Publicidade

Desperdício de água potável no Brasil cresce pelo 6º ano seguido

Segundo estudo, principais motivos são vazamentos, erros de medição e consumos não autorizados, os famosos 'gatos'

Desperdício de água potável no Brasil cresce pelo 6º ano seguido
Água potável
Publicidade

O desperdício de água potável no Brasil aumentou pelo sexto ano seguido, segundo o Instituto Trata Brasil, que divulgou nesta 2ª feira (5.jun) um novo estudo sobre perdas de água em 2023. 

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Elaborado a partir de dados públicos do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), a pesquisa aponta que, em 2016, 38,1% da água potável produzida no país foi perdida durante a distribuição. Em 2021, ano base do estudo, o índice chegou a 40,3%. Isso significa, segundo o Trata Brasil, a cada 100 litros de água captada pela natureza e tratada para se tornar potável, quase 40 litros se perdem. 

Os principais motivos são vazamento nas redes, erros de medição e consumos não autorizados, os famosos 'gatos'. 

Entre os gargalos a serem superados pelo país, a universalização do saneamento básico passa pela eficiência no controle de perdas de água. O relatório aponta que o volume total de água não faturada em 2021 (cerca de 7,3 bilhões de m³) equivale a quase oito mil piscinas olímpicas de água tratada desperdiçadas diariamente ou mais de sete vezes (7,4) o volume do Sistema Cantareira -- o maior conjunto de reservatórios do Estado de São Paulo.

Para entender o impacto do controle de perdas, considerando-se somente as perdas por vazamentos, o volume (3,8 bilhões de m³) seria suficiente para abastecer aproximadamente 67 milhões de brasileiros em um ano.

Isso em um país onde ainda existem 33 milhões de pessoas sem acesso à água tratada.

+ O desafio de garantir saneamento básico a todos é tema do Foco ESG

O Norte e Nordeste, que demonstram a maior precariedade dos serviços básicos, são as regiões que mais desperdiçam, segundo o estudo. Mais de 51,16% da água se perde na distribuição no Norte. No Nordeste, 46,15%

Contudo, entre 2017 e 2021, a região que mais apresentou piora foi o Sudeste, com aumento de 3,62 pontos percentuais. Por outro lado, observa-se uma melhora na região Norte, com redução de 3,98 pontos percentuais nos últimos cinco anos, mesmo que ainda seja o maior índice dentre as regiões brasileiras.

Evolução das perdas na distribuição por macrorregião (2021)
Evolução das perdas na distribuição por macrorregião (2021)

Benefícios da redução de perdas

O Brasil está longe de atingir a meta estabelecida em 2021 pelo governo federal de diminuir o desperdício para 25% até 2034. Segundo o Trata Brasil, se o indicador de perdas de água caísse de quase 41% para os 25% previstos, seria possível abastecer 25,7 milhões de brasileiros que não têm acesso à água potável hoje por um ano, também seria possível abastecer os 17,9 milhões de brasileiros que vivem nas favelas brasileiras por um ano e meio.

Para alcançar a meta de 25% de desperdício até 2034 e a meta prevista pelo Marco Legal do Saneamento, de que 99% da população deve ser abastecida com água potável até 2033, segundo o estudo, o país precisará fomentar políticas públicas, projetos e inovações e aumentar o ritmo de investimentos com a implantação de programas estruturados de redução de perdas de água

"Podemos ver que a situação de perdas se torna cada vez mais preocupante. Com uma piora nos últimos cinco anos, 40,3% da água potável, recurso fundamental para a vida de crianças, jovens, adolescentes, adultos e idosos, é perdido nos sistemas de distribuição e não chega de forma oficial para milhares de residências no país. Estamos falando de um volume de água tratada desperdiçada diariamente que é equivalente a 8 mil piscinas olimpíadas. Para alcançar os 33 milhões de brasileiros que vivem sem o recurso, a universalização passa pela redução de perdas",ressalta Luana Pretto, Presidente Executiva do Trata Brasil.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
brasil
saneamento básico
perdas
água potável
trata brasil
água tratada
marco legal do saneamento

Últimas notícias

Presidente do PSDB confirma pré-candidatura de Datena à prefeitura de São Paulo

Presidente do PSDB confirma pré-candidatura de Datena à prefeitura de São Paulo

Apresentador havia dito que vai "até o fim" na disputa eleitoral deste ano
Após debandada, PSDB de SP comemora retorno de ex-vereador herdeiro de Covas

Após debandada, PSDB de SP comemora retorno de ex-vereador herdeiro de Covas

Mario Covas Neto perdeu o posto no legislativo da cidade de São Paulo após ser derrotado nas urnas nas eleições de 2020
Polícia Federal completa 1ª semana de policiamento ostensivo para coibir crimes no RS

Polícia Federal completa 1ª semana de policiamento ostensivo para coibir crimes no RS

400 homens da PF fazem rondas noturnas em áreas com saques, invasões e depredações atuam, em Porto Alegre e sul do estado
Polícia Federal identifica responsável por vazar prova do Enem

Polícia Federal identifica responsável por vazar prova do Enem

Segundo as investigações, uma pessoa contratada para aplicar a prova em Belém (PA) enviou uma foto para uma amiga
Relator vota por cassação de Cláudio Castro, mas julgamento é suspenso por pedido de vista

Relator vota por cassação de Cláudio Castro, mas julgamento é suspenso por pedido de vista

Corte Eleitoral fluminense julga ações movidas pelo Ministério Público Eleitoral e pela chapa de Marcelo Freixo, que perdeu as eleições em 2022
Voluntários se mobilizam para ajudar atingidos pela enchente no Vale do Taquari (RS)

Voluntários se mobilizam para ajudar atingidos pela enchente no Vale do Taquari (RS)

O salão transformado em um centro de distribuição em Lajeado recebe doações que chegam de todo o país
Enchente atinge fundação centenária de Porto Alegre e deixa crianças e adolescentes desabrigados

Enchente atinge fundação centenária de Porto Alegre e deixa crianças e adolescentes desabrigados

Água chegou a quase dois metros em alguns pontos do prédio recém-reformado, que atualmente acolhe 160 menores que estão sob a guarda da Justiça
Em Haia, Israel nega acusações de genocídio e classifica guera em Gaza como "trágica"

Em Haia, Israel nega acusações de genocídio e classifica guera em Gaza como "trágica"

Manifestantes protestaram contra os israelenses do lado de fora da Corte Internacional de Justiça
Campanópolis: conheça a vila construída a partir de materiais recicláveis, em Buenos Aires

Campanópolis: conheça a vila construída a partir de materiais recicláveis, em Buenos Aires

Entre as construções há casa colonial, torre, praça principal, anfiteatro, salões e museus
Após três meses, polícia conclui que empresário matou a esposa em São Paulo

Após três meses, polícia conclui que empresário matou a esposa em São Paulo

Aborto realizado pela mulher pode ter sido a motivação do crime
Publicidade
Publicidade