Publicidade

PEC barra militares da ativa nas eleições, mas livra policiais

Texto foi costurado por ministros do governo Lula e deve ser apresentado por líder do governo no Senado

PEC barra militares da ativa nas eleições, mas livra policiais
integrantes das forças armadas
Publicidade

Os ministros da Defesa, José Múcio Monteiro, e das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, se reuniram, nesta 4ª feira (30.ago), com senadores para debater a proposta de emenda à Constituição (PEC) que pretende proibir que militares da ativa disputem cargos nas eleições. 

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

O texto discutido, ao qual o SBT News teve acesso, livra policiais militares. Além disso, a ideia inicialmente discutida de impossibilitar que militares da ativa assumam cargos de ministro foi abandonada. Militares da reserva poderão se candidatar. 

A PEC será apresentada pelo líder do governo no Senado, Jaques Wagner (PT-BA). Após o encontro com os ministros, Wagner explicou que o entendimento em relação aos policiais militares foi de que eles são subordinados aos governos estaduais, cabendo, assim, aos governadores definir regras. 

Em relação aos ministérios, a explicação foi de que para ocupar cargo no primeiro escalão é necessário um convite. 

O senador afirmou que o texto "preserva" as Forças Armadas. "Quando alguém faz candidatura, evidentemente que como candidato vai apresentar seus pontos de vista, vai se posicionar politicamente, vai falar bem ou mal disso ou daquilo, inclusive da organização das Forças dentro de um governo", afirmou o líder do governo.

Atualmente, o militar da ativa precisa apenas se licenciar para ser candidato nas eleições. Caso ele não seja eleito, volta para a ativa. Se eleito, assume o mandato. 

Para ser aprovada, a PEC precisa do apoio mínimo de três quintos dos parlamentares, em dois turnos de votação na Câmara e em mais dois turnos no Senado.
 

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portal news
portalnews
sbt news
sbtnews
pec militares
eleições
forças armadas
policiais
josé múcio
ministério da defesa
lula
senado
noticias
gabriella furquim

Últimas notícias

Galeria de fotos de ex-presidentes deve ser reinaugurada em breve no Palácio do Planalto

Galeria de fotos de ex-presidentes deve ser reinaugurada em breve no Palácio do Planalto

O espaço foi destruído em 8 de janeiro de 2023, quando golpistas invadiram sedes dos Três Poderes, em Brasília
Marido é sequestrado um dia depois do casamento

Marido é sequestrado um dia depois do casamento

Padrinho e testemunha do casamento também foram raptados; crime foi cometido enquanto mulher entregava buquê para pintura
Implosão do submersível Titan completa 1 ano: relembre a tragédia

Implosão do submersível Titan completa 1 ano: relembre a tragédia

Cinco pessoas morreram no acidente; investigações sobre a expedição continuam nos Estados Unidos
Justin Timberlake é preso em Nova York

Justin Timberlake é preso em Nova York

Cantor foi detido por estar dirigindo embriagado e está sob custódia da polícia local
Brasil registrou 127 homicídios por dia em 2022, diz Atlas da Violência

Brasil registrou 127 homicídios por dia em 2022, diz Atlas da Violência

Estudo também destaca mais de cinco mil mortes classificadas como "ocultas", quando a causa não foi esclarecida
Comerciante é vítima de fake news após assalto em joalheria

Comerciante é vítima de fake news após assalto em joalheria

Homem teve fotos e vídeos divulgados nas redes sociais como se fosse assaltante
Lula critica "taxa das blusinhas", mas sinaliza que não deve vetar medida: "Assumi compromisso"

Lula critica "taxa das blusinhas", mas sinaliza que não deve vetar medida: "Assumi compromisso"

Presidente admitiu acordo para cobrar 20% de PIS/Cofins em projeto do Mover; petista também falou sobre derrota no PL das "saidinhas"
Bill Gates aposta em startup para construir usina nuclear nos Estados Unidos

Bill Gates aposta em startup para construir usina nuclear nos Estados Unidos

Projeto visa construir unidade energética em uma antiga usina de carvão em Wyoming para atender a crescente demanda por eletricidade do país
Pauta de costumes "não tem nada a ver com realidade que estamos vivendo", comenta Lula sobre PL do aborto

Pauta de costumes "não tem nada a ver com realidade que estamos vivendo", comenta Lula sobre PL do aborto

Para presidente, debate é "cru" e assunto deveria ser razões que motivam necessidade do procedimento: "Estamos retrocedendo nesta pauta"
Lula diz que presidente do Banco Central tem lado político e trabalha para prejudicar o Brasil

Lula diz que presidente do Banco Central tem lado político e trabalha para prejudicar o Brasil

Presidente da República afirmou que Roberto Campos Neto pode se tornar um "novo Sergio Moro"
Publicidade
Publicidade