Publicidade

DF libera licença menstrual de até três dias para funcionárias públicas

Lei aprovada pela Câmara Legislativa autoriza o afastamento em casos de sintomas graves

DF libera licença menstrual de até três dias para funcionárias públicas
Reprodução/CLDF
Publicidade

Funcionárias públicas do Distrito Federal poderão tirar licença menstrual por até três dias em caso de sintomas graves. A nova lei foi aprovada por deputados da Câmara Legislativa, e passou a valer nesta quarta-feira (6).

+ Imposto de Renda 2024: todo cidadão terá acesso a formulário pré-preenchido no dia 15 de março

De acordo com a medida, mulheres que comprovarem os sintomas ligados ao fluxo menstrual terão o direito à licença. O afastamento poderá ocorrer a cada mês, acompanhando o ciclo da funcionária.

"Por até três dias consecutivos, a cada mês, em caso de sintomas graves associados ao fluxo menstrual, após homologação pela medicina ocupacional ou do trabalho", diz o trecho que foi acrescido à lei. A mudança foi publicada no Diário Oficial do DF.

A proposta já havia sido aprovada pela Câmara Legislativa no ano passado, mas foi vetada pelo governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB). A decisão do governador também foi revogada, e o texto foi promulgado pelos próprios deputados.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Política

Últimas notícias

Paul McCartney anuncia dois shows no Brasil; saiba onde e quando comprar

Paul McCartney anuncia dois shows no Brasil; saiba onde e quando comprar

Essa será a 37º apresentação do cantor no país; A última foi em dezembro do ano passado
Ministério da Pesca abre inscrição para concurso com salário inicial de R$ 6 mil

Ministério da Pesca abre inscrição para concurso com salário inicial de R$ 6 mil

Saiba detalhes e prazos para concorrer a uma das 264 vagas temporárias de nível superior em postos de serviço em Brasília e nos 26 estados
Servidores do Ibama iniciam greve nesta segunda-feira

Servidores do Ibama iniciam greve nesta segunda-feira

Até o dia 1º de julho, servidores de 18 estados vão iniciar paralisação por aumento salarial e reestruturação de carreira
Câmara deve aprovar regulamentação da reforma tributária antes do recesso parlamentar

Câmara deve aprovar regulamentação da reforma tributária antes do recesso parlamentar

Previsão é que os grupos de trabalho sobre os projetos enviados pelo governo federal apresentem seus relatórios na próxima semana
Famílias do Rio Grande do Sul podem se inscrever no Auxílio Reconstrução até terça

Famílias do Rio Grande do Sul podem se inscrever no Auxílio Reconstrução até terça

Benefício é de R$ 5,1 mil e cadastro das famílias deve ser feito pelas prefeituras
2,6 bilhões de pessoas não estão conectadas à internet, diz ONU

2,6 bilhões de pessoas não estão conectadas à internet, diz ONU

Estudo da UIT aponta que uso da inteligência artificial pode reduzir a exclusão digital no planeta
Incêndios no Pantanal: Mato Grosso do Sul decreta situação de emergência

Incêndios no Pantanal: Mato Grosso do Sul decreta situação de emergência

Uma das medidas é dar permissão ao Corpo de Bombeiros para adentrar casas e prestar socorro às vítimas. Decreto vale por 180 dias
'Bactéria comedora de carne': mulher é infectada após cortar tornozelo no jardim

'Bactéria comedora de carne': mulher é infectada após cortar tornozelo no jardim

Britânica Louise Fawcett passou por 6 cirurgias após ser diagnosticada com fasciíte necrosante
Prefeitura do Rio de Janeiro desapropria terreno do Gasômetro para construir estádio do Flamengo

Prefeitura do Rio de Janeiro desapropria terreno do Gasômetro para construir estádio do Flamengo

Imóvel está localizado na zona portuária da cidade; decreto foi publicado nesta segunda (24)
AliExpress e Magalu fecham acordo inédito e venderão produtos em ambos marketplaces; entenda

AliExpress e Magalu fecham acordo inédito e venderão produtos em ambos marketplaces; entenda

Mudança foi anunciada por meio de comunicado ao mercado; ações da varejista da família Trajano disparam
Publicidade
Publicidade