Publicidade

Tarcísio confirma 14ª morte em operação no Guarujá (SP) e fala em "efeito colateral"

Em coletiva de imprensa, o governador afirmou que eventuais excessos serão investigados

Tarcísio confirma 14ª morte em operação no Guarujá (SP) e fala em "efeito colateral"
tarcisio de freitas
Publicidade

Governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos) afirmou, no fim da tarde desta 3ª feira (1ª.ago), que o número de mortos na Operação Escudo da Polícia Militar no Guarujá subiu para 14. 

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Em coletiva de imprensa, o governador afirmou que eventuais excessos serão investigados. O político também se referiu aos confrontos como um "efeito colateral" do que ele chamou de "uma guerra contra o narcotráfico".

"A polícia não quer o confronto, isso não interessa para ninguém. Quando você faz uma asfixia em um local, você tem uma reação. Isso significa que a operação está gerando incômodo, que está prejudicando o ?business?. Nós não queremos o combate, mas também não vamos nos curvar ao crime", disse Tarcísio.

Policial da Rota morto no Guarujá

O soldado Patrick Bastos Reis, do 1º Batalhão de Polícia de Choque da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar), morreu após ser baleado no tórax, com um disparo de pistola 9mm, quando realizava um patrulhamento com outros três policiais nas proximidades da comunidade Vila Zilda, no Guarujá, na noite de 5ª feira (27.jul). Patrick, que tinha 30 anos, estava na corporação há 5 anos. Ele deixou a esposa e um filho de dois anos.

Patrick Bastos Reis, soldado da Rota, tinha 30 anos | Reprodução/Redes sociais

Na 6ª feira (28.jul), Derrite afirmou que o governo não iria descansar enquanto não achasse os responsáveis pela morte do policial da Rota. "Não vamos descansar enquanto não acharmos os responsáveis por esse crime", disse ele em seu Twitter.

O suspeito de ter atirado no soldado Reis, Erickson David da Silva, se entregou à Corregedoria da Polícia Militar, no início da noite de domingo (30.jul). Em um vídeo, que circula nas redes sociais, o suspeito disse que estava se entregando para que o governo terminasse com a "matança".

"Eu quero falar para o Tarcísio e o Derrite parar de fazer a matança, matando uma pá de gente inocente, querendo pegar minha família, sendo que eu não tenho nada a ver. Estão me acusando aí, eu vou me entregar, não tem nada a ver", disse Erickson

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
noticias
guaruja
tarcísio
governador de são paulo
operação escudo
mortes
gabriella furquim

Últimas notícias

Aulas são suspensas em Porto Alegre após volta das chuvas

Aulas são suspensas em Porto Alegre após volta das chuvas

Capital e mais 100 municípios receberam alerta de risco para “grandes alagamentos e transbordamentos de rios”
Ministério das Relações Exteriores de Israel repreende embaixadores da Espanha, Irlanda e Noruega

Ministério das Relações Exteriores de Israel repreende embaixadores da Espanha, Irlanda e Noruega

O reconhecimento oficial de um Estado Palestino independente pelos três países entrará em vigor na próxima terça-feira (28)
Policiais de SP vão escolher quando ligar as câmeras corporais; especialistas criticam

Policiais de SP vão escolher quando ligar as câmeras corporais; especialistas criticam

Novo edital do governo de São Paulo prevê que as imagens registradas pelas câmeras fiquem salvas por 30 dias; antes eram 90
Cientistas da Nasa encontram planeta parecido com a Terra

Cientistas da Nasa encontram planeta parecido com a Terra

Não se sabe se ele tem atmosfera. Se não tiver, o planeta tem temperatura superficial estimada em 42º C
Jovem sofre ataque com ácido; câmeras flagram pedido de ajuda

Jovem sofre ataque com ácido; câmeras flagram pedido de ajuda

Isabelly Ferreira Moro, de 23 anos, foi atingida no rosto e no tórax e está internada em estado grave; ex-namorado é suspeito
PMB anuncia apoio a pré-candidatura de Boulos à Prefeitura de SP; aliança chega a 7 partidos

PMB anuncia apoio a pré-candidatura de Boulos à Prefeitura de SP; aliança chega a 7 partidos

Essa é a primeira sigla que não é de esquerda a apoiar o deputado federal do PSOL na corrida pelo comando da capital paulista
Tony Ramos inicia reabilitação com fisioterapia após cirurgias no cérebro

Tony Ramos inicia reabilitação com fisioterapia após cirurgias no cérebro

Ator, de 75 anos, recebeu alta do CTI na última quarta-feira
Lula diz que reconhecimento da Palestina por países europeus é histórico

Lula diz que reconhecimento da Palestina por países europeus é histórico

Espanha, Noruega e Irlanda anunciaram, na quarta-feira (22), o reconhecimento do Estado Palestino
Carlo Acutis: quem é jovem que deve virar santo da Igreja Católica

Carlo Acutis: quem é jovem que deve virar santo da Igreja Católica

Beato morreu aos 15 anos, em 2006, por complicações de uma leucemia
Comissão do Senado para acompanhar enfrentamento da calamidade no RS faz diligência no estado

Comissão do Senado para acompanhar enfrentamento da calamidade no RS faz diligência no estado

Senadores devem visitar alojados em abrigo e se encontrar com o governador Eduardo Leite (PSDB)
Publicidade
Publicidade