Publicidade

Cantor sertanejo desaparece após show no interior de SP

Ton Ferreira não foi mais visto depois de se apresentar em São José dos Campos; amigos relatam que músico toma remédios controlados

Cantor sertanejo desaparece após show no interior de SP
ton ferreira
Publicidade

O cantor sertanejo Ton Ferreira, conhecido na região do Vale do Paraíba e São José dos Campos (SP), está desaparecido desde o último sábado (06) após sair de um show.

+ Laudo do IML conclui que youtuber morreu por overdose de cocaína

+ SP: Sargento da PM que matou artista plástico em 2020 é expulso

O artista se apresentou no sábado, em São José dos Campos. O show terminou por volta das 3h30 do dia seguinte e Ton e o tecladista da banda foram a um bar. Depois, Ton deixou o músico e, segundo amigos, seguiu sozinho para Taubaté. Lá, encontraria um outro amigo.

Ainda de acordo com relatos, Ton chegou em Taubaté e ficou esperando o colega, que não chegou. Cerca de 40 minutos depois o sertanejo teria retornado a São José. Daí em diante não foi mais visto.

A polícia encontrou, na segunda-feira (08), o carro do cantor, em São José dos Campos. O veículo carregava equipamentos de som do sertanejo, avaliados em R$ 10 mil.

Segundo a mulher de Ton, em depoimento comunicando o desaparecimento, o cantor apresentava sinais de demência quando bebia. Amigos relataram que Ton passava por problemas familiares e tomava remédios controlados para tratar epilepsia. Ao misturar com álcool, passava mal.

Ton Ferreira tem 34 anos, quatro filhos e está na carreira musical há quase 20 anos. A polícia segue investigando o caso, que continua um mistério.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Brasil
Polícia
desaparecido
Desaparecimento
Sertanejo
Interior
São Paulo

Últimas notícias

Receita Federal cria ferramenta de proteção do CPF; saiba como usar

Receita Federal cria ferramenta de proteção do CPF; saiba como usar

Recurso impede que o CPF da pessoa seja incluído de forma indevida em quadro societário de empresas
Reoneração gradual da folha de pagamento pode ser votada na primeira semana de junho, diz Efraim

Reoneração gradual da folha de pagamento pode ser votada na primeira semana de junho, diz Efraim

Senador Jaques Wagner deve incluir acordo referente aos municípios no mesmo Projeto de Lei
Volta a chover forte no Rio Grande do Sul nesta quinta-feira

Volta a chover forte no Rio Grande do Sul nesta quinta-feira

Serra Gaúcha pode ter temperatura abaixo de zero durante o final de semana
Contra a desinformação, Threads ganha verificação de fatos

Contra a desinformação, Threads ganha verificação de fatos

Microblog da Meta tem parceria com mais de 100 agências de checagens de fatos no mundo
Mísseis russos matam 7 pessoas na segunda maior cidade da Ucrânia

Mísseis russos matam 7 pessoas na segunda maior cidade da Ucrânia

Estados Unidos devem anunciar cerca de R$ 1,42 bilhão em novas artilharias e munição para os ucranianos
Ministério Público se manifesta contra soltura de motorista de Porsche que matou um em acidente

Ministério Público se manifesta contra soltura de motorista de Porsche que matou um em acidente

Parecer foi protocolado um dia após a defesa do empresário pedir na Justiça pela revogação da prisão
Datena tem a última chance de ser protagonista no PSDB, diz Perillo

Datena tem a última chance de ser protagonista no PSDB, diz Perillo

Ao programa Perspectivas, presidente tucano reclamou do extremismo político no Brasil atualmente
Voluntários mostram itens "bizarros" e estragados que são doados para o RS

Voluntários mostram itens "bizarros" e estragados que são doados para o RS

Fantasia de presidiário, algema de pelúcia de sex shop e sapatos rasgados estão entre os itens; doações de roupa foram suspensas pelos Correios
Lula diz que deve vetar taxação de importados se projeto for aprovado no Congresso

Lula diz que deve vetar taxação de importados se projeto for aprovado no Congresso

Presidente diz que fim da isenção seria injusto com pessoas mais pobres e que "bugigangas" vendidas em sites asiáticos não competem com produtos nacionais
Novo Código Eleitoral será votado em 5 de junho na CCJ do Senado, diz Marcelo Castro

Novo Código Eleitoral será votado em 5 de junho na CCJ do Senado, diz Marcelo Castro

Projeto de Lei Complementar prevê quarentena de quatro anos para juízes, promotores, policiais e militares que quiserem concorrer em eleições
Publicidade
Publicidade