Publicidade

Racismo na Alesp: deputada é impedida de assinar livro de presença

Na tribuna da Assembleia, Thainara Faria (PT) denunciou racismo de servidora da casa

Racismo na Alesp: deputada é impedida de assinar livro de presença
deputada dentro de seu gabinete
Publicidade

A deputada estadual Thainara Faria (PT-SP) foi vítima de racismo na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), nesta 6ª feira (31.mar), logo após a sessão solene de entrega da medalha Theodosina Ribeiro, evento criado para homenagear mulheres negras. 

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Thainara, que foi eleita para seu primeiro mandato com 91.388 votos, foi impedida por uma servidora pública de assinar o livro de presença dos parlamentares.

"Eu passei três horas em uma solenidade belíssima da deputada Leci Brandão, sentada aqui com a placa escrito 'deputada Thainara Faria'. Quando eu desci da mesa e fui assinar os livros, a servidora falou: não, esses livros são só para os deputados", disse ela, em uma fala emocionada na tribuna da Assembleia.

Essa não é a primeira vez que Thainara sofre racismo desde que tomou posse como deputada. Na cerimônia, em 15 de março, a parlamentar foi impedida de entrar no plenário da casa, por ser um evento fechado para deputados. Mesmo após falar que era uma deputada eleita, sua entrada não foi permitida. Chegaram, até mesmo, a acreditar que seu assessor de imprensa, um homem branco, era o "verdadeiro deputado".

"Não estão acostumados com uma mulher preta, jovem, de 28 anos, circulando por essa Casa", afirmou. Devido aos casos anteriores, Thainara chegou a solicitar um botton específico de parlamentar. Mesmo assim, isso não foi o suficiente para que a servidora da Alesp a identificasse.

"Eu vou perguntar para vocês: isso foi um mal-entendido? Isso não é mal-entendido, gente, isso é racismo puro", disse a deputada.

"Nosso mandato não vai deixar impune mais um caso de racismo dentro da Alesp. Será enviado ao presidente da casa, o deputado André do Prado (PL), um requerimento para abrir uma sindicância interna para que se investigue o ocorrido", disse a deputada por meio de nota.

O presidente da Alesp, André do Prado (PL), determinou providências ao Secretário Geral Parlamentar, que substituiu a funcionária pública envolvida no episódio. O caso será avaliado em âmbito administrativo.

Veja a fala completa da deputada, na tribuna da Alesp:

Leia também:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
sbt
brasil
são paulo
alesp
assembleia
legislativa
deputada
estadual
racismo
racista
servidora
parlamentar

Últimas notícias

Faixa de Gaza: mais de oito mil crianças estão em situação de desnutrição aguda

Faixa de Gaza: mais de oito mil crianças estão em situação de desnutrição aguda

Das 32 mortes pela doença no território, 28 eram crianças menores de cinco anos
Senadores sugerem medidas para compensar desoneração da folha e Jaques Wagner vai levar à Fazenda

Senadores sugerem medidas para compensar desoneração da folha e Jaques Wagner vai levar à Fazenda

Congresso e governo tentam encontrar solução para compensar medida, após devolução de parte da "MP do Fim do Mundo"
"Estou anestesiada. Nos vimos ontem", lamenta ex-esposa do cantor Nahim

"Estou anestesiada. Nos vimos ontem", lamenta ex-esposa do cantor Nahim

Sucesso nos anos 80, artista foi encontrado morto em sua casa na manhã desta quinta-feira (13)
Ciro Nogueira atribui derrota de Bolsonaro nas eleições de 2022 também a aliados

Ciro Nogueira atribui derrota de Bolsonaro nas eleições de 2022 também a aliados

Sem citar Roberto Jefferson e Carla Zambelli, ex-ministro da Casa Civil diz que casos midiáticos a uma semana do pleito prejudicaram ex-presidente
Albinismo nem sempre afeta a cor da pele; entenda o que é condição rara

Albinismo nem sempre afeta a cor da pele; entenda o que é condição rara

Exposição ao sol pode causar queimaduras no corpo e, em alguns casos, apenas a região dos olhos é atingida
Suspeito de matar jovem e ocultar cadáver em casa é preso no Rio

Suspeito de matar jovem e ocultar cadáver em casa é preso no Rio

"Amigo" da vítima estava foragido; Já Caio da Silva Rendão, de 21 anos, estava desaparecido desde o dia 9 de fevereiro
Nahim gravou "Qual é a Música", do "Programa Silvio Santos, com Patrícia Abravanel"; exibição será em breve

Nahim gravou "Qual é a Música", do "Programa Silvio Santos, com Patrícia Abravanel"; exibição será em breve

Cantor esteve nos estúdios do SBT em São Paulo no começo deste mês, onde gravou o famoso quadro musical
Urgência de PL sobre aborto foi demonstração de força de Lira em semana ruim do governo; veja análise

Urgência de PL sobre aborto foi demonstração de força de Lira em semana ruim do governo; veja análise

Jornalista Nathalia Fruet traz bastidores políticos sobre aprovação relâmpago de urgência de projeto que iguala aborto a homicídio na Câmara dos Deputados
El Niño chega ao fim, com previsão de La Niña; entenda o que pode mudar no clima

El Niño chega ao fim, com previsão de La Niña; entenda o que pode mudar no clima

Inmet aponta que novo fenômeno climático, associado à diminuição da temperatura e aumento das chuvas, deve começar no próximo semestre
Pastor da igreja Bola de Neve é afastado após medida protetiva concedida à esposa

Pastor da igreja Bola de Neve é afastado após medida protetiva concedida à esposa

Rinaldo Seixas, conhecido como “apóstolo Rina”, é líder da instituição; ele responde por denúncias de lesão corporal, violência psicológica e outros
Publicidade
Publicidade