Publicidade

Por que prisão do filho de 'El Chapo' gerou onda de violência no México?

Entenda quem é Ovidio Guzmán, herdeiro do Cartel de Sinaloa, e a relação entre sua captura e a saga do pai

Por que prisão do filho de 'El Chapo' gerou onda de violência no México?
El Ratón e El Chapo
Publicidade

Um belo jardim botânico, parques tranquilos e bem arborizados, um estádio de futebol famoso e uma orla paradisíaca. Estes são alguns dos pontos turísticos do Rio de Janeiro, e também de Culiacán, capital do estado de Sinaloa, no norte do México.

Mas, basta uma breve pesquisa para entender que, apesar de muito distantes no mapa, ambas as cidades vivenciam a mesma realidade ambígua: no buscador, paisagens encantadoras e convidativas ao turismo dividem espaço com registros de confrontos violentos entre forças de segurança e milícias armadas.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

"Culiacán é perigoso?", indica a principal tendência de busca relacionada à região no Google. Uma fama construída por gerações de narcotráfico e, recentemente, alimentada pelo streaming. Se questionados, certamente, os moradores da cidade responderiam um grande e sonoro "sim". Ainda mais esta semana.

Na última 5ª feira (05.dez), a capital de Sinaloa amanheceu ao som de tiros e explosões. E quem ousou sair de casa se deparou com barricadas e veículos em chamas, espalhados pela cidade. Nem mesmo um avião da AeroMéxico, que decolava rumo à Cidade do México, no momento dos ataques, se safou do tiroteio. Vídeos que circulam na internet mostram passageiros abaixados atrás das poltronas, depois que o avião foi atingido por disparos de integrantes do cartel, nos arredores do Aeroporto Internacional Federal de Culiacán.

Um cenário de guerra que se repete na vida da população local. Em 2019, os moradores enfrentaram mais de 24 horas de terror no episódio que ficou conhecido como "Culiacanazo". O motivo por trás dos atentados, há mais de 3 anos e nesta semana, tem nome e sobrenome: Ovidio Guzmán-López, de 32 anos, também conhecido como "El Ratón" ou "El Nuevo Ratón" (do espanhol, "O Rato" ou "O Novo Rato"), filho do narcotraficante Joaquín Guzmán, o famoso "El Chapo".

Descrito pela mídia mexicana como "pouco apegado às extravagâncias" do mundo do crime e aficionado por apostas em cavalos e rinhas de galo, Ovidio seria um dos quatro filhos de Joaquín Guzmán com sua segunda esposa, Griselda López Pérez. De acordo com a Televisa, ele e os irmãos carregam a reputação de serem "jovens impetuosos e excessivamente violentos", porém sem as "grandes habilidades estratégicas" do pai. Além dele, há pelo menos outros 10 filhos conhecidos de "El Chapo".

Assim como no passado, a onda de violência teve início após a prisão de Ovidio, que é apontado como um dos atuais líderes do Cartel de Sinaloa, fundado pelo pai, que está preso desde 2016, nos Estados Unidos. Segundo o Departamento de Justiça dos EUA, a organização criminosa comandada por "El Ráton" e os irmãos Iván Archivaldo e Jesús Alfredo, carinhosamente batizada de "Los Chapitos", ainda é a principal responsável pelo fornecimento e distribuição de drogas no território norte-americano.

Pelo menos 29 pessoas morreram desde o início dos atentados em Culiacán, e os confrontos continuam, apesar da chegada das Forças Armadas mexicanas à região. O ministro da Defesa, Luis Cresencio Sandoval, esclareceu, nesta 6ª feira (06.dez), segundo informações da Associated Press, que as baixas incluem 19 suspeitos de integrar o cartel de drogas e 10 militares, e que não há relatos de vítimas entre civis.

O governo mexicano também confirmou a transferência de Ovidio Guzmán para a sede da Procuradoria-Geral da República, na Cidade do México, especializada no combate ao crime organizado, onde foi fichado. Na sequência, o narcotraficante foi encaminhado para o Centro Federal de Readaptação Social (Cefereso) Número 1 Altiplano, também conhecido como Presídio de Almoloya. A medida indicaria um desfecho muito diferente da operação de 2019, quando, para dar fim ao "Culicanazo", autoridades decidiram por libertar "El Ratón" horas depois de sua prisão.

