Publicidade

Gabarito oficial do Enem 2023 será divulgado no dia 24 de novembro

Candidatos terão de esperar para saber as respostas oficiais das provas deste último domingo (05.nov) e do próximo (12.nov)

Gabarito oficial do Enem 2023 será divulgado no dia 24 de novembro
Primeiro dia do Enem teve provas de redação, linguagens e ciências humanas
Publicidade

Milhares de estudantes que fizeram o primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2023) realizado neste domingo (05.nov) estão ansiosos pelo gabarito oficial com as respostas das perguntas objetivas para as provas de linguagens e de ciências humanas. Segundo o edital do Enem, o gabarito oficial será divulgado pelo  Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) somente no dia 24 de novembro.

+ Leia mais notícias do SBT News

Nessa data, os candidatos saberão as respostas oficiais das quatro provas objetivas: linguagens e ciências humanas (já realizadas), matemática e ciências da natureza (que serão no próximo domingo, dia 12). Já o resultado final do Enem, com as notas em cada uma das provas e da redação, será divulgado apenas no dia 16 de janeiro de 2024.

Ao contrário de muitos vestibulares, a nota do Enem não é a soma de quantas questões o candidato acertou. Os corretores do Enem adotam a Teoria de Resposta ao Item (TRI) para chegar à nota final. A tese, aplicada em cada área da prova (Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Linguagens e Matemática, é calculada a partir de uma escala, que é como uma régua que mede o nível de conhecimento do participante.

O desempenho médio dos candidatos encontra-se no meio dessa régua, os 500 pontos. Dessa forma, as questões da prova ocupam uma posição diferente, de acordo com o nível de dificuldade. Nesse sentido, as perguntas situadas abaixo de 500 têm um nível de dificuldade menor para a maioria dos estudantes e as acima de 500, maior.

"O método busca priorizar a coerência no desempenho dos estudantes. Se alguém acerta as questões mais difíceis, mas erra aquelas consideradas fáceis, provavelmente 'chutou' as respostas. Por isso, terá uma nota inferior à de um estudante que acertou o mesmo número de questões consideradas mais fáceis, mas errou as mais complexas. Assim, duas pessoas que fizeram a mesma edição do Enem e tiveram número igual de acertos podem ter notas diferentes", explica o MEC.

A nota da redação, por sua vez, não é calculada pelo TRI. Os textos são corrigidos um a um por milhões de avaliadores. Cada um recebe até 200 redações por dia, com o compromisso de analisar mais de 150 textos a cada três dias. A cada 50 redações, o corretor recebe duas já avaliadas por uma equipe de especialistas, usadas para analisar o desempenho do corretor.

Leia também

+ MEC não irá anular Enem após vazamento de imagens da prova

+ Abstenção foi de 28,1% no primeiro dia do Enem 2023, diz MEC

+ Primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio 2023 é encerrado

+ Lula sobre o Enem: "Quem sabe até eu mesmo não me inscrevo?"

+ Enem 2023: Redação é sobre invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil

Todas as redações são avaliadas por dois professores em plataforma online, com texto sem identificação. Cada um desconhece a nota atribuída pelo outro. Se a discrepância das notas for superior a 100 pontos, no total, ou 80 pontos em uma das cinco competências avaliadas, um terceiro professor fará a correção. A nota final da redação, que pode chegar até 1.000, é a média aritmética das duas notas totais que mais se aproximam.

Confira as cinco competências avaliadas na hora da correção da redação:

- Domínio da escrita formal;
- Desenvolvimento do tema em estilo dissertativo-argumentativo;
- Relacionar, organizar e interpretar informações e argumentos em defesa de uma opinião;
conhecimento de mecanismos linguísticos para construir a argumentação;
- Elaboração de proposta de intervenção para o problema proposto, com respeito aos direitos humanos.

Em caso de textos com até sete linhas ou que fogem ao tema proposto, a redação será zerada pelos avaliadores. O mesmo pode acontecer no caso de texto inelegível, folha de redação em branco ou cópia de texto(s) da prova de redação e/ou do caderno de questões sem haver pelo menos oito linhas de produção própria do participante.

