Publicidade

Memes ganham as redes sociais durante eleições e eleitor deve ficar alerta

Especialista em estudos da mídia explica que eleitores precisam ser fiscais do que seus candidatos compartilham

Memes ganham as redes sociais durante eleições e eleitor deve ficar alerta
Memes são instrumentos podem ganhar as redes com informações erradas ou fora de contexto | Freepik
Publicidade

Linguagem fácil, leitura rápida, montagens simples e vídeos curtos. Na internet, algo que é compartilhado diversas vezes em um pequeno espaço de tempo logo é chamado de 'meme', nome dado às fotos, aos vídeos e áudios que viralizam por serem curiosos ou, na maioria das vezes, engraçados. Assunto do momento nas redes sociais e nas rodas de conversa, as eleições não ficam de fora dessa estratégia de comunicação. 

Saiba mais:

Equipes de campanhas e eleitores mais ávidos têm buscado promover os seus candidatos e atrair votos com mensagens políticas com alto poder de viralização, porém, muitas vezes falsas.

Na tentativa de atacar os opositores, os memes podem ganhar as redes com informações erradas ou fora de contexto. De acordo com o doutorando em estudos da mídia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Ramon Nascimento, a publicação falsa em forma de meme é mais difícil de se combater do que as inverdades disfarçadas de matérias jornalísticas de sites duvidosos.

"A velocidade da desinformação é muito maior do que a da informação correta. O que podemos perceber hoje em dia é que os posts com piadas e brincadeiras, mesmo que pejorativos, tendem a passar por menos desconfiança do que links de reportagens, ou seja, o eleitor checa mais a veracidade da matéria do que do meme", disse o especialista.

Segundo ele, há ainda uma grande tendência do eleitorado a acreditar mais no viral que eleva as qualidades do seu candidato e a desacreditar do que seja negativo. 

"O ideal é que o usuário da internet se questione com tudo o que recebe nas redes sociais, principalmente antes de compartilhar com outras pessoas", orientou.

Apesar de envolver pessoas que concorrem a cargos públicos, as fake news durante as eleições podem levar o eleitor a responder criminalmente pelo que é publicado nas redes sociais.

Mesmo que não sejam os criadores do conteúdo, ao fazer um compartilhamento no mundo virtual, o usuário pode ser acusado por crimes reais, como calúnia e difamação.

"Independente de apoiar o lado A ou B, uma campanha política precisa ser pautada pela verdade. O eleitor precisa ser fiscal dessas narrativas e exigir que o discurso de quem levará seu voto seja baseado em fatos verídicos. Isso, inclusive, deve ser um dos requisitos", concluiu. 


SBT News De Fato

SBT News De Fato o serviço de checagens, verificação de fatos e educação mídiática do SBT. O objetivo é ser um núcleo de orientação e de informações ao público em relação ao conteúdo espalhado e distribuído na internet e pelas redes sociais. Nesta primeira fase, o grupo vai atuar no combate a desinformação durante o período das eleições gerais deste ano.  A escolha sobre o candidato deve ser tomada com base em informações verdadeiras e confiáveis. Por isso, o SBT News De Fato conta com uma equipe de jornalistas profissionais do SBT, regionais e afiliadas. São eles: SBT SP, SBT RioSBT ParáSBT RSSBT DF, TV Aratu (BA), SBT MT (MT), TV Tambaú (PB), TV Jornal (PE), Jornal do Commercio (PE), TV Allamanda (RO), TV Norte (AM, AC e RR), TV Cidade Verde (PI) e TV Ponta Verde (AL). Clique aqui e saiba mais.


>> Daniel Lustosa é jornalista da Rede Tambaú de Comunicação, na TV Tambaú.
>> TV Tambaú, afiliada SBT na Paraíba, é integrante do SBT News de Fato.

Você também pode se interessar por:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

eleições 2022
memes
fake news
eleições
defato
de-fato
sbt
eleicoes
sbtnews
meme
tvtambau
desinformacao
explica
tv
tambau
portalnews

Últimas notícias

No dia de São João, governo reconhece quadrilhas como manifestação da cultura nacional

No dia de São João, governo reconhece quadrilhas como manifestação da cultura nacional

Dança típica foi considerada relevante para a identificação regional nas apresentações juninas
"Pausas táticas não aliviam situação humanitária em Gaza", diz OMS

"Pausas táticas não aliviam situação humanitária em Gaza", diz OMS

Combates paralelos e contínuo deslocamento forçado de civis dificultam a entrega de ajuda na região
Intenção de consumo das famílias cresce 0,5% em junho e mantém índice positivo

Intenção de consumo das famílias cresce 0,5% em junho e mantém índice positivo

Resultado foi influenciado pelo acesso ao crédito e pelo aquecimento do mercado de trabalho
Brasil ultrapassa marca de 6 milhões de casos de dengue em 2024

Brasil ultrapassa marca de 6 milhões de casos de dengue em 2024

SP e MG seguem liderando ranking de infecções; número de mortes confirmadas chega a 4 mil
Ataques contra igrejas e sinagogas deixam mais de 15 mortos na Rússia

Ataques contra igrejas e sinagogas deixam mais de 15 mortos na Rússia

Homens armados invadiram os locais na tarde de domingo (23); autoridades investigam o caso
Caixa libera Bolsa Família de junho para beneficiários com NIS final 6

Caixa libera Bolsa Família de junho para beneficiários com NIS final 6

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente; calendário também conta com Auxílio Gás
SBT News na TV: Professores das universidades federais decidem encerrar greve

SBT News na TV: Professores das universidades federais decidem encerrar greve

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta segunda-feira (24); assista!
Netanyahu diz que combate intenso contra o Hamas está perto do fim, mas que guerra continuará

Netanyahu diz que combate intenso contra o Hamas está perto do fim, mas que guerra continuará

Primeiro-ministro israelense concedeu entrevista a uma emissora do país pela primeira vez desde o início da guerra
Universidades federais: professores decidem encerrar greve

Universidades federais: professores decidem encerrar greve

Paralisação nacional começou em abril. Retorno às aulas depende de decisão interna de cada instituição
Professores de ensino básico e técnico de instituições federais aceitam acordo e anunciam fim da greve

Professores de ensino básico e técnico de instituições federais aceitam acordo e anunciam fim da greve

Propostas de reajuste para as duas categorias foram aprovadas por 89 votos a 15
Publicidade
Publicidade