Publicidade

Luva de Pedreiro: em meio a especulações, um jovem em conflito

Jovem influenciador do bordão "Receba" fez anúncio precoce de sua aposentadoria

Luva de Pedreiro: em meio a especulações, um jovem em conflito
Publicidade

Essa semana, Iran Alves, o influenciador que ficou conhecido como "Luva de Pedreiro"  voltou a ser assunto de vários sites de notícias. O anúncio de aposentadoria precoce do autor do bordão "Receba" pegou todos de surpresa. Em seguida, vieram especulações sobre um novo contrato e tudo não passar de uma jogada de marketing.

+ Conheça os colunistas do SBT News
+ Leia as últimas notícias de Brasil
+ Todas as notícias no portal SBT News

Esse texto não vai  entrar em polêmicas. Quero convidar você a olhar para esse jovem, de 20 anos, que ficou famoso da noite para o dia e passou a viver a vida que sempre sonhava. Será?

De uma cidade pacata no nordeste Baiano, Iran viu suas jogadas de craque da pelada com os amigos serem vistas pelo mundo todo. Mas também foi apresentado à ganância e ao ego da sociedade capitalista. Teve um primeiro contrato com um empresário quebrado e muitos prejuízos financeiros. Estrelou comerciais, foi a programas de TV, participou de festas com jogadores famosos.

E quem era ele no meio de tudo isso?

O influencer Luva de Pedreiro ficou famoso com o bordão "Receba" | ?????Divulgação

Um personagem. O personagem do menino pobre que ficou famoso, mas nunca será como um deles. Iran não foi incluído verdadeiramente no mundo da fama porque jamais faria parte dele se não fosse a internet. 

Luva de Pedreiro virou um personagem cômico e que servia para gerar conteúdo para craques e famosos que se diziam "amigos".

Luva talvez não tenha suportado viver apenas esse personagem. Um dos maiores influenciadores do mundo do futebol não conseguiu ser ele mesmo. 

E o motivo é óbvio: a pureza, a humildade e a falta de malícia não cabem no mundo dos salários milionários, das festas regadas a champanhe, carros de luxo e muita ostentação.

Pode ser uma vida atrativa para muita gente, mas também é muito vazia. Talvez Iran não tenha suportado receber ordens o tempo todo dos poderosos do marketing, não tenha suportado servir de piada o tempo todo, não quisesse mais passar tanto tempo longe de casa e de tudo que sempre valorizou antes. Coisas que o dinheiro não compra.

Talvez seja difícil para quem tem pouco entender que o dinheiro não é a solução para todos os problemas e nem sinônimo de felicidade. 

Para Iran, ele foi sinônimo de prisão. Aprisionado por contratos, por um personagem, por uma vida fake que ele não foi capaz de assumir.

Iran não está errado. Quem viu nele um bom negócio, também não está. 

O conflito, na minha opinião, está na forma como a sociedade impõe que um jovem usufrua do dinheiro e da fama. 

Obrigatoriamente ele precisou se submeter a um estilo de vida que não é o seu.

Agora o conflito interno desse jovem será: o que o Iran quer agora?  E o que o Luva de pedreiro vai construir daqui para a frente? Essa resposta não está em contratos e nem na boca de empresários. 

Ele precisa agora de uma boa orientação psicológica e parental. Iran precisa se encontrar antes que se perca totalmente. A ilusão é tentadora. A vida real não viraliza.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
colunista-marcia-dantas
sbtnews
portalnews
luva
pedreiro
brasil
influenciador
colunistas
viu-isso
aposentadoria
coluna-viu-isso
colunista

Últimas notícias

Andreas von Richthofen revela pendências com Suzane e diz se vai perdoar Daniel Cravinhos

Andreas von Richthofen revela pendências com Suzane e diz se vai perdoar Daniel Cravinhos

Filho caçula do casal Manfred e Marisia, assassinados pela filha Suzane von Richthofen em 2002, deu entrevista exclusiva ao Tá na Hora, do SBT
Número de furtos aumenta mais de 20% no estado de São Paulo

Número de furtos aumenta mais de 20% no estado de São Paulo

Em 2023, foram registrados106 mil crimes do tipo a mais do que em 2021
Phoenix FIP vence leilão bilionário do Governo de SP para privatização da Emae

Phoenix FIP vence leilão bilionário do Governo de SP para privatização da Emae

Com proposta de R$ 1,04 bilhão, grupo assume controle acionário da Empresa Metropolitana de Águas e Energia
Sete em cada dez brasileiros acreditam que povos indígenas precisam de mais proteção, diz pesquisa

Sete em cada dez brasileiros acreditam que povos indígenas precisam de mais proteção, diz pesquisa

Grande parte dos brasileiros acredita que os povos originários foram e são pouco protegidos
Após reunião com Lula, líder do governo diz que projeto que dá aumento a juízes pode “quebrar o país”

Após reunião com Lula, líder do governo diz que projeto que dá aumento a juízes pode “quebrar o país”

Encontro ocorreu após convocação de emergência de líderes e ministros para tratar de pautas-bomba e arrefecer rusgas com a Câmara
Defensoria Pública da União exige indenização de R$ 1 bilhão do X (antigo Twitter)

Defensoria Pública da União exige indenização de R$ 1 bilhão do X (antigo Twitter)

Ação civil apresentada à Justiça Federal atribui à empresa de Elon Musk facilitação do "ódio político e racial"
Extrema pobreza atinge menor nível histórico em 2023, estima FGV

Extrema pobreza atinge menor nível histórico em 2023, estima FGV

Cálculo é do economista Marcelo Neri, diretor da FGV Social, a partir da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (PnadC), do IBGE
Mulher é arremessada de carro durante assalto na Zona Sul de Natal

Mulher é arremessada de carro durante assalto na Zona Sul de Natal

Assim que a vítima entrou no carro, assaltantes agiram com violência, puxando a vítima para fora do veículo
“Proibição não impede consumo”, diz associação da indústria sobre decisão da Anvisa

“Proibição não impede consumo”, diz associação da indústria sobre decisão da Anvisa

Associação Brasileira da Indústria do Fumo critica decisão que mantém proibição para fabricação, comercialização e transporte de cigarros eletrônicos
Santa Catarina terá chuva de meteoros neste final de semana

Santa Catarina terá chuva de meteoros neste final de semana

Fenômeno poderá ser visto a olho nu; melhor data para observação será na noite do dia 22 para 23 de abril
Publicidade
Publicidade