Publicidade

Poupança para estudantes do Ensino Médio deve começar em março, diz ministro

Valor dos pagamentos ainda será definido pelo governo; medida visa conter a evasão escolar

Poupança para estudantes do Ensino Médio deve começar em março, diz ministro
Publicidade

O ministro da Educação, Camilo Santana, afirmou, na terça-feira (9), que o programa de incentivo financeiro à permanência de estudantes no Ensino Médio, batizado de Pé de Meia, deve começar em março deste ano. A iniciativa foi aprovada pelo Congresso no fim de 2023 e aguarda sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A ideia do programa é criar uma poupança para alunos do Ensino Médio para conter a evasão escolar. O público-alvo serão estudantes de baixa renda matriculados na rede pública e pertencentes a famílias inscritas no CadÚnico, com prioridade para aqueles com renda per capita mensal de até R$ 218. Os valores, por sua vez, ainda serão definidos.

"Nós estamos trabalhando para que, a partir de março, os estudantes já comecem a receber o pagamento. Nós estamos trabalhando porque isso envolve a Caixa Econômica Federal e também os estados. Na sanção ou no lançamento do projeto vamos detalhar como vai funcionar. Já estamos com os recursos garantidos”, disse Santana.

+ Voa Brasil: aposentados pelo INSS e alunos do Prouni poderão viajar de avião por R$ 200

Para ter acesso à poupança, o estudante deverá fazer a matrícula no início de cada ano letivo e cumprir alguns requisitos, como manter frequência escolar de 80% do total de horas letivas e ser aprovado ao fim de cada ano letivo. Também será preciso participar de exames como o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Governo
Educação
Poupança

Últimas notícias

Apenas 1 em 4 pacientes recebem tratamento adequado contra o câncer

Apenas 1 em 4 pacientes recebem tratamento adequado contra o câncer

Levantamento global aponta para a importância de exames preventivos
2 milhões de árvores nativas foram replantadas na Amazônia

2 milhões de árvores nativas foram replantadas na Amazônia

Venda de crédito de carbono ajuda a manter floresta em pé
Terremoto volta a aterrorizar sul da Itália

Terremoto volta a aterrorizar sul da Itália

Abalo sísmico aconteceu nesta manhã de domingo e foi claramente sentido em Nápoles
Brasileira sofre estupro coletivo na Índia; Quatro foram presos

Brasileira sofre estupro coletivo na Índia; Quatro foram presos

A vítima e o marido estavam acampados na cidade de Dumka, quando foram atacados e brutalmente espancados pelo grupo de homens
Lula assina projeto que regulamenta trabalho de motorista de aplicativo nesta segunda

Lula assina projeto que regulamenta trabalho de motorista de aplicativo nesta segunda

Proposta que cria legislação específica será entregue ao Congresso; Entregadores, que usam motos, vão ficar de fora
Árvores da Mata Atlântica sofrem ameaça de extinção

Árvores da Mata Atlântica sofrem ameaça de extinção

Pesquisa da USP indica que 82% das espécies exclusivas do bioma sofrem risco
Pedidos de demissão batem recorde no Brasil

Pedidos de demissão batem recorde no Brasil

Segundo o Ministério do Trabalho, foram mais de 7,3 milhões de pedidos no ano passado, um aumento de 7,9% em relação a 2022.
Ponte Rio-Niterói completa 50 anos

Ponte Rio-Niterói completa 50 anos

Obra de mobilidade é considerada um marco da engenharia nacional e mundial
Exposição "Lygia Clark: Projeto Para Um Planeta" é inaugurada na Pinacoteca de São Paulo

Exposição "Lygia Clark: Projeto Para Um Planeta" é inaugurada na Pinacoteca de São Paulo

Mostra vai até o dia 4 de agosto de 2024 e reúne mais de 150 obras da artista, ícone da pintura e da escultura contemporâneas
Desde a pandemia, pessoas com deficiência foram demitidas e não realocadas no mercado de trabalho em SP

Desde a pandemia, pessoas com deficiência foram demitidas e não realocadas no mercado de trabalho em SP

Mais de 120 mil PcD’s foram mandados embora e somente 108 mil admitidos, um saldo de −12 mil, o equivalente a −12%, entre contratações e demissões, entre 2020 e 2023
Publicidade
Publicidade