Publicidade

Grupo russo Wagner afirma ter ocupado cidade ucraniana de Bakhmut

Militares informaram ter hasteado bandeira russa no local; Kiev nega derrota

Grupo russo Wagner afirma ter ocupado cidade ucraniana de Bakhmut
Disputa por Bakhmut vinha se intensificando desde fevereiro | Reprodução
Publicidade

O grupo paramilitar russo Wagner afirmou, nesta 2ª feira (3.mar), ter ocupado a cidade ucraniana de Bakhmut, localizada em Donetsk. Pelas redes sociais, o líder do grupo, Yevgeny Prigozhin, informou que a bandeira russa foi hasteada no local e que as tropas ucranianas estão, agora, concentradas nas regiões ocidentais.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

"Legalmente, Bakhmut foi tomada. Hasteamos a bandeira russa com a inscrição 'em memória de Vladlen Tatarsky' na administração da cidade de Bakhmut" disse Prigozhin, referindo-se ao militar russo que morreu no domingo (2.abr), após uma explosão em um café em em São Petersburgo, na Rússia.

+ Rússia vai implementar armas nucleares em fronteiras do Belarus com Otan

A disputa por Bakhmut vinha se intensificando desde fevereiro, resultando na destruição de grande parte das proteções das posições ucranianas. A batalha tornou-se simbólica, uma vez que, caso a Ucrânia ordene o recuo das tropas militares, Moscou terá a primeira vitória territorial em meses. Por enquanto, Kiev nega a ocupação russa.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
guerra-na-ucrania
wagner
controle
bakhmut
conflito
donetsk
vladlen tatarsky
batalhas
conflito militar

Últimas notícias

Ex-policial e advogada são condenados por obstruir investigações do assassinato de Marielle Franco

Ex-policial e advogada são condenados por obstruir investigações do assassinato de Marielle Franco

Rodrigo Ferreira e Camila Nogueira mentiram à polícia sobre planejamento do crime. Vereadora e motorista Anderson Gomes foram mortos em março de 2018
Para Mendonça, lei das saidinhas não pode retroagir em prejuízo ao preso

Para Mendonça, lei das saidinhas não pode retroagir em prejuízo ao preso

O ministro confirmou o direito à saída temporária de um preso de Minas Gerais que havia perdido o benefício após as mudanças feitas pelo Congresso
Polícia prende nove pessoas envolvidas em furtos e roubos durante enchentes no RS

Polícia prende nove pessoas envolvidas em furtos e roubos durante enchentes no RS

Diversos objetos, que haviam sido levados de comércios no município Eldorado do Sul, foram recuperados
Especialistas chamam atenção para doenças respiratórias e leptospirose em meio a caos no RS

Especialistas chamam atenção para doenças respiratórias e leptospirose em meio a caos no RS

Segundo ministra da Saúde e médico da Marinha, proximidade das pessoas em abrigo favorece casos de “doenças oportunistas”
Sistema de distribuição de gás da Argentina entra em estado de emergência

Sistema de distribuição de gás da Argentina entra em estado de emergência

Mais de 300 indústrias tiveram o fornecimento cortado; prioridade é atender casas, hospitais e o comércio
Israel afirma que guerra na Faixa de Gaza deve durar, ao menos, até o fim do ano

Israel afirma que guerra na Faixa de Gaza deve durar, ao menos, até o fim do ano

Governo israelense alega que esse é o prazo mínimo para aprofundar as "conquistas" e destruir a capacidade militar do Hamas
Argentina compra carga da Petrobras para lidar com escassez de gás

Argentina compra carga da Petrobras para lidar com escassez de gás

Temperaturas mais baixas do que o habitual já haviam aumentado a demanda, sobrecarregando o sistema no país
TSE mantém condenação do ex-governador do RJ Anthony Garotinho por crime eleitoral

TSE mantém condenação do ex-governador do RJ Anthony Garotinho por crime eleitoral

Além de inelegibilidade, ele foi condenado a 13 anos e 9 meses de prisão
Morre o humorista Joaquim Lopes Salgado, de "A Praça é Nossa"

Morre o humorista Joaquim Lopes Salgado, de "A Praça é Nossa"

Carismático, divertido, com a arte de fazer graça nas veias, Joaquim marcou o público através de sua trajetória em programas humorísticos do SBT
Barroso vota contra abertura de processos disciplinares de magistrados da Lava Jato

Barroso vota contra abertura de processos disciplinares de magistrados da Lava Jato

O presidente do CNJ discorda do corregedor nacional de justiça, Luis Felipe Salomão, que chegou a determinar o afastamento cautelar dos envolvidos
Publicidade
Publicidade