Publicidade

"Golpe da fruta" no Mercadão de SP é antigo, relatam clientes

Denúncias sobre preços abusivos e cobranças inadequadas têm até perfil nas redes sociais

"Golpe da fruta" no Mercadão de SP é antigo, relatam clientes
Frutas
Publicidade

O Mercado Municipal de São Paulo, popularmente conhecido como "Mercadão" e considerado um dos principais pontos turísticos e gastronômicos da cidade, virou alvo de investigação nos últimos dias após denúncias de clientes sobre preço abusivo dos produtos. Um perfil no Instagram reúne, de forma anônima, queixas sobre o "golpe da fruta". Há relatos de mais de uma década no local, fundado há quase 90 anos. 

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Segundo relato de uma vítima, o comerciante aborda o cliente e informa o montante referente a 100 gramas do produto. Já na barraca, o consumidor prova o alimento. Enquanto isso, vendedores montam bandejas com a mercadoria. O valor cobrado, no entanto, foge ao acertado e aumenta exponencialmente. 
 
Em outra declaração, um turista relata ter frequentado o ponto em 2020 para adquirir frutas. O prejuízo ultrapassa R$ 700.  
 
"Este 'mercado das frutas' é golpe mesmo. Em 2020, comprei laranja, abacaxi, limão e cereja. Cobraram R$ 780", recorda.  
 
Um paranaense relembra ter ido ao espaço durante visita à terra da garoa com a família.  
 
"Ofereceram várias [frutas] de degustação. Prepararam um pacote por R$ 370. Recusamos pagar, afinal, não pedimos nada. Meu primo deu um soco no vendedor. Outros [ambulantes] se juntaram e teve até polícia", diz.  
 
O perfil @golpe_do_mercadao_sp divulga casos diariamente e já conta com mais de 10 mil seguidores. 

Contrato de lojistas será rescindido, diz concessionária do Mercadão

Em nota, a Mercado SP SPE S.A., concessionária responsável pelo Mercadão, afirma "estar tomando as providências cabíveis em relação não só aos acontecimentos relatados, mas em todo o setor de comércio de frutas".

A empresa alega ainda realizar reuniões rotineiras com os responsáveis pelas bancas, orientando e advertindo sobre boas práticas a serem observadas por todos, além de alertar sobre as consequências do não-cumprimento do Regimento Interno.

No comunicado, a companhia diz já ter aplicado sanções aos lojistas advertidos. "Após a aplicação da segunda multa serão tomadas, pela Mercado SP SPE S.A., medidas para a rescisão do contrato".

A Mercado SP SPE S.A. coloca à disposição o e-mail sac@mercadospspe.com.br para apurar denúncias. 

O Procon-SP reconhece o caso e assegura acompanhá-lo, além de explicar ser "dever do estabelecimento informar o consumidor sobre o preço antes da efetivação da compra. Informa ainda não poder ser cobradas mercadorias oferecidas para degustação".

Ainda é obrigação, segundo o órgão, fixar e mostrar os valores ao consumidor de modo "correto e claro", com objetivo de garantir visualização sem ajuda do comerciante e antes da decisão de compra. 

O custo à vista deve sempre ser divulgado e, se houver opção de parcelamento, haver a exposição de condições: número e quantidade das prestações, taxa de juros e demais acréscimos ou encargos, bem como a cotação total a ser paga com o financiamento.

Eventuais descontos oferecidos em função do prazo ou meio de pagamento utilizado devem ser informados em local e formato visíveis.

Na venda a varejo de produtos fracionados em pequenas quantidades, o comerciante deverá informar, na etiqueta contendo o preço ou junto aos itens expostos, além do valor do à vista, o custo correspondente a uma das seguintes unidades fundamentais de medida: capacidade, massa, volume, comprimento ou área, de acordo com a forma habitual de comercialização de cada tipo de mercadoria. A regra, porém, não se aplica à comercialização de medicamentos.

Veja relatos:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
golpe da fruta
mercadao
fruta
golpe
mercadao de são paulo
mercado de sp
brasil
andrezza-pugliesi
degustacao
mercado municipal de são paulo
turismo
gastronomia
mercadao de sp

Últimas notícias

PF abre inquérito para investigar leilão do arroz, para suprir demanda com tragédia no RS

PF abre inquérito para investigar leilão do arroz, para suprir demanda com tragédia no RS

Conab, responsável pela compra dos grãos importados, suspendeu o negócio após suspeitas de irregularidades
Polícia argentina usa gás de pimenta para reprimir protestos contra a Lei de Bases

Polícia argentina usa gás de pimenta para reprimir protestos contra a Lei de Bases

Pacote de reformas enviado pelo governo Milei está em debate no Senado
Tarcísio autoriza abertura de licitação para privatizar gestão de 33 novas escolas

Tarcísio autoriza abertura de licitação para privatizar gestão de 33 novas escolas

O prazo de concessão será de 25 anos, de acordo com a Secretaria de Educação do estado
Alexandre de Moraes prorroga mais uma vez inquéritos das fake news e milícias digitais

Alexandre de Moraes prorroga mais uma vez inquéritos das fake news e milícias digitais

O ministro deu mais 180 dias para conclusão das investigações, atendendo a pedido feito pela Polícia Federal (PF)
Lula: “O Brasil não vai desperdiçar oportunidade de se tornar uma grande economia”

Lula: “O Brasil não vai desperdiçar oportunidade de se tornar uma grande economia”

Presidente brasileiro participou de abertura de evento no Rio de Janeiro que reúne investidores árabes e brasileiros
Senado aprova projeto que obriga restaurantes a terem cartaz ensinando manobra de desengasgo

Senado aprova projeto que obriga restaurantes a terem cartaz ensinando manobra de desengasgo

Texto foi aprovado na forma de um substitutivo da relatora, senadora Damares Alves (Republicanos-DF), e volta agora à Câmara dos Deputados
Erika Hilton processa Nikolas Ferreira por crime de transfobia e cobra indenização de R$ 5 milhões

Erika Hilton processa Nikolas Ferreira por crime de transfobia e cobra indenização de R$ 5 milhões

A acusação da deputada foi após uma fala de Nikolas na reunião da Comissão da Defesa dos Direitos das Mulheres, na última quarta-feira
"Queremos liderar a transição energética", diz Mercadante, presidente do BNDES

"Queremos liderar a transição energética", diz Mercadante, presidente do BNDES

Executivo destacou investimentos do banco de desenvolvimento em energia limpa e disse que Brasil está aberto para parcerias comerciais
Câmara aprova urgência de projeto que iguala aborto ao crime de homicídio

Câmara aprova urgência de projeto que iguala aborto ao crime de homicídio

Defendida por conservadores, proposta agrava punição para pausa na gravidez com mais de 22 semanas
Câmara aprova urgência de projeto que restringe delações premiadas de presos

Câmara aprova urgência de projeto que restringe delações premiadas de presos

Texto limita ações da Justiça e coloca acordo como alternativa apenas em casos voluntários, além de oferecer recurso a afetados por delações
Publicidade
Publicidade