Publicidade

Blocos de Carnaval de SP pedem água grátis e comitê de crise climática à Prefeitura

Em carta protocolada aos órgãos públicos, os blocos citam as mudanças climáticas para pedir uma série de medidas que garantam a folia na capital paulista

Blocos de Carnaval de SP pedem água grátis e comitê de crise climática à Prefeitura
Carnaval de rua em SP contou com oito dias de festejos | Agência Brasil
Publicidade

Diante dos eventos climáticos extremos que vem atingindo o Brasil com cada vez mais frequência, com fortes chuvas e calor excessivo, ao menos 44 blocos de Carnaval de São Paulo se uniram para pedir à Prefeitura da capital paulista a implementação de uma série de medidas para garantir a folia na cidade.

+ Carnaval 2024: confira a programação das principais capitais da folia de rua do país

No texto, os blocos articulados de São Paulo lembram da morte da jovem Ana Clara Benevides por exaustão térmica durante o show da cantora norte-americana Taylor Swift no Rio de Janeiro e pedem que o decreto recente do Ministério da Justiça e Segurança Pública, que estabelece o acesso gratuito e facilitado a água potável para consumo por meio de bebedouros, ilhas de hidratação ou distribuição de embalagens em garrafas para uso pessoal, seja cumprido.

"A intensidade dos eventos extremos com temperaturas elevadas e fortes chuvas demanda uma organização maior no Carnaval de 2024. Medidas de cuidado e de redução de danos precisam ser planejadas pelos envolvidos na maior festa ao ar livre da América Latina.", afirmam os blocos no site da campanha "As águas vão rolar".

Entre as recomendações, estão:

  • pontos de acesso ou distribuição gratuita de água potável mineral e/ou filtrada;
  • fiscalização do preço de venda da água;
  • flexibilizar os horários de saída dos blocos de Carnaval mediante a cenários de ondas de calor ou chuvas intensas;
  • se necessário, estabelecer novas datas e horários para saída dos blocos;
  • diminuir o impacto ambiental da festa;
  • estabelecer um gabinete de crise para pronta resposta à população em caso de eventos climáticos extremos durante o período

A carta protocolada aos poderes públicos também é assinada por entidades ambientais, como Greenpeace, ClimaInfo e Rede Sul-Americana para as Migrações Ambientais.

O Carnaval de Rua de São Paulo está programada para acontecer entre 3 e 18 de fevereiro. 579 blocos vão tomar as ruas da cidade em 2024

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Carnaval
Água
mudanças climáticas
São Paulo
Prefeitura

Últimas notícias

Celular Seguro chega a 50 mil bloqueios após alertas de roubo e furto; veja como cadastrar

Celular Seguro chega a 50 mil bloqueios após alertas de roubo e furto; veja como cadastrar

Ferramenta impede que ladrões tenham acesso à linha telefônica ou a aplicativos bancários das vítimas
Assembleia de SP aprova projeto que cria escolas cívico-militares no estado

Assembleia de SP aprova projeto que cria escolas cívico-militares no estado

Programa foi suspenso pelo governo federal em julho de 2023; comunidades escolares serão consultadas para implementação
+Milionária sorteia prêmio de R$ 190 milhões nesta quarta-feira (22)

+Milionária sorteia prêmio de R$ 190 milhões nesta quarta-feira (22)

Apostas podem ser feitas até as 19h em casas lotéricas ou pela internet
SBT News na TV: nível da Lagoa dos Patos aumenta e deixa sul gaúcho em alerta

SBT News na TV: nível da Lagoa dos Patos aumenta e deixa sul gaúcho em alerta

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta quarta-feira (22); assista!
ONU suspende distribuição de ajuda humanitária em Rafah por falta de suprimentos

ONU suspende distribuição de ajuda humanitária em Rafah por falta de suprimentos

Armazéns ficaram sem estoque após Israel interromper entregas na passagem fronteiriça
Lula sanciona lei que assegura sigilo do nome da vítima em casos de violência doméstica

Lula sanciona lei que assegura sigilo do nome da vítima em casos de violência doméstica

Texto altera a Lei Maria da Penha para assegurar maior proteção à vítima; nome do agressor e dados do processo ainda podem ser divulgados
Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 4

Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 4

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente
Morre o ativista Eliseu Neto, aos 45 anos

Morre o ativista Eliseu Neto, aos 45 anos

Autor de ação que gerou criminalização da homofobia no STF, psicólogo teve trajetória reconhecida de ativismo
Câmara aprova projeto que pune invasores de terras com suspensão de benefícios sociais

Câmara aprova projeto que pune invasores de terras com suspensão de benefícios sociais

Projeto coloca sanções administrativas e penalidades, como interrupção do Bolsa Família, a pessoas ligadas à invasão em propriedades rurais
TSE rejeita cassação e mantém o mandato do senador Sergio Moro

TSE rejeita cassação e mantém o mandato do senador Sergio Moro

Por unanimidade, o plenário do Tribunal Superior Eleitoral rejeitou, em sessão nesta terça-feira (21), acusação de abuso de poder econômico
Publicidade
Publicidade