Publicidade

Milei escreve 'carajo' ao assinar livro de presença do Congresso da Argentina

Presidente da Argentina usou frase que foi lema de sua campanha; palavra não tem significado tão ofensivo quanto no Brasil

Milei escreve 'carajo' ao assinar livro de presença do Congresso da Argentina
Publicidade

O presidente da Argentina Javier Milei escreveu a frase "Viva la libertad, carajo" no livro de presença no Congresso Nacional. A mesma frase foi usada no final do seu discurso de posse neste domingo (10.dez). A vice-presidente Victoria Villarroel foi mais contida e escreveu "Tudo pela Argentina".

Mas, afinal, qual é o verdadeiro significado da palavra "carajo"? Segundo o Dicionário da Real Academia Espanhola (RAE), o primeiro significado se refere ao "membro viril". Mas a palavra pode ser perfeitamente usada para outros significados, como "pessoa desvalorizada", "sinal de rejeição", "surpresa", "algo muito grande ou intenso", "um fato ou pessoa desprezível", "algo que tem um final ruim", "fato ou pessoa que denota negação, decisão ou retrocesso" ou "uma pequena quantidade". A palavra não tem um significado tão ofensivo como a similar em português tem no Brasil, mas ainda causa estranhamento em se tratar de um chefe de estado.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

O Congresso Nacional empossou Javier Milei presidente da Argentina um pouco antes do meio-dia deste domingo (10.dez). Sob gritos de "Liberdade", em referência ao nome do partido do libertário "La Libertad Avanza", e vaias direcionadas à Cristina Kirchner, Milei fez seu juramento e recebeu a faixa presidencial das mãos do ex-presidente Alberto Fernández. 

Posteriormente, ele e a vice-presidente, Victoria Villarruel, assinaram os termos de posse. Enquanto a vice discursou no Congresso, Milei quebrou protocolos e discursou para seus apoiadores na escadaria da casa legislativa. 

"Hoje começa uma nova era na Argentina. Hoje damos por terminada uma longa e triste história de decadência e começamos o caminho da reconstrução do nosso país", disse. 

"Os argentinos, de forma contundente, expressaram uma vontade de mudança que já não tem retorno. Não há retorno. Hoje enterramos décadas de fracassos e disputas sem sentido. Começa uma era de paz e prosperidade, de liberdade e progresso", discursou o presidente.

Em seu discurso, Milei também afirmou que recebeu a "pior herança de um governo na história" e prometeu lutar contra a inflação com "unhas e dentes".

"Tal como a queda do Muro de Berlim marcou o fim de uma era trágica para o mundo, estas eleições marcaram o ponto de virada da nossa história", afirmou. "Nenhum governo recebeu uma herança pior do que a que estamos a receber".

"Não há dinheiro", afirmou Milei

A crise econômica que assola a Argentina pautou a maior parte do longo discurso do presidente eleito. Milei foi enfático sobre o fato de não haver dinheiro, e reforçou que irá realizar cortes nos gastos públicos. 

"Não podemos nos endividar, não podemos emitir e não podemos continuar sufocando o setor privado com impostos. Não há alternativa se não o choque", disse o novo presidente."Infelizmente, isto terá impacto na atividade econômica, na pobreza e nos salários", admitiu.

Milei também afirmou que o país deve atravessar uma estagflação, antes de melhorar. "Não vai ser fácil. 100 anos de fracassos não podem ser desfeitos num dia. Mas um dia começa e esse dia é hoje", disse.

"Estamos certos de que a liberdade é a única forma em que poderemos sair do poço em que nos colocaram."

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
notícias
mundo
milei
javier milei
argentina
posse
javier-milei

Últimas notícias

RJ: Acidente com ônibus deixa 25 feridos na Baixada Fluminense

RJ: Acidente com ônibus deixa 25 feridos na Baixada Fluminense

Bombeiros afirmam que cinco pessoas estão em estado grave; Vítimas foram levadas para unidades municipais em Itaguaí
Crise Americanas: Empresa tem prejuízo de R$ 4,6 bi em nove meses de 2023

Crise Americanas: Empresa tem prejuízo de R$ 4,6 bi em nove meses de 2023

Apesar dos resultados negativos, companhia informou que superou o momento mais difícil desde que entrou em recuperação judicial. Relembre o caso
Policiais são investigados por tráfico de armas em Salvador

Policiais são investigados por tráfico de armas em Salvador

Eles apreenderam quatro fuzis que estavam de posse de criminosos, mas não apresentaram os armamentos em unidade da Polícia Civil
Helicóptero faz resgate cinematográfico no Rio; veja

Helicóptero faz resgate cinematográfico no Rio; veja

Mulher havia quebrado a perna na Pedra do Telégrafo; local é de difícil acesso
Cantor sertanejo é assassinado a tiros após ter casa invadida no interior de São Paulo

Cantor sertanejo é assassinado a tiros após ter casa invadida no interior de São Paulo

Polícia Civil investiga homicídio do integrante da dupla 'Wesley e Gustavo'; suspeito foi capturado em Minas Gerais
Musk quer concorrer com serviço de email Gmail e sugere Xmail

Musk quer concorrer com serviço de email Gmail e sugere Xmail

Anuncio aconteceu em meio a uma onda de desinformação contra o serviço de mensagens do Google
Pai acusa creche de omissão após bebê voltar para casa com marcas de mordida no Rio

Pai acusa creche de omissão após bebê voltar para casa com marcas de mordida no Rio

Ele afirma que a menina foi mordida e machucada por pelo menos dois colegas e monitora não prestou socorro
Aliados de Bolsonaro chamam ato na Paulista de “momento histórico”; Base de Lula avalia como afronta à democracia

Aliados de Bolsonaro chamam ato na Paulista de “momento histórico”; Base de Lula avalia como afronta à democracia

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann fez duras críticas ao ex-presidente; já Coronel Telhada chamou Bolsonaro de estadista
Convidados jogam lixo em modelos durante desfile da marca Avavav, em Milão

Convidados jogam lixo em modelos durante desfile da marca Avavav, em Milão

Diretora criativa Beate Karlsson convocou a plateia para jogar papel, copos, latas, plástico, café, suco e até comida na passarela durante a apresentação da nova coleção
Navalny estava prestes a ser libertado em troca de prisioneiros, diz aliada

Navalny estava prestes a ser libertado em troca de prisioneiros, diz aliada

Negociações estavam em fase final um dia antes do opositor russo ser encontrado morto na prisão
Publicidade
Publicidade