Publicidade

Morre Geraldo Melo, ex-senador e ex-governador do Rio Grande do Norte

O político tinha 86 anos e lutava contra um câncer no pulmão

Morre Geraldo Melo, ex-senador e ex-governador do Rio Grande do Norte
Ex-senador e ex-governador do Rio Grande do Norte, Geraldo Melo, morre aos 86 anos | Divulgação
Publicidade

Morreu neste domingo (06.mar), o ex-senador e ex-governador do Rio Grande do Norte, Geraldo Melo. Ele tinha aos 86 anos e lutava contra uma câncer no pulmão desde 2020.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Empresário e político, ele comandou o estado de 1987 a 1991. Sua carreira começou na extinta Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) e foi secretário de planejamento do Rio Grande do Norte no início dos anos 1960. Entre 1979 e 1982, foi vice-governador, na administração do governador Lavoisier Maia Sobrinho.

Em 1994, foi eleito senador pelo estado. Durante o mandato, ocupou o posto de vice-presidente do Senado entre 1995 e 1997. Melo se candidatou novamente ao senado em 2002, mas não conseguiu se eleger. Somente em 2018, ele voltou a tentar uma vaga no Senado, mas também não foi eleito.

Além de político, Melo foi diretor de um canal de TV, a TV Potengi. A emissora potiguar era afiliada da Rede Bandeirantes.

* Com informações da Agência Brasil

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
geraldo melo
rio grande do norte
política

Últimas notícias

Museu do Futebol terá vídeo mostrando as condenações de Robinho e Daniel Alves por estupro

Museu do Futebol terá vídeo mostrando as condenações de Robinho e Daniel Alves por estupro

O vídeo das condenações aparece em um dos monitores de TV do espaço
STJ mantém prisão de vereador suspeito de tráfico de drogas em Minas Gerais

STJ mantém prisão de vereador suspeito de tráfico de drogas em Minas Gerais

Político é suspeito de integrar organização criminosa especializada em vários crimes, incluindo venda de armas de uso restrito
Ex-deputado estadual é baleado em tentativa de assalto a residência em São Paulo

Ex-deputado estadual é baleado em tentativa de assalto a residência em São Paulo

Márcio Camargo foi alvejado na perna e passa bem. Ele estava com a esposa quando dois criminosos invadiram a casa, durante a madrugada
Caso Brigadeirão: 6 pessoas são indiciadas pela morte de empresário no Rio

Caso Brigadeirão: 6 pessoas são indiciadas pela morte de empresário no Rio

Namorada do empresário e mentora espiritual vão responder por homicídio triplamente qualificado
PM envolvido em abordagem racista no Rio nega uso de fuzil

PM envolvido em abordagem racista no Rio nega uso de fuzil

Sargento disse em depoimento que havia recebido uma denúncia de roubo momentos antes da abordagem; agente diz que a dupla não usava câmeras corporais
Incêndio devastou ao menos 20% do Parque Ursulina, em Belo Horizonte

Incêndio devastou ao menos 20% do Parque Ursulina, em Belo Horizonte

Corpo de Bombeiros acredita que o fogo pode ter sido causado por ação humana; Área destruída equivale a quase 9 campos de futebol
"Abin paralela": Ramagem nega irregularidades e diz que ação da PF é política

"Abin paralela": Ramagem nega irregularidades e diz que ação da PF é política

Deputado e ex-diretor da agência de inteligência nega monitoramento de autoridades e diz não haver como ligar direção da Abin a software de espionagem
Itamaraty lança edital para concurso de diplomata; são 50 vagas com salário inicial em R$ 21 mil

Itamaraty lança edital para concurso de diplomata; são 50 vagas com salário inicial em R$ 21 mil

Inscrições poderão ser feitas a partir de segunda (15) e vão até 26 de julho, via site da Cebraspe (banca selecionada para o exame)
Câmera de segurança registra momento em que diretora de curso é arrastada por carro no RJ

Câmera de segurança registra momento em que diretora de curso é arrastada por carro no RJ

A vítima, Raquel Schwab, bateu a cabeça no chão e chegou a desmaiar; veja o vídeo
Atribuir aumento de alíquota à carne é "conversa fiada", diz deputado que relatou reforma tributária

Atribuir aumento de alíquota à carne é "conversa fiada", diz deputado que relatou reforma tributária

Antes da aprovação do primeiro projeto de regulamentação, Haddad disse, na última terça (9), que isenção de carne poderia elevar alíquota em 0,53%
Publicidade
Publicidade