Publicidade

Ministério da Justiça cria canal de denúncia para combater ataques em escolas

Plataforma criada com SaferNet, permite rapidez na identificação dos autores e prevenção contra ações

Ministério da Justiça cria canal de denúncia para combater ataques em escolas
Publicidade

O Ministério da Justiça e Segurança Pública anunciou nesta 6ª feira (7.abr) a criação de um canal exclusivo para recebimento de informações de casos suspeitos de ameaças e ataques contra escolas. A plataforma foi criada em parceria com a SaferNet Brasil, uma ONG que atua na prevenção e na educação digital. 

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

O formulário para recebimento das denúncias já está ativo no site do ministério, clique aqui para acessar. Todos os conteúdos enviados serão mantidos sob sigilo.

A plataforma permite que as denúncias sejam investigadas de forma mais rápida e eficiente. Os dados serão analisados pela equipe do Laboratório de Operações Cibernéticas (Ciberlab), da Diretoria de Operações Integradas e Inteligência (Diopi), que tem atuado fortemente no assessoramento de investigações sobre crimes virtuais no Brasil. O grupo agora conta com 50 policiais, que irão se dedicar nos próximos dias, exclusivamente e em regime de plantão 24 horas, ao monitoramento das ameaças contra escolas na internet.

A SaferNet Brasil atua na promoção dos direitos humanos na internet e, desde 2006, oferece uma plataforma online para denúncias de conteúdo ilegal ou prejudicial na rede. A criação do canal de denúncias é mais uma ação da Operação Escola Segura, uma mobilização do governo federal em parceria com os estados para realizar ações preventivas e repressivas contra ataques nas instituições de ensino em todo o país.

Inteligência

Com o recente caso do ataque na creche em Blumenau, Santa Catarina, na última 4ª feira (5.abr), que resultou na morte de quatro crianças e feriu ao menos mais quatro, o Laboratório de Operações Cibernéticas do Ministério da Justiça tem apoiado o Grupo de Trabalho Interministerial no levantamento de informações sobre possíveis ameaças às escolas por meio de monitoramento em redes sociais. Representantes da área estiveram na primeira reunião do Grupo de Trabalho realizada nesta 5ª feira (6.abr), no Ministério da Educação (MEC). 

Reunião com plataformas digitais 

Com foco em ações de segurança em escolas nesta 6ª (7.abr) o ministro Flávio Dino também anunciou uma reunião na próxima 2ª feira (10.abr) com as plataformas digitais (redes sociais e serviços de mensageria), na sede do ministério, com o objetivo de instituir um protocolo de ação em conjunto com órgãos do Sistema Único de Segurança Pública.

"Nós vamos conduzir reuniões para que as plataformas sejam chamadas a terem mais cuidado, chamado o dever de cuidar. Nós temos o debate no Congresso, nós acreditamos na responsabilidade ou na autorregulação. Assim como as plataformas atuam de modo eficiente em relação ao combate à pedofilia, por exemplo, é essencial que eles também monitorem a circulação desses outros conteúdos criminosos", disse o ministro Flávio Dino.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
operação escola segura
violência
violência escolas
ministério da justiça
são paulo
sp
blumenau

Últimas notícias

Autora atacada por pitbulls escreve poesia pela primeira vez após acidente

Autora atacada por pitbulls escreve poesia pela primeira vez após acidente

A autora, reconhecida na literatura infantil brasileira, foi atacada por três cães da raça pitbull no dia 5 de abril
Do protagonismo na Lava-Jato à suspensão pelo CNJ: quem é Gabriela Hardt?

Do protagonismo na Lava-Jato à suspensão pelo CNJ: quem é Gabriela Hardt?

Juíza foi substituta de Sergio Moro na 13ª Vara Federal, em Curitiba, durante o auge da operação
Chuva forte pode atingir 161 cidades de Minas Gerais

Chuva forte pode atingir 161 cidades de Minas Gerais

Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta para risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos
Teto de supermercado desaba e deixa feridos em Diadema

Teto de supermercado desaba e deixa feridos em Diadema

Duas pessoas ficaram gravemente feridas e foram socorridas ao Hospital Municipal da cidade; outras nove tiveram ferimentos leves
Tutor de pitbull morre após ser atacado pelo próprio cachorro

Tutor de pitbull morre após ser atacado pelo próprio cachorro

Vítima sofria ataque de epilepsia enquanto foi mordida pelo animal
Governo propõe aumento de R$ 90 no salário mínimo e déficit zero em 2025

Governo propõe aumento de R$ 90 no salário mínimo e déficit zero em 2025

Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2025 foi apresentado nesta segunda-feira (15)
Adolescente de 17 anos é estuprada pelo cunhado no interior de SP

Adolescente de 17 anos é estuprada pelo cunhado no interior de SP

Vítima estava na casa da irmã e cuidava dos sobrinho quando sofreu a violência, neste final de semana
Poder Expresso: Irã ataca Israel, conflito pode ter reflexos econômicos no Brasil

Poder Expresso: Irã ataca Israel, conflito pode ter reflexos econômicos no Brasil

A edição desta segunda-feira (15) analisa como a escalada do confronto no Oriente Médio pode atingir brasileiros
Por que existem gêmeos siameses? Entenda

Por que existem gêmeos siameses? Entenda

As causas dessa anomalia rara ainda não são bem explicadas pela ciência, mas a descoberta pode vir durante a gestação
Conflito entre Irã e Israel pode impactar preço do petróleo no Brasil

Conflito entre Irã e Israel pode impactar preço do petróleo no Brasil

Ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira afirmou que criou grupo de trabalho para acompanhar possível acirramento do conflito e suas consequências
Publicidade
Publicidade