Publicidade

Médicos alertam sobre risco do consumo de álcool na gravidez

Sociedade de Pediatria de São Paulo promoveu ação no metrô de São Paulo para orientar a população

Médicos alertam sobre risco do consumo de álcool na gravidez
Síndrome pode causar, no bebê, microcefalia (cabeça e crânio pequenos), olhos pequenos, lábio superior fino e face plana. Reprodução | Agência Brasil
Publicidade

No Dia Mundial de Prevenção à Síndrome Alcoólica Fetal (SAF), nesta 6ª feira (9.set), médicos fazem um alerta: um em cada 1000 bebês nascidos vivos na Europa e nos Estados Unidos é portador da SAF porque a mãe consumiu bebida alcoólica durante a gravidez. Para alertar as mães sobre os riscos do consumo de álcool na gravidez, a Sociedade de Pediatria de São Paulo, o Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (Cisa) e outras entidades médicas promoveram uma ação nesta manhã no terminal da Empresa Municipal de Transportes Urbanos (EMTU) do Metrô Jabaquara, na capital paulista. Nesse mutirão de orientação médica, especialistas distribuíram materiais informativos e expuseram bonecos e banners com apontamento de órgãos mais afetados pela doença. Todas as gestantes atendidas receberam rosas, bombons e água para brindarem a boa saúde delas e de seus bebês.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

O consumo de álcool na gestação é a principal causa de deficiência mental não congênita e pode afetar sistemas de todo o corpo, como complicações cardíacas, renais, malformações faciais e neurológicas. A SAF é a forma mais grave da doença. A neuropediatra e conselheira do CISA Conceição Segre diz que, como a ciência não sabe qual o nível seguro de álcool no sangue da gestante que afeta a formação do feto, a ordem é não consumir nada. "Qualquer dose pode atingir o feto, porque o álcool vai direto para o sistema central e pode lesar qualquer órgão", explica.

Embora não haja no Brasil estatísticas sobre o uso de álcool na gravidez, estima-se que 15% das gestantes bebem. Esse índice é superior ao registrado em outros países, onde a prevalência é de 11%. A preocupação de especialistas é de que esse cenário possa ser agravado em razão de mais brasileiras em idade fértil terem começado a consumir álcool na última década e ter aumento do consumo abusivo de bebida por mulheres desta faixa etária. Levantamento feito pelo Cisa aponta que, entre 2010 e 2020, houve tendência de alta, com variação média anual de 4,2% nesse padrão de consumo entre as brasileiras.

Diagnóstico difícil

Uma das grandes preocupações hoje é que a SAF é uma doença difícil de ser diagnosticada porque falta treinamento aos profissionais da saúde e, em média, apenas 1% das crianças afetadas são diagnosticadas. Bebês com a síndrome têm alterações características, como microcefalia (cabeça e crânio pequenos), olhos pequenos, lábio superior fino, face plana e fissuras palpebrais curtas. Em regra, podem apresentar baixo peso ao nascer devido à restrição de crescimento intrauterino, bem como comprometimento do sistema nervoso central com distúrbios de aprendizagem, de memória e da atenção, dificuldades socioemocionais e comportamentais.

Uma das consequências da doença, mas ainda pouco associada ao consumo do álcool na gestação, é o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), que está presente em 50% a 80% das crianças afetadas.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt news
gestantes
gravidez
bebida
álcool
síndrome alcoólica fetal
saf
portalnews
brasil

Últimas notícias

Berinjela para conserva é o destaque da semana para compras em atacados

Berinjela para conserva é o destaque da semana para compras em atacados

Abobrinha italiana e berinjela também estão entre produtos favoráveis; confira lista completa
Exército de Israel afirma ter encontrado corpo de refém brasileiro do Hamas em Gaza

Exército de Israel afirma ter encontrado corpo de refém brasileiro do Hamas em Gaza

Forças de Defesa de Israel dizem que Michel Nisenbaum, de 59 anos, foi morto no ataque de 7 outubro de 2023
ENGANOSO: Janja não combinou cena com militar e cachorro para divulgar vídeo nas redes sociais

ENGANOSO: Janja não combinou cena com militar e cachorro para divulgar vídeo nas redes sociais

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Brasil Agora: caos, novas inundações em Porto Alegre e alerta de mais chuvas no RS

Brasil Agora: caos, novas inundações em Porto Alegre e alerta de mais chuvas no RS

Programa do SBT News traz as primeiras notícias do dia nas primeiras horas da manhã
Incêndio atinge empresa de óleo para carros em Guarulhos (SP)

Incêndio atinge empresa de óleo para carros em Guarulhos (SP)

Foram deslocadas 18 viaturas dos Bombeiros; local fica próximo da rodovia Dutra e do aeroporto internacional
Com três dias de festa, ordem de desfile do carnaval 2025 do Rio é definida

Com três dias de festa, ordem de desfile do carnaval 2025 do Rio é definida

Próximo ano terá quatro escolas por noite na Sapucaí, de domingo a terça; promessa é de ingressos mais baratos
SBT News na TV: Chuva volta a provocar enchentes no RS; Lula diz que deve vetar taxação de importados

SBT News na TV: Chuva volta a provocar enchentes no RS; Lula diz que deve vetar taxação de importados

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta sexta-feira (24); assista!
Governo federal libera crédito de R$ 1,8 bi para recuperação do Rio Grande do Sul

Governo federal libera crédito de R$ 1,8 bi para recuperação do Rio Grande do Sul

Anúncio totalizou R$ 62,5 bilhões direcionados pela União ao enfrentamento da tragédia climática no estado
Dinheiro de acordos de leniência da Lava Jato deve ir para o RS, defende André Mendonça

Dinheiro de acordos de leniência da Lava Jato deve ir para o RS, defende André Mendonça

Ministro do STF fez a proposta nesta quinta-feira (23) em audiência de conciliação com entes públicos e empresas investigadas na operação
Campanha do SBT 'Juntos pelo Rio Grande do Sul' bate recorde em volume de doações

Campanha do SBT 'Juntos pelo Rio Grande do Sul' bate recorde em volume de doações

Materiais de limpeza e produtos de higiene estão entre as principais necessidades das vítimas das enchentes que assolam o estado
Publicidade
Publicidade