Publicidade

Laudo aponta que bala que matou PM da Rota não saiu de arma apreendida pela polícia

Segundo o documento, a perícia da pistola 9 mm encontrada quatro dias após o crime, verificou a "discordâncias entre os projéteis (testemunha e incriminados)"

Laudo aponta que bala que matou PM da Rota não saiu de arma apreendida pela polícia
Soldado morto durante patrulhamento em comunidade no Guarujá, litoral de São Paulo
Publicidade

A bala que matou o soldado Patrick Bastos Reis, da equipe Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota) em Guarujá, no litoral de São Paulo, não saiu da arma apreendida pela polícia, segundo o laudo da perícia de confronto balístico do qual o SBT News teve acesso nesta 5ª feira (19.out).

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

O armamento foi encontrado em um beco, no dia 31 de julho, quatro dias após o crime, e foi atribuído a Erickson David da Silva, o Deivinho, que havia se entregado à polícia no dia anterior e está preso desde então. Além dele, foram presos Kauan da Silva, de 19 anos, irmão de Deivinho e outro homem. Um quarto suspeito de participar do assassinato do policial da Rota foi morto em um confronto com a PM.

De acordo com a perícia, a pistola semiautomática calibre 9 milímetros passou por testes no qual verificou-se a "discordâncias entre os projéteis (testemunha e incriminados), nos elementos de ordem genérica (profundidade, largura e distância entre impressões de raias) e, sobretudo, nos elementos de natureza específica (estriamentos finos), que como se sabe, são individualizadores em exames microcomparativos"

Em nota, a defesa de Erickson Silva e Kauan Silva afirmou que, "com base nas evidências técnicas apresentadas, ambos estão isentos de responsabilidade no âmbito das alegações que lhes foram imputadas" e que continuará trabalhando "para demonstrar a inocência de ambos". 

Relembre o caso

O soldado Patrick Bastos Reis, do 1º Batalhão de Polícia de Choque da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar), morreu após ser baleado no tórax, com um disparo de pistola 9 mm, quando realizava um patrulhamento com outros três policiais nas proximidades da comunidade Vila Zilda, no Guarujá, em 27 de julho. Patrick, que tinha 30 anos, estava na corporação há 5 anos. Ele deixou a esposa e um filho de dois anos.

Após a morte do soldado, a Secretaria de Segurança Pública iniciou a Operação Escudo, que teve um mês de duração, e registrou a morte de 22 pessoas, 634 presos e 900 kg de drogas apreendidos. A reação da PM gerou controvérsias, após moradores de comunidades do Guarujá denunciarem que policias teriam torturado e matado inocentes, em uma espécie de vingança. 

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
brasil
policia
laudo
bala
morte
rota
soldado
patrick bastos reis
operação escudo
noticias
pistola 9 mm

Últimas notícias

EXPLICA: O que você precisa saber sobre as eleições municipais de 2024 para não cair em desinformação

EXPLICA: O que você precisa saber sobre as eleições municipais de 2024 para não cair em desinformação

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Mais de 500 muçulmanos morrem por forte calor durante peregrinação na Arábia Saudita

Mais de 500 muçulmanos morrem por forte calor durante peregrinação na Arábia Saudita

Movimento anual reuniu 1,8 milhão de fiéis; termômetros marcaram 43ºC nesta quarta-feira (19)
Brasil Agora: Copom discute futuro da taxa Selic; presidente da Câmara cria comissão para debater PL do aborto

Brasil Agora: Copom discute futuro da taxa Selic; presidente da Câmara cria comissão para debater PL do aborto

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta quarta-feira (19)
Enem 2024: estudantes têm até hoje para pagar taxa de inscrição

Enem 2024: estudantes têm até hoje para pagar taxa de inscrição

Boleto estará disponível na Página do Participante; mais de 5 milhões de pessoas se cadastraram para realizar o exame este ano
+Milionária sorteia prêmio de R$ 226 milhões nesta quarta-feira (19)

+Milionária sorteia prêmio de R$ 226 milhões nesta quarta-feira (19)

Apostas podem ser feitas até as 19h em casas lotéricas ou pela internet
Justin Timberlake deixa prisão após audiência de custódia

Justin Timberlake deixa prisão após audiência de custódia

Cantor foi detido na noite de segunda-feira (17) por suspeita de embriaguez ao volante
Idosa sem folga há 20 anos é resgatada de trabalho análogo à escravidão

Idosa sem folga há 20 anos é resgatada de trabalho análogo à escravidão

Vítima trabalhava como cuidadora para uma família em Itapetininga (SP); Ministério do Trabalho irá propor acordo de verbas trabalhistas
Coreia do Norte promete "apoio total" à Rússia em guerra contra Ucrânia

Coreia do Norte promete "apoio total" à Rússia em guerra contra Ucrânia

Países pretendem assinar acordo para impulsionar a parceria e expandir a cooperação econômica e militar
SBT News na TV: Ex-assessor de Bolsonaro presta novo depoimento à PF sobre joias sauditas

SBT News na TV: Ex-assessor de Bolsonaro presta novo depoimento à PF sobre joias sauditas

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta quarta-feira (19); assista!
Moraes abre novo inquérito para investigar obstrução no caso Marielle

Moraes abre novo inquérito para investigar obstrução no caso Marielle

Decisão atende pedido da PGR e vai apurar ligação de irmãos Brazão e integrantes da Polícia Civil do RJ
Publicidade
Publicidade