Publicidade

Macron sobrevive a votos de desconfiança e garante reforma da Previdência

Faltaram 9 votos para oposição reverter a aprovação da reforma impopular; Protestos continuam em Paris

Macron sobrevive a votos de desconfiança e garante reforma da Previdência
Emmanuel Macron
Publicidade

Por apenas nove votos, o governo de Emmanuel Macron sobreviveu, nesta 2ª feira (20.mar), a uma moção de desconfiança na Assembleia Nacional da França.  

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A ação acontece após o presidente aprovar, sem o aval do Parlamento, o controverso projeto de reforma da Previdência, que, entre outras medidas, aumenta a idade de aposentadoria de 62 para 64 anos e antecipa para 2027 a exigência de contribuição por 43 anos (em vez de 42 anos) para receber uma aposentadoria integral. O projeto de lei tem provocado uma série de protestos violentos em Paris e outras regiões da França. 

A moção de censura apresentada por uma coalizão transpartidária recebeu 278 dos 287 votos necessários para sua aprovação. Faltando somente nove votos, muitos deputados pediram a renúncia imediata da primeira-ministra, Elisabeth Borne.

"Faltam apenas nove votos... para derrubar tanto o governo quanto sua reforma", disse a legisladora da esquerda Mathilde Panot. "O governo já está morto aos olhos dos franceses, não tem mais legitimidade."

Uma segunda moção, proposta pelo partido de extrema-direita de Marine Le Pen, Reunião Nacional (RN), também foi votado e não obteve os votos necessários. 

Diante desse resultado, a reforma de Macron, rejeitada pela maioria dos franceses, será implementada. No entanto, parlamentares e sindicatos já afirmaram que irão continuar pressionando o governo.

Desde a manobra do governo para aprovar a reforma, os protestos se intensificaram, sobretudo no centro de Paris. Muitos sindicatos também anunciaram a prorrogação das greves, enquanto outros, como o setor educacional, planejam novas paralisações nesta semana.

O índice de aprovação de Macron, por sua vez, caiu ao menor nível desde o final de 2018, segundo pesquisa do Journal du Dimanche. O levantamento mostrou que a taxa ficou em 28%, queda de nove pontos percentuais desde dezembro de 2022. A insatisfação é maior entre a classe trabalhadora (82%) e jovens de 18 a 24 anos (76%).

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
emmanuel macron
moção
desconfiança
congresso
votação
sobrevive
mundo
turbulência política
reforma da previdência

Últimas notícias

Presidente da Anatel afirma que anonimato nas redes sociais fere a Constituição

Presidente da Anatel afirma que anonimato nas redes sociais fere a Constituição

Em entrevista ao Perspectivas, Carlos Baigorri lamenta ambiente de "completa barbárie" e "nenhum tipo de responsabilização" nas plataformas digitais
Após 53 anos, destroços de jato desaparecido são encontrados

Após 53 anos, destroços de jato desaparecido são encontrados

Aeronave caiu em lago nos EUA, que congelou, dificultando buscas que eram realizadas desde 1971, ano do acidente
Tribunal de Contas da União aprova com ressalvas contas do governo Lula relativas a 2023

Tribunal de Contas da União aprova com ressalvas contas do governo Lula relativas a 2023

Parecer prévio e relatório serão encaminhados pela Corte de Contas ao Congresso Nacional
Morre Jerry West, inspiração para logo da NBA e 3 vezes Hall da Fama do Basquete

Morre Jerry West, inspiração para logo da NBA e 3 vezes Hall da Fama do Basquete

Morre Jerry West, inspiração para logo da NBA e três vezes Hall da Fama do Basquete
 Idosa que desapareceu ao desembarcar em Natal é achada em mata

Idosa que desapareceu ao desembarcar em Natal é achada em mata

Rita Caetana de Sousa, de 70 anos, que estava desaparecida desde sábado (8)
Brigadeirão: armas do empresário envenenado são encontradas

Brigadeirão: armas do empresário envenenado são encontradas

Ex-namorado da mentora do crime vendeu o armamento e tentou comercializar outros objetos do homem para um conhecido, que prestou depoimento
7 funcionários da Cobasi são indiciados por mortes de animais durante enchente no RS

7 funcionários da Cobasi são indiciados por mortes de animais durante enchente no RS

Polícia estima que mais de 175 bichos morreram afogados; empresa diz que foi "surpreendida" por cheia e relatou "indignação" com indiciamento
Morre, aos 89 anos, a atriz Ilva Niño

Morre, aos 89 anos, a atriz Ilva Niño

Artista estava internada no Hospital Quali Ipanema, na zona sul do Rio, desde o dia 13 de maio
Governo deve trocar antenas parabólicas antigas de 5 milhões de famílias, diz presidente da Anatel

Governo deve trocar antenas parabólicas antigas de 5 milhões de famílias, diz presidente da Anatel

Carlos Baigorri diz ao Perspectivas que agência planeja ampliar público-alvo da troca gratuita de antenas para modelo digital
Senai e Google vão ajudar estudantes a encontrar emprego

Senai e Google vão ajudar estudantes a encontrar emprego

Central de carreiras usará IA do Google Cloud para mapear pontos fortes e fracos dos currículos dos candidatos para oferecer formação e vagas de trabalho
Publicidade
Publicidade