Publicidade

Governo tem 24h para explicar suposta ajuda da Abin a Flávio Bolsonaro

Prazo foi determinado pela ministra Cármen Lúcia, do STF

Governo tem 24h para explicar suposta ajuda da Abin a Flávio Bolsonaro
Publicidade
A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia estabeleceu nesta 2ª feira (14.dez) o prazo de 24h para que o ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, e diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Alexandre Ramagem, expliquem a suposta produção de relatórios para ajudar o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ).

Na última 6ª feira (11), uma reportagem da revista Época noticiou que a Abin teria produzido ao menos dois relatórios com orientações para a defesa do senador. Filho do presidente Jair Bolsonaro, Flávio enfrenta uma denúncia do Ministério Público do Rio, que o acusa de operar um esquema de "rachadinha" - desvio de dinheiro público pela apropriação de parte dos salários de assessores do próprio gabinete - quando era deputado estadual no Rio.

A decisão de Cármen Lúcia vem em resposta a um pedido da Rede Sustentabilidade. No texto, a ministra diz que a situação narrada é "grave" e que, se verdadeira, "uso da máquina ou de órgãos estatais para atender interesses particulares". Leia abaixo na íntegra.

 

 
 
Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
justica
carmen lucia
stf
flavio bolsonaro
abin
gsi
augusto heleno
alexandre ramagem
rachadinha

Últimas notícias

Número de professores temporários supera o de concursados no DF e outros 14 estados

Número de professores temporários supera o de concursados no DF e outros 14 estados

Dados foram apresentados em nova pesquisa do Todos pela Educação
Suspeito de matar psicóloga em Natal é preso

Suspeito de matar psicóloga em Natal é preso

Homem é servidor do Tribunal de Justiça do RN; vítima foi encontrada morta e amarrada
AO VIVO: China envia três astronautas à estação espacial Tiangong nesta quinta (25)

AO VIVO: China envia três astronautas à estação espacial Tiangong nesta quinta (25)

Programa chinês pretende levar nave tripulada à Lua até 2030; Ye Guangfu, Li Cong e Li Guangsu integram o lançamento de hoje
PM acusado de matar esposa e enteada em Goiás vai a júri popular

PM acusado de matar esposa e enteada em Goiás vai a júri popular

Crime foi registrado em 2022, em Rio Verde (GO); autor de disparos teria poupado outra criança para causar “sofrimento grande”
Júri popular do bicheiro “Piruinha” será realizado nesta quinta (25)

Júri popular do bicheiro “Piruinha” será realizado nesta quinta (25)

José Caruzzo Escafura, de 94 anos, é acusado de mandar matar comerciante em 2021 no Rio de Janeiro por dívida de quase meio milhão de reais
Petrobras decide sobre dividendos extraordinários e elege novo Conselho de Administração nesta quinta (25)

Petrobras decide sobre dividendos extraordinários e elege novo Conselho de Administração nesta quinta (25)

Retenção do pagamento, em março, provocou fritura do presidente da estatal, Jean Paul Prates; com aval de Lula, CA propõe distribuição de 50%
Governo libera segunda parcela do Programa Pé-de-Meia; veja quem recebe

Governo libera segunda parcela do Programa Pé-de-Meia; veja quem recebe

Iniciativa tem como objetivo diminuir evasão escolar e desigualdade social entre jovens
SP: Grave acidente na rodovia Régis Bittencourt deixa 4 mortos

SP: Grave acidente na rodovia Régis Bittencourt deixa 4 mortos

Carro com três ocupantes foi prensado entre carretas; motorista de caminhão também não resistiu
Lula sanciona lei que reconhece blocos de Carnaval como manifestação da cultura nacional

Lula sanciona lei que reconhece blocos de Carnaval como manifestação da cultura nacional

Decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (25)
Casa Branca diz querer "respostas" de Israel sobre valas comuns em Gaza

Casa Branca diz querer "respostas" de Israel sobre valas comuns em Gaza

Quase 300 corpos foram encontrados por autoridades palestinas; ONU pediu investigação
Publicidade
Publicidade