Publicidade

Em 24 horas, mina em Maceió afunda mais 5,7 cm

Afundamento acumulado do bairro do Mutange é de 2,06 metros. Defesa Civil mantém alerta para risco de colapso

Em 24 horas, mina em Maceió afunda mais 5,7 cm
Bairro onde mina 18 da Braskem está localizada
Publicidade

A Defesa Civil de Maceió (AL) informou, nesta 6ª feira (8.dez), que o afundamento acumulado do solo do bairro do Mutange, onde a petroquímica Braskem extraía sal-gema, atingiu 2,06 metros e a velocidade do afundamento é de 0,23 centímetro (cm) por hora. Foram 5,7 cm nas últimas 24h

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Diante da situação, o órgão da prefeitura municipal manteve o estado de alerta para risco de colapso da mina número 18, que está na região do antigo campo do time Centro Sportivo Alagoano (CSA).

"Por precaução, a recomendação é clara: a população não deve transitar na área desocupada até uma nova atualização da Defesa Civil, enquanto medidas de controle e monitoramento são aplicadas para reduzir o perigo", afirmou o órgão

+ O que está acontecendo em Maceió? Entenda o que provoca o afundamento de bairros inteiros

Técnicos do Ministério de Minas e Energia (MME), do Serviço Geológico do Brasil (SGB) e da Agência Nacional de Mineração (ANM), que compõem a sala de situação do governo federal, também estão na capital alagoana para análises diárias a partir dos dados sísmicos da área afetada obtidos pelas Defesas Civis estadual e municipal e pela petroquímica Braskem, que acompanham o local em tempo integral. 

No relatório mais recente, os especialistas da sala de situação avaliam que o "quadro de instabilidade geológica em Maceió (AL) está em acomodação" e que está melhorando diariamente. No entanto, a Sala de Situação recomenda cautela máxima na região e monitoramento integral. 

A figura mostra as áreas de criticidade 00, de onde foram retirados os moradores, e as de criticidade 01, onde é realizado o monitoramento
A figura mostra as áreas de criticidade 00, de onde foram retirados os moradores, e as de criticidade 01, onde é realizado o monitoramento

O que está acontecendo em Maceió?

O problema, que começou em 2018, já obrigou o deslocamento de mais de 55 mil moradores de pelo menos cinco bairros. Isso porque, parte do subsolo de Maceió foi perfurado pela petroquímica Braskem para a extração de sal-gema, um mineral usado na fabricação de cloro, soda cáustica e bicarbonato de sódio, mas que também serve de componente para a indústria farmacêutica, de higiene e limpeza, de celulose e têxtil, assim como no tratamento de água.

Após o surgimento dos primeiros sinais de colapso do solo, o Serviço Geológico do Brasil (CPRM), órgão ligado ao governo federal, apontou que a exploração de sal-gema em uma região onde existiam falhas geológicas provocaram a instabilidade no solo.

A Braskem informou, por meio de nota, que "continua tomando todas as medidas cabíveis para minimização do impacto de possíveis ocorrências" e segue colaborando com as autoridades competentes.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
brasil
maceio
alagoas
braskem
petroquímica
sal-gema
extração
defesa civil
afundamento
solo
noticias
atualização

Últimas notícias

Joe Biden é diagnosticado com covid-19 e cancela evento em Las Vegas

Joe Biden é diagnosticado com covid-19 e cancela evento em Las Vegas

A informação foi confirmada pela Casa Branca nesta quarta-feira (17)
Lula diz que nunca teve uma relação tão boa com o Congresso; derrotas mostram contradição

Lula diz que nunca teve uma relação tão boa com o Congresso; derrotas mostram contradição

Presidente diz que conseguiu aprovar todos os projetos prioritários para o país, mas no Congresso governo encontra dificuldades em 5 temas, ao menos
Famoso em Paris, museu Pompidou vai abrir primeira filial no Brasil

Famoso em Paris, museu Pompidou vai abrir primeira filial no Brasil

Nova unidade, a primeira da instituição na América Latina, será instalada em Foz do Iguaçu, no Paraná
Preço médio do aluguel sobe 8% no primeiro semestre no Brasil; Brasília teve maior alta

Preço médio do aluguel sobe 8% no primeiro semestre no Brasil; Brasília teve maior alta

Índice de monitoramento da Fipe identificou aumento em 24 das 25 cidades avaliadas; reajustes superaram a inflação oficial
Vídeo feito por IA mostra encontro de famosos com suas versões jovens; veja

Vídeo feito por IA mostra encontro de famosos com suas versões jovens; veja

Michael Jackson, Will Smith, Paul Mccartney, entre outros, foram recriados abraçando suas versões mais novas
Anvisa confirma terceiro caso de malária em navio no Porto de Santos

Anvisa confirma terceiro caso de malária em navio no Porto de Santos

Infectados eram tripulantes de dois navios que chegaram do continente africano neste mês
Em meio a debate sobre autonomia do BC, Kajuru chama Campos Neto de ‘desprezível’ e ‘antibrasileiro’

Em meio a debate sobre autonomia do BC, Kajuru chama Campos Neto de ‘desprezível’ e ‘antibrasileiro’

Críticas foram feitas pelo senador durante sessão na CCJ que discutia PEC do BC
O que "Era uma Vez um Sonho", livro de J.D. Vance que virou filme, conta sobre o vice de Trump

O que "Era uma Vez um Sonho", livro de J.D. Vance que virou filme, conta sobre o vice de Trump

Busca por obras inspiradas na vida do senador de Ohio aumentaram drasticamente após anúncio do republicano na chapa presidencial
Força Nacional será enviada ao MS para atuar nos conflitos entre indígenas e fazendeiros

Força Nacional será enviada ao MS para atuar nos conflitos entre indígenas e fazendeiros

Autorização do Ministério da Justiça e Segurança Pública foi publicada nesta quarta
Prefeita de Paris mergulha no rio Sena para mostrar que há segurança para as provas dos Jogos Olímpicos

Prefeita de Paris mergulha no rio Sena para mostrar que há segurança para as provas dos Jogos Olímpicos

Anne Hidalgo tenta garantir condições para banho que estão previstas provas aquáticas na capital francesa
Publicidade
Publicidade