Publicidade

Centro de SP: região do Mercado Municipal fica sem energia elétrica

Procon multou Enel em mais de R$ 13 milhões por falhas no fornecimento de eletricidade; empresa alega que cabos foram roubados na região

Centro de SP: região do Mercado Municipal fica sem energia elétrica
Publicidade

Um dia após o Procon multar a Enel pelas falhas de abastecimento de energia elétrica em São Paulo, a região do Mercado Municipal, no centro da capital, amanheceu nesta sexta-feira (5) sem luz. A interrupção teve início na quinta (4), às 16h.

Dezenas de comerciantes foram afetados pela interrupção. O “Mercadão” só não teve os serviços paralisados porque usa um gerador para fornecer energia.

Do lado de fora, em outros estabelecimentos, lojistas estavam de braços cruzados e portas fechadas. Com mais de 12 horas sem luz, a Enel chegou a afirmar que a energia retornaria por volta das 19h. A situação seguiu a mesma até a manhã seguinte.

“Tá difícil, [lanchonete] fechada desde ontem. É a segunda vez [que acaba a luz]. As coisas já não estão muito boas e ainda a gente perde não só as mercadorias, mas os clientes também”, afirmou um comerciante, acrescentando que faltou luz na terça-feira (2).

Nas ruas, há um cavalete da Enel indicando obras e um grande cabo cortando a calçada. Alguns temem que a situação apresente algum risco de choque, sobretudo se chover. Outros reclamam que o atendimento telefônico é falho. Em nota, a Enel disse que equipes da companhia trabalham para sanar a ocorrência no trecho de rede entre as ruas Miguel Carlos e Cantareira. A empresa também havia dito que a previsão era que os reparos seriam concluídos no início da manhã de sexta-feira (05). Porém, em um novo comunicado, informou que um furto de cabos na rede subterrânea impossibilitou a realização de "manobras automáticas". E, agora, diz que trabalha para restabelecer o fornecimento no menor prazo possível.

Multa de R$ 13 milhões e rescisão de contrato

O Procon aplicou uma multa de quase R$ 13 milhões por conta das falhas no fornecimento de energia elétrica que chegou a afetar a Santa Casa de Misericórdia, também no centro da capital. A penalização também inclui falhas de cobranças indevidas e falta de respostas a notificações do órgão de defesa do consumidor.

Por conta da situação, a Prefeitura da capital paulista solicitou ao Tribunal de Contas da União e à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) a rescisão da concessão da Enel.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Brasil
Enel
energia
luz
São Paulo
Centro

Últimas notícias

Alckmin diz que reforma tributária estimula investimentos e exportação

Alckmin diz que reforma tributária estimula investimentos e exportação

Vice-presidente da República discursou na abertura do Fórum de Comércio e Inovação Coreia-ALC, no Rio de Janeiro
PF apreende R$ 15 mil em dinheiro falso e faz buscas contra suspeito de envolver menor de idade em esquema

PF apreende R$ 15 mil em dinheiro falso e faz buscas contra suspeito de envolver menor de idade em esquema

Mandado de busca e apreensão foi realizado em Cariacica, Espírito Santo, e faz parte da fase ostensiva da Operação Mico Leão
PF intima líder do MBL a depor em inquérito que apura suposta difamação contra Lula

PF intima líder do MBL a depor em inquérito que apura suposta difamação contra Lula

Renan Santos deve ser ouvido em setembro; movimento contesta acusações
Polícia pede prisão preventiva de suspeitos de matar motorista de aplicativo

Polícia pede prisão preventiva de suspeitos de matar motorista de aplicativo

Felipe Gambeta Malheiro e Gustavo Moreira Cardozo são acusados de provocar acidente que resultou na morte de Ednaldo de Souza Mendes, no dia 13 de julho
Brian Rodríguez: atacante uruguaio cobiçado pelo Corinthians é investigado por estupro

Brian Rodríguez: atacante uruguaio cobiçado pelo Corinthians é investigado por estupro

Caso teria ocorrido em maio, no México. Time paulista está disposto a pagar 5 milhões de euros por 50% dos direitos econômicos do atleta
25 de julho: entenda em 5 pontos a importância do Dia da Mulher Negra

25 de julho: entenda em 5 pontos a importância do Dia da Mulher Negra

No Brasil, mulheres pretas e pardas sofrem mais violência, são maioria dos desempregados e minoria entre políticos e juízes
Operação da Polícia Militar deixa três mortos no morro do Juramento (RJ)

Operação da Polícia Militar deixa três mortos no morro do Juramento (RJ)

Outros cinco suspeitos foram presos; foram apreendidos três fuzis, duas pistolas e drogas
Sequestro de bebê: médica pediu exoneração de universidade no começo do mês

Sequestro de bebê: médica pediu exoneração de universidade no começo do mês

Neurologista era professora efetiva da Universidade Estadual de Goiás desde 2019 e agora está presa
Governo bate recorde histórico de arrecadação em junho: R$ 208,8 bilhões

Governo bate recorde histórico de arrecadação em junho: R$ 208,8 bilhões

Valor representa um aumento real (acima da inflação) de 11,02% frente ao mesmo período de 2023; recorde do semestre também foi batido
Paraguaios trabalhavam sem receber salário em fábrica clandestina de cigarros no RJ

Paraguaios trabalhavam sem receber salário em fábrica clandestina de cigarros no RJ

Eles foram resgatados pela Polícia Militar; grupo teve os celulares retirados e foi levado vendado até o local
Publicidade
Publicidade