Publicidade

Segurança nas escolas: Dino anuncia medidas e ofensiva às plataformas

"Se redes não retirarem conteúdo considerado ilícito, poderão ser suspensas", diz o Ministro da Justiça

Segurança nas escolas: Dino anuncia medidas e ofensiva às plataformas
Flávio Dino
Publicidade

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino (PSB), anunciou nesta 4ª feira (12.abr) medidas para garantir a segurança nas escolas. Em entrevista coletiva em Brasília, o ministro falou em 'situação emergencial' e ressaltou que a liberdade de expressão não contempla propagação de discursos de ódio ou de apologia à violência.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Dino garantiu o empenho das forças de segurança e declarou que a pasta apura a responsabilidade das plataformas. O ministro da Justiça informou que, se redes não retirarem conteúdo considerado ilícitos do ar, poderão ser suspensas. O governo preparou uma portaria com ações voltadas para as escolas.

"Nós estamos vendo que há uma situação emergencial que tem gerado uma epidemia de ataques, ameaças de ataques, assim como também difusão e pânico no seio das famílias e das escolas, comunidades escolares. E quando você vive um desafio é claro que você deve agir proporcionalmente, foi nesse contexto que resolvemos editar uma portaria que traz medidas práticas, concretas, a fim de que haja uma regulação desse serviço prestado à sociedade, especificamente no que se refere à prevenção de violência contra escolas, afirmou Dino

Entre os pontos previstos pela portaria estão:

  • A instauração de um processo administrativo pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) para a apuração de responsabilidade de cada empresa, em face de eventual violação do dever de segurança e do dever de cuidado em relação aos perfis veiculadores de conteúdo danosos aos estudantes.
  • A requisição de relatórios das medidas que estão sendo adotadas pelas plataformas para atender as requisições das autoridades competentes e quais protocolos estão sendo adotados diante da "crise vivenciada em território nacional"
  • A determinação de que as plataformas informem ao ministério os riscos de acesso de crianças e adolescentes a conteúdo veiculadores de violência, os riscos de propagação e viralização desse conteúdo e quais sistemas de moderação estão sendo adotados, assim como quais são os termos de uso que estão sendo adotados para especificamente prevenir e reprimir a propagação de conteúdos violadores do dever de cuidado no que se refere à saúde e à segurança das crianças e dos adolescentes. 


Estamos também determinando que a Secretaria de Segurança Pública do Ministério da Justiça emita determinação a fim de que as plataformas sejam obrigadas a compartilhar com delegados de polícia os dados que permitam a identificação do usuário ou do terminal de conexão de internet imediatamente a fim de facilitar as investigações das autoridades policiais, continuou Dino

O ministro também informou que a portaria prevê  a obrigatoriedade das plataformas impedirem a criação de novos perfis a partir de endereços de protocolos de internet em que já foram detectados atividades ilegais, visando evitar um "retrabalho". A mesma Secretaria de Segurança Pública do Ministério da Justiça vai criar, em razão dessa portaria, um banco de dados relativos aos conteúdos ilegais atinentes à violência contra escolas para facilitar a identificação pelos serviços automatizados dessas plataformas, e com isso viabilizar a moderação automática, portanto, mais eficiente desses conteúdos. 

Vamos também notificá-los quando encontrarmos esses conteúdos para evitar a multiplicação de conteúdos similares, completou Dino. 

As plataformas sociais que não se adequarem aos pontos previstos pela portaria poderão sofrer sanções que vão desde multa até a suspensão das atividades.

"O que nós desejamos é a adequação desses serviços, mas o processo administrativo estará instaurado e, claro, se não houver o cumprimento, o atendimento, dessa normatividade editada sobre violência contra escolas, o processo administrativo irá adiante para que haja a aplicação dessas sanções que vão desde multa a, eventualmente, no limite, a suspensão das atividades.", alertou Dino

O ministro da Justiça e Segurança Pública terminou a coletiva de imprensa defendendo o direito à vida e paz das famílias

Uma criança vale mais do que todos os termos de uso de todas as plataformas. Eu quero como pai, eu quero como ministro da Justiça, dizer a todas as familias que nós estamos plenamente mobilizados 

+ Polícia apreende jovem de 14 anos que planejava ataque em escola do RS

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
flavio dino
dino
ministério da justiça
justiça
escolas
ataques
governo
violência

Últimas notícias

Matrículas em cursos de IA crescem mais de 1.000% no Brasil

Matrículas em cursos de IA crescem mais de 1.000% no Brasil

Segundo um relatório de uma empresa de educação online, o país é considerado o mais qualificado da América Latina e do Caribe
Carro perde o controle e bate de frente com caminhão em rodovia de SP

Carro perde o controle e bate de frente com caminhão em rodovia de SP

Três pessoas morreram e outras três ficaram feridas
Inscrições para concurso do Itamaraty começam hoje; salários são de R$ 21 mil

Inscrições para concurso do Itamaraty começam hoje; salários são de R$ 21 mil

São 50 vagas para a carreira de diplomata; interessados podem se inscrever até o dia 26 de julho
"Eu não deveria estar aqui, era para eu estar morto", diz Trump em primeira entrevista após ataque a tiros

"Eu não deveria estar aqui, era para eu estar morto", diz Trump em primeira entrevista após ataque a tiros

Ex-presidente ainda afirmou que médico que o atendeu falou em "milagre" por ele ter sobrevivido ao atentado
Serial killer é preso após polícia encontrar corpos em lixão no Quênia

Serial killer é preso após polícia encontrar corpos em lixão no Quênia

Jomaisi Khalisia, de 33 anos, confessou ter matado 42 mulheres desde 2022
Mulher é socorrida durante incêndio em pet shop de Osasco (SP)

Mulher é socorrida durante incêndio em pet shop de Osasco (SP)

Animais que estavam no local foram resgatados
Níveis globais de imunização infantil estagnaram em 2023, diz OMS

Níveis globais de imunização infantil estagnaram em 2023, diz OMS

Novos dados revelam que quase 3 em cada 4 crianças vivem em países onde a baixa cobertura vacinal impulsiona surtos de sarampo
Brasil Agora: FBI busca informações sobre a motivação do atentado contra Trump

Brasil Agora: FBI busca informações sobre a motivação do atentado contra Trump

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta segunda-feira (15)
Trump chega ao estado de Wisconsin para convenção republicana

Trump chega ao estado de Wisconsin para convenção republicana

Ex-presidente dos EUA será oficializado como candidato presidencial; evento ocorre dois dias após atentado
PIS/Pasep: novo lote do abono salarial é pago nesta segunda-feira (15)

PIS/Pasep: novo lote do abono salarial é pago nesta segunda-feira (15)

Mais de R$ 4,5 bilhões serão distribuídos para trabalhadores de iniciativa privada e servidores públicos este mês
Publicidade
Publicidade