Publicidade

Polícia Federal prende seis jovens com cápsulas de cocaína engolidas no Aeroporto do Galeão

Os criminosos ingeriram centenas de entorpecentes antes de embarcar no mesmo voo com destino a Londres

Polícia Federal prende seis jovens com cápsulas de cocaína engolidas no Aeroporto do Galeão
Publicidade

A Polícia Federal (PF) prendeu em flagrante três mulheres e três homens com cápsulas de cocaína engolidas no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, o Galeão. De acordo com os agentes, os criminosos, que tinham entre 20 e 28 anos, ingeriram os entorpecentes antes de embarcar no mesmo voo com destino a Londres, na Inglaterra, na noite da última sexta-feira (10).

Dos seis presos, quatro são naturais do estado do Ceará, um de Minas Gerais e um do Rio de Janeiro.

Os policiais federais, lotados na Delegacia Especial da PF no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (DEAIN), identificaram a droga ingerida em centenas de comprimidos por meio de equipamentos modernos e informações de inteligência.

Na manhã deste domingo (12), foram apreendidas 629 cápsulas em uma unidade médica. De acordo com a PF, os presos permanecem hospitalizados até que todas as cápsulas sejam expelidas.

Após o procedimento, eles serão encaminhados ao sistema prisional do Estado e vão responder por tráfico transnacional de drogas. A pena pode chegar até 15 anos de reclusão.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Polícia Federal
Cocaína
Prisão
Aeroporto
Londres

Últimas notícias

Motorista de caminhão de lixo morre após veículo cair dentro de piscina no RJ

Motorista de caminhão de lixo morre após veículo cair dentro de piscina no RJ

Acidente aconteceu na manhã desta quarta-feira (12), em Belford Roxo, na Baixada Fluminense
Lula volta a defender exploração de petróleo na Margem Equatorial: "Chance de o Brasil crescer"

Lula volta a defender exploração de petróleo na Margem Equatorial: "Chance de o Brasil crescer"

Presidente também critica discussões sobre economia que não levam em consideração questões sociais e diz que Brasil deve crescer de forma distribuída
Saidinha temporária: mais de 100 presos são recapturados no 1º dia por violar regras

Saidinha temporária: mais de 100 presos são recapturados no 1º dia por violar regras

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, 35 mil foram soltos, devendo retornar aos presídios na próxima segunda-feira (17)
Governo confirma exoneração de Neri Geller de secretaria após cancelamento do leilão de arroz

Governo confirma exoneração de Neri Geller de secretaria após cancelamento do leilão de arroz

O também ex-deputado federal vinha recebendo pressão por parceria societária entre filho e negociador da arrematação
Google oferece vagas de trabalho no Brasil; saiba como se inscrever

Google oferece vagas de trabalho no Brasil; saiba como se inscrever

Postos no modo presencial e híbrido estão nos escritórios de São Paulo (SP), no novo Centro de Engenharia que abre em 2026, e em Belo Horizonte (MG)
Navios de guerra e submarino nuclear da Rússia chegam a Cuba para exercícios navais

Navios de guerra e submarino nuclear da Rússia chegam a Cuba para exercícios navais

Incursão militar acontece pouco depois dos EUA autorizarem a Ucrânia a usar armas fornecidas pelo país para atacar territórios russos
Complexo da Maré: Fachin determina que Castro explique operação

Complexo da Maré: Fachin determina que Castro explique operação

Ação para localizar envolvidos em roubos nas vias expressas da cidade terminou com três mortos, entres eles, um policial
O que é coqueluche, doença que voltou apresentar casos no Brasil?

O que é coqueluche, doença que voltou apresentar casos no Brasil?

Conhecida também como tosse convulsa, é uma doença respiratória altamente contagiosa
Presidente da Anatel fala ao Perspectivas sobre combate a ligações abusivas e ações contra pirataria; assista

Presidente da Anatel fala ao Perspectivas sobre combate a ligações abusivas e ações contra pirataria; assista

Carlos Baigorri também conversa com a jornalista Paola Cuenca sobre 5G, apoio à Justiça em ações e desinformação sobre papel da agência
Maquiadora de Djidja Cardoso diz à polícia que não faz parte de "seita"

Maquiadora de Djidja Cardoso diz à polícia que não faz parte de "seita"

Suspeita prestou depoimento em delegacia de Manaus; ela já havia sido presa em maio, mas foi solta para cuidar do filho
Publicidade
Publicidade