Publicidade

Ex-presidente do Banco Central, Carlos Langoni morre vítima da covid-19

Autoridade monetária disse que "o conhecimento de Langoni certamente fará falta no debate econômico"

Ex-presidente do Banco Central, Carlos Langoni morre vítima da covid-19
Carlos Langoni sorri enquanto olha para a frente (Divulgação/Banco Central)
Publicidade

O economista e ex-presidente do Banco Central (BC) Carlos Geraldo Langoni morreu neste domingo (13.jun), aos 76 anos, vítima da covid-19. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital CopaStar, no Rio de Janeiro, desde novembro do ano passado.

Graduado em economia pela Universidade de Chicago em 1970, ele foi diretor da Escola Brasileira de Economia e Finanças da Fundação Getulio Vargas (FGV EPGE) e se tornou o mais jovem presidente do BC, visto que assumiu o posto aos 35 anos, em 1980 - a saída do cargo ocorreu três anos mais tarde.

+ Média móvel de óbitos por covid-19 no Brasil volta a atingir 2 mil

Ao longo de sua trajetória, Langoni atuou ainda, por exemplo, como presidente da Projeta Consultoria Financeira S/C Ltda. Associada ao NM Rothschild & Sons Limited e da Projeta Langoni Consultoria Econômica S/S, professor na Universidade de São Paulo (USP) e na Fundação Getulio Vargas (FGV), e vice-presidente de reestruturação da dívida do Flamengo.

Ele deixa a mulher, Cristiana Dutra, dois filhos e quatro netos. Pelas redes sociais, diversas pessoas lamentaram a morte e relembraram feitos do economista. O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), escreveu que "Langoni impulsionou debates de extrema importância para o desenvolvimento do Brasil".

+ Crianças com comorbidades podem apresentar sintomas mais graves da covid

O ex-secretário de Desestatização do governo Bolsonaro, Salim Mattar, por sua vez, disse que o ex-presidente do BC "foi um dos pioneiros nos estudos sobre o capital humano e como as desigualdades nas oportunidades educacionais se transformam em desigualdades econômicas e sociais". Já segundo o secretário da Fazenda e Planejamento de São Paulo, Henrique Meirelles, ele "deu início ao sistema que geraria mais tarde a taxa Selic".

O Flamengo também se pronunciou. "Que Deus conforte os familiares e amigos neste momento tão triste", pontuou o clube. Em nota, o BC disse que recebeu a notícia do falecimento com pesar e que "o conhecimento de Langoni certamente fará falta no debate econômico".

Veja as declarações e a nota na íntegra:

Foi com pesar que a Diretoria Colegiada do Banco Central do Brasil recebeu a notícia do falecimento do economista Carlos Langoni.

Com sólida formação, Langoni presidiu o Banco Central do Brasil entre 1980 e 1983. Durante sua gestão, ajudou a construir a estabilidade econômica do país e zelou pelo papel institucional que cabe aos bancos centrais de todas as economias.

Sempre atualizado, Langoni manteve diálogo constante com as figuras mais proeminentes do cenário econômico brasileiro e global. Ele fez do Centro de Economia Mundial da Fundação Getúlio Vargas um local de debate livre e vivo sobre os temas econômicos mais candentes da atualidade.

O conhecimento de Langoni certamente fará falta no debate econômico.

A Diretoria Colegiada do Banco Central manifesta sua admiração pelo trabalho do Presidente Langoni e transmite sua solidariedade a seus familiares, amigos e colegas de trabalho.

=======

*Com informações da Agência Brasil

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
coronavírus
pandemia
brasil
morte
carlos langoni
economista
banco central
flamengo
fgv
usp
universidade de chicago

Últimas notícias

Casa Branca reforça intenção de Biden em permanecer até o final do mandato como presidente dos EUA

Casa Branca reforça intenção de Biden em permanecer até o final do mandato como presidente dos EUA

Porta-voz do governo estadunidense mantém tom político contra as intenções e promessas de Donald Trump, apesar de Biden desistir da reeleição
Defesa Civil usa tratores aquáticos para retirar toneladas de peixes mortos do Rio Piracicaba

Defesa Civil usa tratores aquáticos para retirar toneladas de peixes mortos do Rio Piracicaba

Equipes estão com 10 embarcações de pequeno porte e mais dois hidrotratores para fazerem a limpeza de rio que passa por São Paulo
Debate, troca de nomes e saúde: o que levou Biden a desistir das eleições nos EUA

Debate, troca de nomes e saúde: o que levou Biden a desistir das eleições nos EUA

Desempenho em pesquisas e situações ‘confusas’ pressionaram para que presidente deixasse tentativa de reeleição; entenda
Kamala Harris se diz “honrada” com apoio de Biden “para derrotar Trump”

Kamala Harris se diz “honrada” com apoio de Biden “para derrotar Trump”

Atual vice-presidente dos Estados Unidos depende do sinal verde do partido Democrata para assumir candidatura principal
Bill Clinton anuncia apoio a Kamala Harris após desistência de Biden

Bill Clinton anuncia apoio a Kamala Harris após desistência de Biden

O ex-presidente dos Estados Unidos afirmou que o país já viveu muitos altos e baixos, "mas nada o preocupa mais do que a ameaça de mais um mandato de Trump"
Conheça cotados para substituir Biden na corrida eleitoral dos EUA

Conheça cotados para substituir Biden na corrida eleitoral dos EUA

Com desistência por reeleição, partido democrata escolherá novo representante. Kamala Harris e governadores estão entre cotados
Obama se pronuncia sobre desistência de Joe Biden e não menciona Kamala Harris

Obama se pronuncia sobre desistência de Joe Biden e não menciona Kamala Harris

Ex-presidente dos Estados Unidos elogiou Biden, mas advertiu que decisão deixa os democratas em "águas desconhecidas"
Após incentivar desistência de Joe Biden, ex-presidente da Câmara elogia decisão do atual presidente

Após incentivar desistência de Joe Biden, ex-presidente da Câmara elogia decisão do atual presidente

Para Nancy Pelosi, Biden é um patriota que “sempre colocou” os Estados Unidos em primeiro lugar
Boletim médico revela melhora de Biden em meio a desistência do presidente à reeleição

Boletim médico revela melhora de Biden em meio a desistência do presidente à reeleição

Líder democrata continua desempenhando todas as funções presidenciais, segundo comunicado divulgado neste domingo (21)
“É o interesse do meu partido e do país que eu me afaste”: leia a carta de desistência de Biden

“É o interesse do meu partido e do país que eu me afaste”: leia a carta de desistência de Biden

Presidente dos Estados Unidos abriu mão da disputa eleitoral e apoiou que a disputa fique com Kamala Harris, atual vice
Publicidade
Publicidade