Publicidade

MPF investiga participação do Banco do Brasil no comércio de escravos no século 19

Inquérito foi aberto a partir de um estudo feito por um grupo de pesquisadores de universidades

MPF investiga participação do Banco do Brasil no comércio de escravos no século 19
banco do brasil
Publicidade

O Ministério Público Federal (MPF) vai investigar a participação do Banco do Brasil no tráfico de pessoas negras escravizadas no século 19. Um inquérito foi aberto a partir de um estudo feito por um grupo de pesquisadores de universidades brasileiras e estrangeiras.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

No Cais do Valongo, zona portuária do Rio de Janeiro. Por lá, desembarcaram mais de 1 milhão de negros que seriam escravizados. Em 1831, o Brasil proibiu o comércio internacional de escravos, e esse cais foi fechado.

Mesmo assim, o tráfico de africanos continuou, gerando lucro inclusive para empresas nacionais. Algumas delas ainda existem, entre elas está o Banco do Brasil, segundo o MPF, que apura as responsabilidades da instituição financeira durante à escravidão.

O documento cita José Bernardino de Sá, um barão e visconde que, entre 1821 e 1851, foi responsável por 50 viagens negreiras para o Brasil. O maior traficante do país era também o principal acionista do banco à época.

"A singularidade desse caso está em olhar pra esse passado pra gente não normalizar a gravidade de que foi as instituições do estado brasileiro terem sido construídas à base da exploração do tráfico dos escravizados e da escravidão", afirma o procurador José Júlio, do MPRJ.

O inquérito é baseado em um estudo assinado por 15 pesquisadores de universidades brasileiras e estrangeiras. "O dinheiro que entrava no banco era um dinheiro vindo da escravidão", afirma Thiago Campos, historiador da Universidade Federal Fluminense (UFF).

O Banco do Brasil tem 20 dias para se manifestar sobre o inquérito. Em nota, a instituição afirmou que a história do país e suas relações com a escravidão das comunidades negras precisam ser um processo de reflexão permanente e entende que essa é uma responsabilidade de toda sociedade.

"É uma instituição que tem capacidade e responsabilidade corporativa e capacidade de dar uma resposta a sociedade brasileira", afirma Hebe Mattos, historiadora da UFF.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
sbt-brasil
noticias
brasil
banco-do-brasil
escravidao
rio-de-janeiro
jose-bernardino-de-sa
trafico de pessoas
negros
escravos
cais-do-valongo

Últimas notícias

Polícia argentina usa gás de pimenta para reprimir protestos contra a Lei de Bases

Polícia argentina usa gás de pimenta para reprimir protestos contra a Lei de Bases

Pacote de reformas enviado pelo governo Milei está em debate no Senado
Tarcísio autoriza abertura de licitação para privatizar gestão de 33 novas escolas

Tarcísio autoriza abertura de licitação para privatizar gestão de 33 novas escolas

O prazo de concessão será de 25 anos, de acordo com a Secretaria de Educação do estado
Alexandre de Moraes prorroga mais uma vez inquéritos das fake news e milícias digitais

Alexandre de Moraes prorroga mais uma vez inquéritos das fake news e milícias digitais

O ministro deu mais 180 dias para conclusão das investigações, atendendo a pedido feito pela Polícia Federal (PF)
Lula: “O Brasil não vai desperdiçar oportunidade de se tornar uma grande economia”

Lula: “O Brasil não vai desperdiçar oportunidade de se tornar uma grande economia”

Presidente brasileiro participou de abertura de evento no Rio de Janeiro que reúne investidores árabes e brasileiros
Senado aprova projeto que obriga restaurantes a terem cartaz ensinando manobra de desengasgo

Senado aprova projeto que obriga restaurantes a terem cartaz ensinando manobra de desengasgo

Texto foi aprovado na forma de um substitutivo da relatora, senadora Damares Alves (Republicanos-DF), e volta agora à Câmara dos Deputados
Erika Hilton processa Nikolas Ferreira por crime de transfobia e cobra indenização de R$ 5 milhões

Erika Hilton processa Nikolas Ferreira por crime de transfobia e cobra indenização de R$ 5 milhões

A acusação da deputada foi após uma fala de Nikolas na reunião da Comissão da Defesa dos Direitos das Mulheres, na última quarta-feira
"Queremos liderar a transição energética", diz Mercadante, presidente do BNDES

"Queremos liderar a transição energética", diz Mercadante, presidente do BNDES

Executivo destacou investimentos do banco de desenvolvimento em energia limpa e disse que Brasil está aberto para parcerias comerciais
Câmara aprova urgência de projeto que iguala aborto ao crime de homicídio

Câmara aprova urgência de projeto que iguala aborto ao crime de homicídio

Defendida por conservadores, proposta agrava punição para pausa na gravidez com mais de 22 semanas
Câmara aprova urgência de projeto que restringe delações premiadas de presos

Câmara aprova urgência de projeto que restringe delações premiadas de presos

Texto limita ações da Justiça e coloca acordo como alternativa apenas em casos voluntários, além de oferecer recurso a afetados por delações
Dólar sobe e fecha cotado a R$ 5,40 com preocupação com os gastos do governo

Dólar sobe e fecha cotado a R$ 5,40 com preocupação com os gastos do governo

No exterior, a perspectiva de um corte mais lento na taxa de juros dos Estados Unidos também teve impacto
Publicidade
Publicidade