Contudo, ironicamente, a mesma prisão de segurança máxima que pode vir a ser um dos últimos endereços do herdeiro do Cartel de Sinaloa, já foi palco de uma das maiores "proezas" de "El Chapo". Foi de lá que, em 2015, Joaquín Guzmán realizou sua segunda e mais engenhosa fuga, utilizando um túnel de mais de 1.500 metros abaixo da área do chuveiro de sua cela. O feito, somado às centenas de galerias subterrâneas usadas pelos traficantes para driblar os controles nas fronteiras mexicanas, rendeu ao líder da organização a alcunha de "Senhor dos Túneis".

O destino mais provável de Ovidio, no entanto, tende a ser o mesmo que o do pai, depois de ser recapturado pelo agente do DEA - órgão federal de repressão e controle de narcóticos dos Estados Unidos -, Ray Donovan, outra "personalidade" dessa saga policial: a extradição e a condenação em um Corte norte-americana. No caso de "El Ráton", o pedido para que ele ganhe uma passagem só de ida para os EUA foi emitido em setembro de 2019, de acordo com o governo mexicano.

Em solo norte-americano, "El Chapo" foi condenado a prisão perpétua com acréscimo de 30 anos por crimes de condução de organização criminosa, distribuição internacional de cocaína, de heroína, de metanfetamina e de outras inúmeras substâncias, além de tortura e conspiração para assassinar inimigos. Para evitar novas mirabolâncias de Guzmán, a Justiça dos EUA determinou que a pena fosse cumprida na Supermax do Colorado, considerada a prisão federal mais segura do país.

Tudo indica que o empasse sobre o futuro de Ovidio Guzmán seja resolvido pelo Governo do México já nos próximos dias. Isto porque, no dia 09, o presidente dos EUA, Joe Biden, desembarca no país para participar da Cúpula de Líderes da América do Norte.

Sitiada pelos homens de "El Ratón", Culiacán aguarda, aflita, mais uma vez, as cenas dos próximos capítulos.

Leia também:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
mundo
el ratón
ovidio guzmán-lópez
culiacanazo
joaquín guzmán
el chapo
culiacán
cartel de sinaloa
los chapitos
supermax do colorado
ray donovan
joe biden
méxico
presídio de almoloya
narcotraficante
narcotráfico

Últimas notícias

Netanyahu volta a rejeitar condições do Hamas para libertação de reféns

Netanyahu volta a rejeitar condições do Hamas para libertação de reféns

Proposta incluía fim da guerra e retirada total das tropas israelenses de Gaza
Saúde reforça alerta contra leptospirose e aumenta prevenção no RS

Saúde reforça alerta contra leptospirose e aumenta prevenção no RS

Estado registrou aumento de casos devido às enchentes; recomendação é procurar atendimento médico nos primeiros sintomas
INSS inicia pagamentos da segunda parcela do 13º salário; veja quem tem direito

INSS inicia pagamentos da segunda parcela do 13º salário; veja quem tem direito

Depósitos serão feitos até 8 de maio, junto com o benefício referente ao mês de abril
Ataque com faca deixa três feridos em metrô na França

Ataque com faca deixa três feridos em metrô na França

Incidente foi registrado na estação Place Jean Jaurès, em Lyon; agressor foi preso
Com 16ºC, SP registra menor temperatura máxima do ano

Com 16ºC, SP registra menor temperatura máxima do ano

Madrugadas devem continuar geladas até o fim da semana; mínimas ficarão entre 12ºC e 14ºC
Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 7

Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 7

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente
SBT News na TV: número de mortos sobe para 169 no RS; Israel volta a atacar Rafah

SBT News na TV: número de mortos sobe para 169 no RS; Israel volta a atacar Rafah

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta segunda-feira (27); assista!
Acidente com ônibus do IFPA deixa 4 mortos próximo à usina de Tucuruí, no Pará

Acidente com ônibus do IFPA deixa 4 mortos próximo à usina de Tucuruí, no Pará

Veículo estava conduzindo os estudantes e servidores para a participação na Etapa Estadual dos Jogos dos Institutos Federais (JIF) 2024
Incêndio atinge loja em bairro afetado pelas enchentes em Porto Alegre

Incêndio atinge loja em bairro afetado pelas enchentes em Porto Alegre

Ruas do bairro Humaitá estão alagadas pelas enchentes desde o início de maio, o que dificulta a chegada dos profissionais
Ataques aéreos de Israel deixam pelo menos 35 mortos em Rafah, no sul da Faixa de Gaza

Ataques aéreos de Israel deixam pelo menos 35 mortos em Rafah, no sul da Faixa de Gaza

Ministério da Saúde de Gaza disse que mulheres e crianças representam a maioria dos mortos e dezenas de feridos
Publicidade
Publicidade