Para que serve o Enem?

O Enem é responsável por avaliar o desempenho escolar dos alunos ao término da educação básica. A nota do exame é a principal porta de entrada para o ensino superior, permitindo que os candidatos concorram por vagas em universidades públicas e privadas por meio de programas do governo federal, como Prouni, Fies e Sisu.

Os resultados, previstos para serem divulgados no dia 16 de janeiro de 2024, ainda podem ser aproveitados nos processos seletivos de instituições portuguesas que possuem convênio com o Inep. Ao todo, 51 instituições, incluindo universidades, institutos politécnicos e escolas superiores, aceitam as notas do Enem nos processos de admissão.

Ao todo, 3,9 milhões de estudantes realizarão o Enem em 2023, número 13,1% superior em relação ao ano passado, quando as inscrições somaram 3,4 milhões. Entre os candidatos, 620.250 (15,8%) são estudantes do 1º ou 2º ano, que vão fazer o Enem com o objetivo de testar conhecimentos, enquanto 1,8 milhão (48,2%) já concluíram o ensino médio.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
enem
enem 2023
educação
inep
redação
brasil
notícias

Últimas notícias

Explorando o Rio de bike: roteiro até o Aeroporto Santos Dumont

Explorando o Rio de bike: roteiro até o Aeroporto Santos Dumont

Descubra a beleza escondida da ciclovia Mané Garrincha e suas vistas deslumbrantes pelo caminho
Missão que levou homem à Lua pela primeira vez completa 55 anos

Missão que levou homem à Lua pela primeira vez completa 55 anos

Três astronautas americanos participaram da empreitada organizada pela Nasa
"Homem que é homem" não bate em mulher, diz Lula durante evento em São Bernardo do Campo (SP)

"Homem que é homem" não bate em mulher, diz Lula durante evento em São Bernardo do Campo (SP)

Fala vem poucos dias depois de presidente dar declaração considerada machista
Sem vice-prefeito, Eduardo Paes oficializa candidatura à reeleição no Rio

Sem vice-prefeito, Eduardo Paes oficializa candidatura à reeleição no Rio

Durante convenção partidária, Paes falou sobre ter cumprido ou não propostas feitas nas eleições municipais de 2020
Robô da Nasa encontra mineral inédito em Marte

Robô da Nasa encontra mineral inédito em Marte

Cristais amarelos de enxofre puro foram revelados após o rover Curiosity passar sobre uma rocha
Taxista é preso por integrar quadrilha paulista que rouba casas de luxo no Rio

Taxista é preso por integrar quadrilha paulista que rouba casas de luxo no Rio

Segundo as investigações, o homem utilizava o veículo para guiar os assaltantes até as casas que seriam roubadas
Rebelião de presos incendeia presídio em Franco da Rocha, Grande São Paulo; situação foi controlada

Rebelião de presos incendeia presídio em Franco da Rocha, Grande São Paulo; situação foi controlada

O motim foi o primeiro em quatro anos, em São Paulo, segundo o Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo (SIFUSPESP)
Helicóptero dos bombeiros faz pouso forçado às margens do rio Araguaia em Goiás; piloto fica ferido

Helicóptero dos bombeiros faz pouso forçado às margens do rio Araguaia em Goiás; piloto fica ferido

Motivos do pouso de emergência estão sendo investigados pelos órgãos competentes
Ministério da Saúde atualiza caderneta infantil; saiba qual a importância de manter a vacinação em dia

Ministério da Saúde atualiza caderneta infantil; saiba qual a importância de manter a vacinação em dia

A distribuição dos exemplares em versão física da caderneta foi retomada neste ano
PF prende homem com dinheiro falso em Minas Gerais

PF prende homem com dinheiro falso em Minas Gerais

Suspeito foi conduzido para a Delegacia de Polícia Federal de Montes Claros, no norte do estado
Publicidade
Publicidade