Publicidade

Trabalhadores têm até sábado (5.ago) para resgatar cota do PIS/Pasep

Processo pode ser feito pelo aplicativo FGTS; herdeiros também são contemplados

Trabalhadores têm até sábado (5.ago) para resgatar cota do PIS/Pasep
Medida prevê contemplar 10,5 milhões de profissionais com R$ 25,4 bilhões | Divulgação
Publicidade

Os trabalhadores com direito à cota do Pis/Pasep têm até sábado (5.ago) para resgatar o benefício. A liberação do valor - diferente do abono salarial - foi feita pela Caixa Econômica Federal em junho e prevê contemplar 10,5 milhões de profissionais com R$ 25,4 bilhões.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Segundo a Caixa, tem direito à cota do Pis/Pasep os cidadãos que trabalharam com carteira assinada na iniciativa privada ou como servidor público no período de 1971 a 1988, e que ainda não tenham sacado o benefício. O resgate pode ser feito pelo aplicativo FGTS, não sendo necessário o comparecimento às agências bancárias.

Caso o trabalhador já tenha falecido, o saque pode ser feito por um herdeiro. Para isso, o beneficiário deve acessar a própria conta do FGTS e solicitar o resgate na opção "meus saques". Posteriormente, basta clicar em "Outras Situações de Saque" e, em seguida, escolher a opção "Pis/Pasep - Falecimento do Trabalhador". 

+ Indústria comemora corte da taxa Selic em 0,50% e prevê novas quedas

Se o saque não for realizado no período determinado, os recursos serão transferidos do FGTS ao Tesouro Nacional. Neste caso, os interessados terão até cinco anos para fazer uma nova solicitação de retirada à União, que divulgará os resultados em portaria conjunta dos ministério do Trabalho e Emprego, Fazenda e Planejamento e Orçamento.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
economia
trabalhadores
resgate
cota
pis
pasep
caixa
quem tem direito
herdeiros
iniciativa privada
servidor publico

Últimas notícias

SBT News na TV: Câmara aprova taxação de 20% em valores até US$ 50

SBT News na TV: Câmara aprova taxação de 20% em valores até US$ 50

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta quarta-feira (29); assista!
"Últimas ações de Israel em Rafah não cruzam linha vermelha", dizem EUA

"Últimas ações de Israel em Rafah não cruzam linha vermelha", dizem EUA

Governo afirmou que ainda não viu danos extensos ou grande número de mortos deixados por ofensiva israelense
Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 9

Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 9

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente
Compras internacionais: Câmara aprova taxação de 20% em valores até US$ 50

Compras internacionais: Câmara aprova taxação de 20% em valores até US$ 50

Proposta estabelece imposto para compra em sites internacionais, como Shein, AliExpress e Shopee
JBS deverá indenizar família de funcionário morto após sair do trabalho, decide TST

JBS deverá indenizar família de funcionário morto após sair do trabalho, decide TST

Para a corte, a empresa negligenciou condições adequadas de transporte a trabalhador assassinado enquanto pedalava para casa de madrugada
VÍDEO: clientes têm celulares roubados durante arrastão em restaurante de Pinheiros (SP)

VÍDEO: clientes têm celulares roubados durante arrastão em restaurante de Pinheiros (SP)

Imagens da câmera de segurança registraram o momento em que um criminoso, armado, abordou um funcionário na rua e entrou com ele no estabelecimento
VÍDEO: Tornados deixam 25 mortos em dois dias nos EUA

VÍDEO: Tornados deixam 25 mortos em dois dias nos EUA

Americanos registraram chegada dos ventos e estragos deixados nas cidades. Novas tempestades devem ocorrer na noite desta terça (28)
Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Secretário da Frente Nacional dos Prefeitos fala ao programa Perspectivas do SBT News
Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Ataque aconteceu enquanto manifestantes, em várias partes do mundo, ainda protestavam contra as 45 mortes provocadas por bombardeio no domingo
Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Principais vítimas da covid-19, segundo o Ministério da Saúde, são pessoas que não se vacinaram ou que não completaram o ciclo de imunização
Publicidade
Publicidade