Grande, foi possível localizar o computador pessoal do investigado, preso nesta terça-feira, de onde os policiais federais conseguiram extrair as provas que embasaram o pedido de prisão preventiva.

O homem já tinha sido condenado pelo crime de armazenamento de mídias contendo abuso sexual infantil em outubro de 2018. Ele chegou a iniciar o cumprimento da pena em detenção, mas foi solto menos de um ano depois, em setembro de 2019.

Os atos de adquirir, possuir ou armazenar fotografias, vídeos ou qualquer tipo de registro de abuso sexual infantil são punidos com pena de reclusão de um a quatro anos, além de multa. Já a publicação, a divulgação e o compartilhamento dessas imagens, com pena de reclusão de três a seis anos, além de multa.

O preso será encaminhado ao sistema prisional do estado, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Polícia Federal
Rio de Janeiro

Últimas notícias

Apagão cibernético afeta companhias aéreas, bancos e emissoras ao redor do mundo

Apagão cibernético afeta companhias aéreas, bancos e emissoras ao redor do mundo

Falha vem sendo relatada sobretudo por usuários da Microsoft
CNC: intenção de consumo reduz, mas satisfação com renda é a maior desde 2015

CNC: intenção de consumo reduz, mas satisfação com renda é a maior desde 2015

Crédito ainda seletivo deixa famílias de baixa renda com pouca perspectiva de compras
Parlamento israelense vota contra criação de Estado palestino

Parlamento israelense vota contra criação de Estado palestino

Partidos alegaram que ação representaria um perigo existencial para o país, provocando conflito
MEC libera consulta às bolsas ofertadas pelo Prouni; veja como acessar

MEC libera consulta às bolsas ofertadas pelo Prouni; veja como acessar

Programa ofertará mais de 243 mil vagas em universidade privadas do país; inscrições começam em 23 de julho
SBT News na TV: terremoto de 7,3 graus atinge Chile e é sentido por brasileiros

SBT News na TV: terremoto de 7,3 graus atinge Chile e é sentido por brasileiros

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta sexta-feira (19); assista!
Trump promete "maior operação de deportação da história dos EUA" se eleito

Trump promete "maior operação de deportação da história dos EUA" se eleito

Declaração foi feita durante discurso na Convenção Nacional do Partido Republicano
Caixa libera parcela do Bolsa Família para beneficiários com NIS final 2

Caixa libera parcela do Bolsa Família para beneficiários com NIS final 2

Recurso pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente
Mega-Sena acumula e chega a R$ 53 milhões; veja os números sorteados

Mega-Sena acumula e chega a R$ 53 milhões; veja os números sorteados

Quina teve 201 apostas ganhadoras, que vão receber mais de R$ 14 mil cada
Dia Nacional do Futebol: entenda a origem da data comemorativa de 19 de julho

Dia Nacional do Futebol: entenda a origem da data comemorativa de 19 de julho

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) oficializou o Dia Nacional do Futebol em 1976
No 1º discurso após o atentado, Trump adota discurso moderado e pede que "discórdia" e "divisão" sejam curadas

No 1º discurso após o atentado, Trump adota discurso moderado e pede que "discórdia" e "divisão" sejam curadas

Ex-presidente também destacou que poderia ter morrido e relembrou detalhes do atentado
Publicidade
Publicidade