Publicidade

PF tem 45 dias para novas diligências e fim do inquérito do STF contra Monark

PGR cobrou dados de bloqueios de redes do influencer e do núcleo de combate às fake news de Moraes no TSE

PF tem 45 dias para novas diligências e fim do inquérito do STF contra Monark
Publicidade

A Polícia Federal tem mais 45 dias para buscar novos dados de prova e encerrar o inquérito que investiga Bruno Aiub, o Monark, por propagação de falsas notícias, as chamadas fake news.

A Procuradoria Geral da República (PGR) pediu que a PF forneça mais elementos de prova de que o influenciador digital "continua propagando discurso antidemocrático nas redes sociais".

Documento enviado pela PF ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que investiga Monark e determinou o bloqueio de seus perfis na internet em 2023, informou suposta desobediência de ordem judicial, por parte de Aiub.

O procurador-geral da República, Paulo Gonet, afirmou que há "indícios consistentes de materialidade e autoria delitivas" no inquérito, mas cobrou mais esclarecimentos.

A PF informou que Monark "vem desobedecendo, de modo reiterado, decisão judicial que lhe impôs medida cautelar de suspensão do direito de publicação, promoção, replicação ou compartilhamento de notícias fraudulentas".

A PGR informou o STF entender que a PF de buscar mais elementos para instruções complementares do caso. Para "exaurimento da hipótese criminal e a formação da convicção ministerial".

+Alexandre de Moraes multa Monark em R$ 300 mil

A pedido de Gonet, Moraes deu 30 dias para a PF realizar as novas diligências em busca das informações pedidas e depois mais 15 dias para fazer a denúncia criminal contra Monark, pedindo eventual condenação, ou pedir o arquivamento do caso.

A PF tem que buscar dados sobre os bloqueios dos canais e perfis de Monark determinados pelo STF e TSE, dados cadastrais e análise de conteúdo de todos os perfis alvos, "coleta e armazenamento de vestígios digitais de Monark", ofícios produzidos pela Assessoria Especial de Enfrentamento à Desinformação do TSE, depoimentos dele e a informação "sobre eventual adoção de diligências para confirmar reportagens que noticiaram o descumprimento de decisão judicial".

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

STF
Alexandre de Moraes
Polícia Federal
Fake News

Últimas notícias

Passageiros passam horas presos em avião sem refrigeração na Grécia; veja vídeo

Passageiros passam horas presos em avião sem refrigeração na Grécia; veja vídeo

Temperatura na aeronave da Qatar Airways ultrapassou os 40º C
Jovem é morto após marcar encontro por aplicativo de relacionamento gay em SP

Jovem é morto após marcar encontro por aplicativo de relacionamento gay em SP

Leonardo Rodrigues Nunes, de 24 anos, chegou a ser socorrido ao pronto-socorro, porém não resistiu aos ferimentos
Temporais provocam inundações e ameaçam prédios no Chile

Temporais provocam inundações e ameaçam prédios no Chile

Erosão causada pela chuva coloca em risco um complexo de edifícios de luxo em Viña del Mar
Por falta de segurança, nem todos caminhões de ajuda humanitária são recebidos em Gaza

Por falta de segurança, nem todos caminhões de ajuda humanitária são recebidos em Gaza

Bombardeios israelenses no extremo sul, em Rafah fazem ser inviável a passagem dos caminhões
Mercado Público de Porto Alegre volta a funcionar parcialmente após 41 dias fechado por inundação

Mercado Público de Porto Alegre volta a funcionar parcialmente após 41 dias fechado por inundação

Os restaurantes do segundo piso e as lojas com acesso direto para a rua voltam a operar das 10h às 15h, nesta sexta (14) e sábado (15)
VaideBet e Corinthians: polícia tenta localizar testemunha chave do caso

VaideBet e Corinthians: polícia tenta localizar testemunha chave do caso

Segundo a polícia, Adriana Ramuno, de 53 anos, esteve na casa da mulher, usada como laranja no repasse de comissão da VaideBet, antes do caso ir à imprensa
Ministério Público do RS prende 26 em operação contra grupo criminoso que atuava na serra gaúcha

Ministério Público do RS prende 26 em operação contra grupo criminoso que atuava na serra gaúcha

Segundo o MP-RS, o grupo é um dos mais ativos e violentos na serra gaúcha
STF forma maioria para tornar Janones réu por ofensas contra Jair Bolsonaro

STF forma maioria para tornar Janones réu por ofensas contra Jair Bolsonaro

Nas redes sociais, o deputado chamou o presidente de “assassino”, “miliciano” e “ladrãozinho de joias”
Thiago Brennand é condenado a indenizar advogada por danos morais

Thiago Brennand é condenado a indenizar advogada por danos morais

Gabriela Manssur entrou com uma ação por calúnia contra o empresário depois que ele ser referiu a ela como "bandida", "maloqueira" e "canalha" nas redes sociais
Rio Grande do Sul recebe destinação recorde do Imposto de Renda

Rio Grande do Sul recebe destinação recorde do Imposto de Renda

Ao todo, foram R$ 101 milhões, quase três vezes mais do que o valor registrado em 2023
Publicidade
Publicidade