Publicidade

Parlamento russo aprova projeto de lei que proíbe mudança de gênero

Texto impede alterações em documentos de identidade e intervenções médicas

Parlamento russo aprova projeto de lei que proíbe mudança de gênero
Aprovação do projeto marca mais um retrocesso nos direitos da comunidade LGBTQIA+ no país | Pexels
Publicidade

Parlamentares de Duma, Câmara Baixa da Rússia, aprovaram, nesta 6ª feira (14.jul), o projeto de lei que proíbe a mudança de gênero. Pelas redes sociais, o porta-voz da Casa, Vyacheslav Volodin, defendeu que a medida foi necessária para "proteger os cidadãos, sobretudo as crianças, e impedir a degeneração da nação".

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

O projeto proíbe que moradores mudem o gênero em documentos oficiais de identidade, processo que é legalizado na Rússia desde 1997. Profissionais da saúde também ficam proibidos de realizar "intervenções médicas destinadas a mudar o sexo do paciente", incluindo cirurgias e prescrição de terapia hormonal.

+ Uganda promulga lei que discrimina comunidade LGBTQIA+

A aprovação do projeto marca mais um retrocesso nos direitos da comunidade LGBTQIA+ no país. No ano passado, o presidente Vladimir Putin sancionou a lei que proíbe a "propaganda LGBTQIA+", penalizando em até 5 milhões de rublos qualquer pessoa ou empresa que divulgar conteúdos relacionados com a homossexualidade. 

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
mundo
parlamento
russia
projeto de lei
mudança de genero
documentos
intervençoes medicas
direitos lgbtqia+

Últimas notícias

Frente fria atinge o Brasil no final de semana

Frente fria atinge o Brasil no final de semana

São Paulo e Curitiba devem bater recorde de temperaturas mais baixas do ano
Berinjela para conserva é o destaque da semana para compras em atacados

Berinjela para conserva é o destaque da semana para compras em atacados

Abobrinha italiana e berinjela também estão entre produtos favoráveis; confira lista completa
Exército de Israel afirma ter encontrado corpo de refém brasileiro do Hamas em Gaza

Exército de Israel afirma ter encontrado corpo de refém brasileiro do Hamas em Gaza

Forças de Defesa de Israel dizem que Michel Nisenbaum, de 59 anos, foi morto no ataque de 7 outubro de 2023
ENGANOSO: Janja não combinou cena com militar e cachorro para divulgar vídeo nas redes sociais

ENGANOSO: Janja não combinou cena com militar e cachorro para divulgar vídeo nas redes sociais

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Brasil Agora: caos, novas inundações em Porto Alegre e alerta de mais chuvas no RS

Brasil Agora: caos, novas inundações em Porto Alegre e alerta de mais chuvas no RS

Programa do SBT News traz as primeiras notícias do dia nas primeiras horas da manhã
Incêndio atinge empresa de óleo para carros em Guarulhos (SP)

Incêndio atinge empresa de óleo para carros em Guarulhos (SP)

Foram deslocadas 18 viaturas dos Bombeiros; local fica próximo da rodovia Dutra e do aeroporto internacional
Com três dias de festa, ordem de desfile do carnaval 2025 do Rio é definida

Com três dias de festa, ordem de desfile do carnaval 2025 do Rio é definida

Próximo ano terá quatro escolas por noite na Sapucaí, de domingo a terça; promessa é de ingressos mais baratos
SBT News na TV: Chuva volta a provocar enchentes no RS; Lula diz que deve vetar taxação de importados

SBT News na TV: Chuva volta a provocar enchentes no RS; Lula diz que deve vetar taxação de importados

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta sexta-feira (24); assista!
Governo federal libera crédito de R$ 1,8 bi para recuperação do Rio Grande do Sul

Governo federal libera crédito de R$ 1,8 bi para recuperação do Rio Grande do Sul

Anúncio totalizou R$ 62,5 bilhões direcionados pela União ao enfrentamento da tragédia climática no estado
Dinheiro de acordos de leniência da Lava Jato deve ir para o RS, defende André Mendonça

Dinheiro de acordos de leniência da Lava Jato deve ir para o RS, defende André Mendonça

Ministro do STF fez a proposta nesta quinta-feira (23) em audiência de conciliação com entes públicos e empresas investigadas na operação
Publicidade
Publicidade